Thundercats-Logo-thundercats-34314_1152_864(2)

O Olho de Thundera, ou por que Thundercats enxergava além do alcance…

cavernas-e-dragoes

Há algum tempo os fãs de Thundera foram surpreendidos pela notícia de que estaria sendo produzida uma nova versão da clássica animação Thundercats.

Os boatos foram confirmados e recentemente já foi divulgado inclusive o trailer com o estilo dessa nova animação, colocado ao final do post.

A questão é que apenas lembrar do nome dessa marca já traz recordações indiscutíveis a todo moleque que cresceu se arrepiando com o som das cornetas que anunciavam a abertura da série. E alguns detalhes daquela produção eram tão visionários perto das animações que pipocavam naquela época, que analisando mais friamente é compreensível o sucesso por detrás do arrasa-quarteirão.

Então é sobre isso que nós vamos falar hoje.

Sobre como uma animação enxergava além do alcance.

ps: se pelo botão (mais) abaixo o post apresentar uma formatação diferente, ele poderá ser visualizado normalmente direto pelo link aqui.

A Trama

Justiça; Verdade; Honra; Lealdade.

A coisa toda começou lá pra 1985.

Produzida pela Pacific Animation Corporation, ao lado de estúdios japoneses que sabiam o que estavam fazendo, uma série com felinos humanóides e uma junção de tudo o que funcionava na cultura pop daquela época resolveu tomar de assalto a cabeça e o coração de todo moleque oitentista.

Na trama, um planeta mais entupido de felinos do que o esgoto de Calcutá chamado Thundera explodiu, deixando alguns sobreviventes enviados em naves para buscar um novo lar. Os protagonistas são guiados pelo sábio Jaga, o guerreiro mestre da arte dos Thundercats e o único humanóide vestido no episódio piloto. Na jornada ele se torna também o herói que se sacrifica para guiar a nave quando esta é atacada pelos bestiais do planeta Plun-Darr, desviando a rota do trajeto original.

Como resultado, a nave acaba por parar no terceiro planeta, chamado simplesmente Terceiro Mundo (sim, eu sei, fazer piada disso é chutar cachorro morto…).

(Em terra de felino, quem tem roupa é rei…)

No novo planeta, os sobreviventes precisam aprender a se reorganizarem e treinarem o jovem Lion-O, filhote e herdeiro da linhagem de Claudius, grande rei e detentor da Espada Justiceira do Olho de Thundera, sob os ideais do Código de Thundera de justiça, verdade, honra e lealdade.

Como nem tudo são flores, no novo mundo eles precisam enfrentar a ameça dos inimigos Mutantes, que se aliam e se tornam liderados por um dos vilões mais carismáticos e geniais da história da cultura pop: a múmia batedora de tambor Mumm-Ra.

Além de Lion-O, os outros Thundercats sobreviventes eram Panthro, Tygra, Cheetara, o casal de irmãos (hiperativos) Wilikat e Wilikit, e o irritante (sedentário) Osbert, conhecido pelo apelido de Snarf, que era uma espécie de gato fail, já que nasceu em um mundo de felinos humanóides, mas não conseguiu evoluir para 2º nível.

(– Snaaarf! Hei, Liiiiion-O, quanto XP gatos que nem eu precisam pra passar de nível?

– Nunca serão…)

Com alguma firewall defeituosa em sua cápsula de suspensão, Lion-O ao chegar no Terceiro Mundo já sai de sua cápsula um felino adolescente, embora imaturo. Guiado pelos companheiros Thundercats, o jovem leão noob precisa passar por provas de fogo, inclusive ao enfrentar cada um dos companheiros, para se provar o Senhor dos Thundercats e merecedor da Espada de Thundera.

O Segredo

O segredo por detrás do sucesso imediato de Thundercats esbarra em três fatores bem alinhados e desenvolvidos: mitologia, roteiro e marketing.

Como citado, os criadores da série resolveram juntar de uma maneira atraente e bem disfarçada tudo o que funcionava na cultura pop da época, gerando um produto final que se tornaria parte original dessa própria cultura.

Alguns exemplos rápidos:

Superman

  • Assim como aconteceu com Kripton, Thundera explodiu e os Thundercats foram enviados em naves para um planeta desconhecido, onde aprenderiam a usar suas habilidades especiais para se tornarem heróis daquele planeta.
  • Assim como a Kriptonita, havia o Thundrilium era uma versão da Kriptonita, pedaços do planeta Thundera que enfraqueciam os Thundercats e os deixavam até mais velhos.

(É, amigo, se a nave de Kripton caísse no 3º Mundo, Mumm-Ra estaria ferrado do mesmo jeito…)

Rei Arthur

  • A Espada Justiceira remete a Excalibur (há inclusive um episódio que eles se enfrentam), tanto em relação aos poderes quanto à Jornada do Herói para se tornar Rei. E as provas de Lion-O para merecer empunhá-la trazem lembranças de algumas versões das provas do legado de Arthur.

Batman

  • O Olho de Thundera projetado remetia ao Batsinal.
  • As invenções geniais de Panthro eram como bat-acessórios.
  • O Thundertank era como um Batmóvel furioso (assim como o Batmóvel anos depois de Christopher Nolan).
  • A Toca dos Gatos era como uma Batcaverna.

(Demonstração de uma visão de marketing além do alcance…)

Star Wars

  • Jaga não apenas parecia Obi-Wan; ele até mesmo se vestia como um Jedi.
  • O código e vida dos Thundercats remetem ao código e vida dos próprios cavaleiros jedis.

(Em uma galáxia distante…)

  • Os Berbils são descaradamente uma variação dos wooks.

(Bem, nem tão distante assim…)

Senhor dos Anéis

  • O Olho de Sauron é uma espécie de pai bêbado não assumido do Olho de Thundera.

(Se em vez de gato, fosse Ratinho, rolava teste de DNA… #tumdumtudz)

Esses são alguns exemplos rápidos.

O importante foi que buscando elementos que já funcionavam ou seguiam tendências, e estruturando ao redor de um mitologia original que unia ciência, tecnologia, magia, capa e espada; aliada a uma trilha sonora potente e cenas de ação superiores ao padrão da época, a coisa tinha de dar certo.

O que é curioso de se pensar nos Thundercats é que tudo não foi apenas uma ideia a fim de vender brinquedos; realmente havia uma certa coragem dos roteiristas em alguns elementos, já demonstrados no episódio-piloto.

Para se dar uma ideia, em uma época onde não existia internet e nem sempre era fácil para um moleque conseguir conseguir a foto de uma playmate, ver em horário matutino a Cheetara peladona acordando um Lion-O adolescente, bem no estilo Amor, Estranho Amor, era algo de se tirar o chapéu.

(Não parece déjà vu de um clássico oitentista do cinema nacional?)

No Brasil eles ainda conseguiram o maior dos trunfos: Lion-O foi dublado por um dos maiores gênios da dublagem brasileira, o eterno e saudoso Newton “Bruce Willis” da Matta.

A dublagem brasileira de Thundercats, aliás, era um show à parte. Eu desafio aqui e agora um Sedentário que esteja lendo essa coluna e vivido essa época a assumir que jamais recitou ao menos uma vez junto com Mumm-Ra o clássico: “Antigos espíritos do Mal… transformem esta forma decadente… em Mumm-Ra!”.

Personagens

Uma ótima trama e uma excelente qualidade de animação não foram suficientes, contudo.

Assim sendo, os roteiristas de Thundercats foram mais longe do que satélite da Liga da Justiça e criaram personagens tão carismáticos, que era fácil para as crianças amarem até mesmo os vilões, como Escamoso, Abutre e Chacal. Os gatos do time protagonistas já tinham uma certa magia ao redor de si, que juntava personalidade própria, poderes super-heróicos e armas mágicas a la Caverna do Dragão.

(Imagine Bruce Lee com um desses…)

Havia uma motivação para cada um deles. Uma personalidade própria. Uma forma de se mover, de lutar; até mesmo de atender ao chamado do Olho de Thundera. Esse carisma rendeu bonecos, estojos, camisetas, cadernos, HQs; tudo o que uma franquia amada poderia render.

Tudo mesmo.

(A Playboy mais vendida de Thundera)

Assim como em Cavaleiros do Zodíaco, todo moleque espectador inevitavelmente tinha um preferido. E odiava Snarf.

Curiosamente, como para diluir esse ódio com o Snarf original, mais para frente os produtores resolveram criar o Snarfer, “o sobrinho do Snarf”! Um gato que não usava calças, mas usava cinto!

O intuito deve ter sido alcançado: a única maneira de fazer Snarf ficar um personagem suportável, talvez fosse mesmo criar um ainda mais inútil e irritante do que ele.

(“Número Quatro nada! Eu Sou o Número Um mesmo”)

Espíritos do Mal

Curiosamente, ano passado um caso inesperado trouxe a animação de volta às manchetes, e nem estávamos falando da nova série. Porque falávamos das páginas policiais.

Stephen Perry, roteirista do seriado, inicialmente já havia sido notícia por ter desaparecido por duas semanas na Flórida, assim como seus dois companheiros de quarto. Perry havia chegado aos 56 anos de maneira decadente, desempregado, com câncer e sem condições de cobrir as despesas da doença.

Duas semanas depois de seu desaparecimento, a polícia confirmou o homicídio (mais detalhes sobre o caso podem ser encontrados aqui). Sem dúvida alguma, infelizmente um final de caso muito mais sinistro e sombrio do que qualquer antigo espírito do mal convocado por Mumm-Ra.

Nova Série

Pelo que já foi mostrado até agora sobre a nova série, várias mudanças já ocorreram em relação ao original.

Inicialmente o visual. É notável que a nova versão salta em muito a linha que já havia no original em relação às influências orientais de animação.

(Old School…)

A nova série não apenas não esconde isso no novo traço, como também na movimentação e enquadramento da própria animação em si.

(New school…)

Outra mudança é a grandiosidade dos conflitos. Nota-se uma preocupação em tornar o remake mais épico, com batalhas dignas de uma geração que aprendeu com Peter Jackson como se faz visualmente batalhas de exércitos fantásticos.

Seguindo o raciocínio, os personagens também ganharam armaduras mais realistas. Aliás, Lion-O está mais novo; Panthro está mais velho. Como afirmaram os próprios produtores, antes eles “pareciam uma superequipe”, e não é bem assim que eles pretendem contar hoje em dia a ascenção de Lion-O até seu trono por direito.

Sei que para os puristas, um remake desses soa como um sacrilégio. Ok, talvez até mesmo se prove ainda ser de fato. O estúdio responsável, contudo, foi o mesmo que gerou o curta Batman – O Cavaleiro de Gotham e o Animatrix. Os produtores são os mesmo de Batman: Os Bravos e Destemidos e Avatar: The Last Airbender. Logo, são pessoas com créditos.

Além disso, eles admitiram que na atual versão Snarf não fará piadas nem terá voz irritante.

Convenhamos, apenas isso já vale um voto.

Heróis por Nascimento; ou onde você pode conhecer outros super heróis brasileiros...   cavernas e dragoes vigilante rodoviario velta super heróis brasileiros mylar meteoro judoka capitão nascimento capitão 7

Heróis por Nascimento; ou onde você pode conhecer outros super heróis brasileiros...   cavernas e dragoes vigilante rodoviario velta super heróis brasileiros mylar meteoro judoka capitão nascimento capitão 7 Heróis por Nascimento; ou onde você pode conhecer outros super heróis brasileiros...   cavernas e dragoes vigilante rodoviario velta super heróis brasileiros mylar meteoro judoka capitão nascimento capitão 7 Heróis por Nascimento; ou onde você pode conhecer outros super heróis brasileiros...   cavernas e dragoes vigilante rodoviario velta super heróis brasileiros mylar meteoro judoka capitão nascimento capitão 7

  • Max

    Mesmo não tendo nascido nos anos 70/80 eu assisti Thundercats na SBT e sei que minahs manhãs nunca serão tão boas como aquelas em que eu comia pão com mateiga e leite com nescau

    • Cláudio Mendes

      Ai mau informado os Thundercats sempre passaram na Globo

      • roodrigo

        meo thundercats nunca, sempre foi SBT

  • http://acanetaselvagem.blogspot.com Yvis Tomazini

    “I can not do this alone.” é muito Frodo heheh

    Thunder Cats era “sem noção de bom” tomara que a trilha sonora continue no mesmo estilo. Aí, sim.
    Abraço.

  • http://stephsarli.blogspot.com Stedy

    Thundercats foi um marco da minha infância!!
    E eu era uma criança chata que vivia imitando o Snarf!!! (infelizmente, ainda hoje faço isso às vezes… “Snaaarf!” hahaha!)

    Thuder… Thunder… Thundercats!

  • ivan

    sei nao, mas acho que o sasuke do anime naruto ja usou essa espada ! kk

  • http://cafecomleite-ok.blogspot.com Caique

    Nóssa Thundercats feiz parte da minha infancia e eu nunca vou me esquecer disto, http://cafecomleite-ok.blogspot.com

  • hendrio

    Peraí…

    Cadê Thundera e a explosão primordial?!?!

    AAAAAAAAAA

    • Patrick

      O trailer passa antes da explosão.

  • Bernardo

    E até hoje eu não sei se com os novos personagens da série antiga a série ficou melhor ou pior… O Lynx era bacana e os outros Thundercats tb, mas os Lunatacks achei meio forçado. Acho que antes da chegada deles era melhor.

  • http://opoeta.opvs.org/ Gladius

    Puxa, transformaram os thundercats em elfos!!!

  • mlaw09

    Thundercats foi O MELHOR desenho de ação que já foi feito na TV mundial. Lembro que estreou nas manhãs de domingo, na Globo.

    Tenho fé de que essa nova versão também vai ser um sucesso. Mais do que um remake, é um reboot da série, que vai agradar o público mais novo e a geração antiga.

    • Rafael

      neeeeegativo
      dragon ball meus amigos
      qm não assistiu dragon ball na infancia não à teve
      kkkkkkk

      • http://www.filmesex.com.br/ Tamagochi

        Falando em Dragon Ball… Pra mim esse novo thundercats tem traços muito parecidos com os de Anime!

        E eu não gostei do novo trailer, cenas repetitivas, animações toscas!!
        O antigo é 1000x melhor.

      • khan

        dragon ball????? DRAGON BALL???????? só o fato de vc ensaiar uma comparação entre Thundercats e Dragon Ball já constitui uma falta de bom senso sem precedentes.

      • Isaias

        Posso dizer o mesmo de Saint Seiya

      • brayer

        sempre tem um querendo aparecer se mostrando do contra… thundercats fez muito mais sucesso do que aquela bosta mal desenhada que se chama dragon ball naquela época.

      • João Renato

        para quem assistiu Thundercats na infancia, Dragon Ball passou na adolescencia;

        dragon ball só não fez mais sucesso porque: foi censurado demais, passava em horários aleatórios, e em programa não condisente com o foco dele.

        e sim, Dragom Ball é muito melhor que Thundercats; só pelo fato de ter uma história contínua, e não um argumento que se repetia em todo episódio; isso porque mesmo tendo japoneses na produção de TC, a produção era para o publico norte-americano, acostumados com o sucesso de silverhawks, entre outras animação infanto-juvenil de ação.

        Dragon Ball podia até ser “mal desenhado”, porém tinha cenários mais ricos, e colorização mais detalhada (sombras, os desenhos americanos não tinha ideia de luz e sombra para dar volume)

        embora DB tenha o problema de muitos animes da Toei, (alongar demais os spisódios) o anime dava boa mescla de ação (com movimentos influenciados pelas artes marciais, inclusive algumas baseadas no kung-fu de Jackie Chan); humor e erotismo.
        já thunder cats todos os episódios eram “iguais” (norte americano adora repetição excessiva); em todo episódio começa com lion treinando, daí vem o vilão, os prejudicam, eles lutam, perdem, daí lion usa a espada mágica, todos ficam mais fortes, e vencem os capangas, para no final mum-ha ver seu reflexo na espada do Lion, e voltar para a tumba. é uma fórmula de sucesso (scooby doo é a maior prova); mas não dá para comparar duas séries tão diferentes, ainda mais que Dragon Ball foi extremamente censurado, e não tinha horario certo (diferente de TC que tinha horário fixo, e já era politicamente correto para a época.

  • http://@adrianobtos Adriano

    Eu falava a frase do Mumm-Rá!!!

  • Everton

    Muito bom post, parabéns

  • Henrique Mota

    Acho que o único desenho que na época competia em todos os aspectos com os Thundercats era Silverhawks… Também da mesma produtora.

  • http://uticomics.blogspot.com Ricardo Araki

    Excelente artigo. Eu lembro de ter assistido a estréia na Globo.
    Só que Lion-O cresce porque Jaga deliberadamente ajusta a câmara de animação suspensa de Lion-O para permitir algum envelhecimento, enquanto os outros Thundercats, ficaram em animação suspensa total, preservando suas aparências.

    Ele faz isso porque acreditava que assim seria mais fácil para Lion-O liderar a equipe, que teria um adulto em vez de um moleque liderando a equipe. Só que ele continuava com cabeça de moleque e sempre aprontava das suas e vivia levando broncas de Panthro, Tygra e Cheetara.

    Não me lembro se o Thundriliun enfraquecia os Thundercats, mas tenho certeza de que era o combústivel para todos os equipamentos deles, inclusive o Thundertanque e a Toca dos Gatos.

    Agora, não entendi a referência do Olho de thundera com Sauron. Eles realmente são parecidos, mas o olho de Sauron só veio anos depois com a saga do Senhor dos Anéis de Peter Jackson. Para mim, o que aconteceu foi o contrário. Peter Jackson deve ter visto Thudercats quando moleque!

    []´s

    • Luiz Eduardo

      Desculpe, amigo. J. R. R. Tolkien escreveu o Senhor dos Anéis muito antes de Thundercats ter sua existência pensada. Muito antes de você nascer inclusive.

    • Guto Charles

      errado, o Olho de Sauron veio do livro do Senhor dos Anéis de J. J. R. Tolkien, publicado em 1949, e poderia ter sim servido como inspiração p/ o desenho.

      • http://uticomics.blogspot.com Ricardo Araki

        Sim, os livros vieram muito antes. Mas a referência não era visual. Até o filme surgir, qualquer um imaginava o olho de Sauron com alguma liberdade, dentro da descrição do J.R.R. Tolkien.

        Assim como o Daniel bem observou, eu não disse que Thundercats foram lançados “antes” de “Senhor dos Anéis”. Mas o ícone usado na matéria, foi criado na produção do longa e não por J.R.R. Tolkien.

        Favor ler antes de proferir indgnações infudadas! 😀

    • daniel

      Rapaz, tu tem noção de quando Lord of Rings foi escrito?

    • Laura

      MEU DEUS, COMO ASSIM????? O primeiro livro (* Silmarillion) que narra a formação da Terra Média começou a ser escrito em 1917 e foi publicado em 1977…a saga dos 3 livros do “Senhor dos Aneis” e “O Hobbit” foram escritos entre 1937 e 1949, sendo lançados apenas entre 1954 e 1955.

      O próprio Tolkien morreu 10 antes dos Thundercats ser destribuido em 1983.
      E outra, o “olho de Sauron” não é uma criação do Tolkien, ele é baseado no “olho que tudo vê” presente em mitologias e culturas muito antigas.

      Pois é meu amigo, o olho de Thundera é tudo menos original, é apenas uma releitura adaptada para os ThunderCats

      • Daniel

        Acho que o que ele quis dizer foi que a imagem do Olho de Sauron, como apareceu nos filmes, é baseada no Olho de Thundera.
        Tente encontrar uma outra imagem do Olho de Sauron que não seja a dos filmes!

      • http://uticomics.blogspot.com Ricardo

        Exatamente Daniel, em nenhum momento disse que Thundercats foram feitos antes de “O Senhor dos Anéis” (os livros).

        Neles há a descrição e, talvez, alguma referência gráfica de como seria o Olho de Sauron, mas os leitores tinham a liberdade de imaginar como ele seria.

        A referência usada na matéria foi feita na produção do longa, que obviamente veio bem depois de Thundercats.

        Antes de postar indignações infundadas, favor ler com atenção! :D:D:D
        Thundercats antes de J.R.R. Tolkien… Onde já se viu?

  • Jaques Lima

    Thunder, thunder, thunder… estudava a tarde e não perdia um episódio, gostava tanto que cheguei a colecionar a toca dos gatos, a cripta do mumm rá e a espada justiceira tinha um botão no cabo que acionava o olho de thundera …. “que tempo bom que não volta nunca mais” já dizia thaide e dj hum
    abs

  • http://marcinho.posterous.com Marcio Agnelo
  • Professor r@el

    tem um trailer no youtube de um filme, com Brad Pit no papel de Lion-O

    • Diego

      E que por coincidencia tem as mesmas tomadas que Troia. ¬¬’

  • http://twitter.com/marcomalachias Marco Antônio

    Só uma correçãozinha… Os Berbils se parecem com os Ewoks e não com “Wooks”. Ok?

    @RD – Verdade, Marco. Obrigado pela correção. ,)

  • eder

    REALMENTE QUEM ASSISTIU NA INFÂNCIA SE ARREPIOU

  • Will Liechtenstein

    Bom. Não vi Thundercats na década de 80. Mas vi na televisão. Não gostava muito na época. Acho que era por que eu não entendia bem…

    Acredito que essa nova versão possa, sim, dar um upgrade na antiga. Aguardo para assistir em breve.

    Mais um ótimo post.
    Abraços!

  • Wilson

    Realmente, a série original era muito boa, que bom que viví esta época :)
    Mas putz, não pude deixar de ficar arrepiado só de ver esse trailler do CN aí… du ca@#$#$%#% !!!

  • Logan

    Lion cresceu por que a sua cápsula tinha um rachado. E senhor dos anéis tem mais de cem anos que foi escrito. O filme é novo mas a história é velha. Acho que o que enfraquecia os thundercats era o thundranium e não o thundrilium.

    @RD – Hum, pode ser sim…

    • Daniel

      A cápsula não estava rachada. No episódio piloto Jaga se oferece para pilotar a nave até o destino deles, explicando que às vezes a capsula não retarda completamente o envelhecimento e que ele já estava velho demais para sobreviver à viagem mesmo na capsula. Mas apenas Lion e Snarf envelhecem na viagem.

  • manolao

    A qualidade gráfica dessa nova versão não se compara à original. Muito lixo mesmo, parece que foi feita por qualquer moleque num fim de semana no PC.

  • LIkou

    Thundriliun não enfraquecia eles, e sim servia de combustível pros veículos e pra base.

    E o Lion-O envelheceu pq a câmara em q ele dormia deu defeito. Então ele era só uma criança com corpo marombado parecendo ter 30 anos tendo q liderar um grupo.

    @RD – Servia de combustível sim. Mas tem um episódio em que o Tygra entra numa caverna que, se não me engano, está cheio dele. Aí ele começa a envelhecer e a Cheetara tem de correr para tirá-lo antes de se expor por muito tempo.

  • Edivan

    véih, quase chorei aki… não axo q vá ser igual ao primeiro, mas sóh de não deixar o Lion-O morrer no esquecimento jáh tem infinitos congratulations meus 😉
    (eu gostava do snarf kkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

  • http://fator01.wordpress.com Fator01
  • charles

    Foi o primeiro desenho a popularizar o termo “MUTANTE” que ficou tão comum depois de X-Men pra frente.

  • http://www.apendcity.com Leandro Rodrigues

    Essa analogia Thundercats com o restante da cultura foi ótima Rapha, só faltou pizza, cerveja e a gente na roda de bar.

  • Estarrecido

    Desenho dos bons.

  • Bárbara

    Ótima notícia!!! Thundercats e Caverna do Dragão eram meus desenhos favoritos.
    Inclusive dos meus pais, que assistiam comigo e minha irmã.
    Nós duas tinhamos o fardamento completo; camisa, bermuda, mochila… Tudo está registrado em fotos constrangedoras. Eu não tirava a camisa do Lion-O por nada. A não ser pela do Internacional de Porto Alegre!!!
    Ótimo post.
    bjo.

  • Pingback: Revoltados da Semana | Nerd Revollution()

  • rodolfo Fidelix

    ptzgrila q o grito da espada justiceira arrepia a espinha !

  • http://expressionando.wordpress.com Smaily Prado

    Post incrível Draccon! Se tem um desenho que marcou minha vida é Thundercats! Fora de série! Até hoje quando fico cantarolando a música tema de abertura do desenho me arrepio e passa uma sensação de coragem e motivação sem igual!
    Cara, não sabia nem da metade das coisas que você disse aí sobre todas essas referencias pop, mas que foda! Realmente os caras foram inovadores e pioneiros, pois se tem coisa que chama a atenção no desenho é a trilha sonora super rock’n roll e as sequencias de ação totalmente nunca vistas antes num desenho na época (pelo menos aqui no Brasil).

    Também sinto que esse novos Thundercats será muito bom, talvez até possa superar o antigo, mas pra isso vai ter que melhorar o grito do Lion que tá muito fraquinho pelo que deu pra ouvir no trailer. O grito do Lio tem que ser poderoso, potente e firme! Na animação em computação gráfica que também está sendo produzida dos Thundercats (como longa metragem) o grito também tá bem xoxinho!

    Também não gostei da Cheetara na versão nova, ficou parecendo uma adolescentezinha sem graça, sem sal nenhum. Perdeu as curvas que nos atraiam…

    Valeu pelo post, traz muitas lembranças! E que venha o live-action bem produzido!

  • http://expressionando.wordpress.com Smaily Prado

    Thunder… THUNder… THUNDERCATS… HOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

  • Leonard Evans

    Eu nasci depois de Thundercats ser cancelado, mas eu uma vez encontrei um DVD gravado do desenho e fiquei completamente viciado. E como todo nerd decente comecei a colecionar artigos relacionados a série: figuras articuladas dos personagens, uma réplica da espada justiceira, camisas estampadas com o logo, etc. Eu mostrei para os meus amigos e eles também adoraram.

  • Gia

    EXCELENTEEE POST! mas vem cá…COMO conseguiram deixar a cheetar ainda mais gostosa?

    hahahaha

  • ninja

    puts véio que nostalgico
    downloads started
    ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

  • http://ggslair.tumblr.com/ Good_Game

    Favor numa futura dublagem brasileira, não colocarem o Fábio Lucindo como o Lion-O ¬¬

  • Daniel

    cara.. sou de 1980 .. de lascar o post.. ainda falo até hj a velha frase do Mumm-Ra: “Antigos espíritos do Mal… transformem esta forma decadente… em Mumm-Ra!”. ..

  • Eder

    tanto gosto q tenho uma tatoo nas costas com todos rs… (epoca boa essa de 80)

  • http://www.facebook.com/people/Julio-C-T-Ferreira/100002316128839 Julio C. T. Ferreira

    isso eh uma esculhanbação com o desenho original faz uma idiotice de um desenho de cavalaria com castelinho e espada azul meu irmão. isso eh falta do que fazer, esses produtores dessa porcaria podia parrar de ferrar as velhas idéias e apoiar idéias novos, respeitem os velhos personagens eles fazem parte da cultura inutil de muitas pessoas.

  • http://www.facebook.com/people/Arthur-Fragomeni/100000541003113 Arthur Fragomeni

    Espero que o tema seja mantido haha aquele tema é demais

  • Eliana

    eu e meu marido somos tanto fisurados nos thanders q tenho todos os episodios desde o primeiro. amamos….

  • mcmjunior

    eu so de 1998 e mesmo assim amo esse desenho é o melhor

  • Kevin

    MENTIRA ! Daonde q existia Senhor dos Aneis nessa epoka ? AFF

  • http://letraseaventura.blogspot.com.br/ Luiz

    Adorei! Acho que e’ o maior conjunto de referências dos Thundercats que já vi! Alem da analise legal do sucesso e uma pincelada sobre o novo seriado! Parabéns!

Especiais

Japão em 2 minutos

Parceiros

Ocioso Sweetlicious Papricast naointendo ahnegao naosalvo Jogos online

Newsletter

Não perca nenhum post do Sedentário & Hiperativo!

Mensagens semanais e pontuais.