Cultura Pop

Lembra do Montanha de Game of Thrones?

Pois então, além de ser ator o cara vive como atleta para competir nas etapas do campeonato do Homem Mais Forte do Mundo!

Recentemente, Hafthor Júlio Bjornsson se tornou o Homem Mais Forte da Europa (seletiva da etapa mundial)  e além disso estabeleceu um recorde pessoal no levantamento terra de impressionantes 450 quilos.

É a segunda vez que Hafthor ganha o título de Homem Mais Forte da Europa.

Confira como foi o desempenho do Montanha de GOT na competição;

 

Saiba mais sobre os personagens da série

0 Comentários

A nostalgia oitentista está ai, mais viva do que nunca. Nos últimos três anos temos vistos muitas paixões da época voltarem ao cinema, de uma forma ou de outra. Seja com a animação “Detona Ralph”, feita para crianças, mas atraente mesmo para adultos, seja com remakes de clássicos adorados e até então intocados, como “Robocop” e “Os Caça-Fantasmas” (ainda em pré-produção). A época está em alta. Todo mundo quer tirar uma casquinha dos anos 80 e qualquer produção que traga algum vestígio, sombra ou gostinho dos maneirismos da época, ganha nossa atenção. Quem nasceu ou cresceu nesta década entende melhor do que ninguém por que fomos atraídos para assistir a mais nova produção de Adam Sandler, “Pixels”.
pixels-share-logo
Diante do trailer, não sabemos muito bem do que “Pixels” se trata. Existe um tom apocalíptico e viés oitentista, mas nada além disso é explicado ou melhor explorado no curto tempo. E, de fato, não necessariamente existe essa necessidade de soar explicativo em um trailer. E como produções que seguem a linha apocalíptica também estão em alta (“Jogos Vorazes”, “Elysium” e “Oblivion”), Adam Sandler conseguiu nos cativar sem dizer nada. Talvez também porque o filme não tenha nada a dizer.

Dentro da trama, o mundo se torna uma enorme tela de fliperama, onde o alvo é a dizimação do planeta e, consequentemente, da raça humana. O futuro está nas mãos dos Arcaders, os jogadores de fliperama Sam Brener (Adam Sandler), Ludlow Lamonsoff (Josh Gad) e Eddie Plant (Peter Dinklage), com o apoio da coronel Vanessa “Van” Pattern (Michelle Monaghan) e do presidente William Cooper (Kevin James). Com a expertise desses personagens, eles vão lutar contra os mais populares jogos do Atari, Galaga, Frogger, Space Invaders, Pac-Man, Centopeia e o clássico da Nintendo, Donkey Kong.

pixels

Como comédia, a produção não entrega momentos extasiantes, onde nos perdemos com tantos risos e momentos realmente engraçados. Ela possui seus vislumbres cômicos, alguns breves espaços no tempo onde nos divertimos, mas não segura esse ritmo até o final. Por se tratar de um filme composto única e exclusivamente por referências, tais memórias deveriam reativar aquele sentimento nostálgico que os nascidos e crescidos nos anos 80 carregam em si.

Cada lembrança, cada sacada oriunda da época deveriam nos levar de volta a uma deliciosa epifania, mas não é o que acontece. As piadas são um tanto vazias e não exploram com maior profundidade os maneirismos da época que até hoje ecoam por seu simbolismo. Como dito anteriormente, são vislumbres. Momentos que poderiam ser hilários, mas que não passam de engraçadinhos.

As referências em si são divertidas e contribuem para a experiência nostálgica no cinema, ainda que em linhas gerais ela seja fraca. Por se tratar de games muito famosos e que possuem um papel fundamental na construção cultural de toda uma década e geração, a comédia se firma nesse aspecto e talvez seja isso que faça com que alguns realmente aproveitem o filme em sala. Afinal, estar diante de clássicos pixelados em uma época onde os consoles cabem no bolso desperta uma sensação gostosa da infância que as gerações atuais perderam. E como todos temos uma válvula nostálgica, recordar é sempre viver.

pixels 2

Mas a ideia do filme é muito boa, pois parte da premissa que une dois elementos exageradamente usados no cinema hollywoodiano atual e os satiriza, à medida que serve como um banquete nostálgico, para o deleite dos mais velhos. O problema está na execução dessa teoria, que não foi tão bem feita. Talvez a sombra que tem acompanhado os últimos filmes de Adam Sandler (ruins de bilheteria, sacadas cômicas e arrecadação) tenha pairado sobre “Pixels”, tornando a comédia, que tinha tudo para dar certo, em um filme que falha no principal ponto, que é ser realmente engraçado.

Ao final de tudo, estamos diante de uma produção que não extrai o melhor de nós, tão pouco entrega o melhor de si. Saímos da sala meio alheios ao que vimos, sem saber exatamente qual foi a sensação mais forte que sentimos: nostalgia, graça ou a falta dela. Com piadinhas bobinhas, “Pixels” é mais um filme meia-boca de Adam Sandler, que tinha tudo para ser realmente divertido, mas nos deixou à deriva, esperando pelo grande momento hilário. Na ficção, o mundo pode até ser salvo, mas na vida real, o comediante, que possui no currículo uma ótima trajetória iniciada com Saturday Night Live, está mais morto que os nossos amados clássicos oitentistas estão para a atual geração.

0 Comentários

Como é de praxe a cada edição da Comic Con temos uma enxurrada de cosplays e trazemos aqui alguns dos mais legais. Confira:

Arlequinas Everywhere:

El Diablo:

Mais cosplays:

0 Comentários

Lianne-Moseley-body-painting-11

Da Mulher-Hulk ao Capitão Planeta, Lianne Moseley mostra sua paixão pelos super heroís em incríveis pinturas corporais de encher os olhos. Confira.

0 Comentários

15

Quando pensava em princesas da Disney, chegava a me dar náuseas! Todo aquele mimimi sobre príncipes e mocinhas delicadas já saturou minhas lembranças… sem contar com a overdose de cor de rosa! Aff, foi-se a época em que elas enchiam meus olhos e me iludiam com o faz de conta! Porém… o ilustrador italiano Emmanuel Viola conseguiu me fazer gostar novamente delas, isso por que ele criou uma versão “tatuada” muito mais legal e compatível com a minha idade os tempos atuais… dentre suas criações, estão algumas outras personagens de filmes de sucesso, seriados e até versões femininas de personagens masculinos,  confiram!

Bem melhor, né?! Qual é a sua preferida?

0 Comentários

1

É isso mesmo que vc acabou de ler!

A gatinha mais fofa e famosa do mundo, na verdade não é uma gata… Em resposta a uma pesquisadora que organiza uma exposição sobre a personagem, a marca Sanrio, responsável pela personagem Hello Kitty, afirmou que na realidade ela é uma garotinha. Ela é amiga, mais não um gato. Uma razão é porque ela nunca está de quatro. Ela anda e senta e como uma criatura bípede, e ela até tem um gato de estimação, o Charmmy Kitty, disse.

Como se não bastassem anos de ilusão, segundo Sanrio, Hello Kitty, é uma garotinha britânica, chamada Kitty White, filha de George e Mary White, do signo de escorpião, e que adora torta de maça.

Ainda me recuso a aceitar que ela não é uma gata, pois se não são bigodinhos aqueles tracinhos no rosto dela, o que seriam? E aquelas orelhas…. chifres? Agora só nos resta descobrir que o Garfield é um irmão bastardo dela, afinal de contas ele anda como um bípede, come como gente e é intelectualmente superior ao Odie e outros animais do desenho!

Fonte: Estadão

0 Comentários

As artes são do criativo ilustrador americano Alex Solis. A série mostra Super Heróis e personagens cult de cultura pop em uma versão mais fofucha. Confira:
( Clique para ampliar )

Esta não é a primeira vez que Alex aparece com sua arte aqui, confira também: As excelentes criações de Alex Solis em seu instragram.

0 Comentários

revenge-dayoff-assassins

A NSFW! é uma marca de camisetas focada no universo nerd e cultura pop, feitas sob medida para você que adora cinema, séries, HQs, games, tecnologia, música… E a grande notícia é que acaba de chegar a nova coleção, com 10 estampas fodásticas para você vestir e curtir suas referências do universo nerd e da cultura pop: Os ícones do Rock Beatles e Jimi Hendrix; Mario e Kratos de God of War; The Walking Dead; Assassin’s Creed; Revenge e Game Of Thrones em um impiedoso mashup; Michael, Franklin e Trevor curtindo a vida adoidado e muito mais.

Outra grande notícia e o 3.º reprint da estampa de maior sucesso da loja, Yeah Science Bitch. Com a renovação do estoque esperamos atender as dezenas e dezenas de pedidos que imploraram pelo reprint.

Ah! E não se esqueça: Nas compras a partir de R$110,00 o frete é grátis para todo o Brasil. Curta a Fan page e o Twitter para ficar por dentro dos lançamentos e promoções.

beatles-kratos-yeah

0 Comentários

Se eu tivesse que apostar, eu colocava todas as minhas fichas no Goku, afinal ele tem continue infinito! E vocês?

0 Comentários

dna7

As artes são do ilustador Dave Collinson e reverenciam algumas das duplas mais legais da cultura pop. Confira! Clique para ampliar.

Por Dave Collinson.

0 Comentários

d845ef23d114fc16b205f7356f943368

As artes são do Ilustrador Andrés Moncayo que resolveu imaginar como seria se heróis como Hulk, Thor, Batman e grande elenco detonassem no palco em vez de enfrentar vilões.

Clique para ampliar e confira:

Por Andrés Moncayo

0 Comentários

lisa

As criações são do ilustrador Tohad e mostram uma versão mais sóbria e adulta de vários personagens.

Confira a serie completa na sequencia:

Veja outras ilustrações incríveis como esta na pagina de Tohad no Deviant Art.

0 Comentários

Quem disse que Miley Cyrus só anda fazendo merda? Olha que legal ficou o seu cover para a canção “Hey Ya!”, do Outkast, gravado em um show que fez em Tacoma Dome, Washington, pela turnê do disco Bangerz. Mas para não perder a fama que conquistou até aqui, não faltou uma reboladinha mostrando a tanga cheia de brilhos.

0 Comentários

Seguindo o grande sucesso da pegadinha feita para divulgar o filme ‘Carrie, a Estranha’, agora e a vez de outro filme de terror, ‘O Herdeiro do Diabo‘ usar o mesmo precedente para se autopromover. Desta vez montaram um carrinho de controle remoto, como um bebê demoníaco dentro, e soltaram pelas ruas de Nova York. Tudo muito bem feito e divertido. O vídeo foi publicado hoje, dia 14, e já registra mais de 600 mil views.

Com essa segunda pegadinha podemos afirmar que surgiu um novo formato para a milionária indústria cinematográfica promover seus filmes, de forma barata e espontânea.

18 Comentários

Hollywood descobriu a tempos a formula mágica pra fazer trailers épicos, uma combinação dos melhores momentos do filmes numa edição que as vezes acaba se mostrando muito melhor que o filme em si.

Confira essa fabulosa montagem mostrando bem como hoje temos uma fórmula do trailer de sucesso hoje em dia.

Confira a lista de filmes na sequência: Continue lendo…

3 Comentários