Culpados

Staff

  • Sacerdote da Santa Igreja do Culto ao Papai Papudo, Ryu se declara um rapaz casto e introvertido, no fundo desculpas para seus constantes fracassos com as mulheres. Adora surfar, mas não sabe nadar e sonha em conhecer uma praia. Ex-modelo, ex-feirante, ex-torcedor do Mixto, Evel na verdade é um extraordinário. Colecionador da série telecurso 2º grau, sabe de cor e salteado todas as lições de química e marcenaria contemporânea. Amante da boa cozinha, não dispensa um churrasco de gato no boteco da Zuleide. Adora esportes radicais e sempre que pode arrisca-se no dominó indoor desde que o ambiente seja refrigerado.

  •  Culpados
    Duquian Lioncourt

    Parou com os chás de cogumelo na Chapada do Guimarães há 20 anos, desde então também não tolera mais discos infantis e cerveja quente. Para preservar sua imagem de homem ideal, nega que se masturbou com a Playboy da Hortência. Adepto do origami para fins medicinais, Duquian não tem vergonha em comprar camisinha na farmácia quando a atendente é mulher. Sonha com Júnior Baiano na zaga do seu time, o mascarado São Paulo. Atualmente, não faz porra nenhuma e emprega todo o dinheiro que não tem apostando em jogo de varetas.

  •  Culpados
    Júnior

    Desde garoto sofre com as brincadeiras de seus professores que na hora da chamada insistem na piadinha “é o Júnior da Sandy?”. Otimista de plantão, acredita em duendes e no Corinthians campeão da Libertadores. Não ouviu o último do Caetano, mas achou uma merda. Leu todos os clássicos da literatura universal sempre com uma revista de sacanagem aberta no meio. Inventou a vassoura com MP3 player e câmera digital e pretende ficar rico com isso. Pretende fazer um mochilão a pão e água de Mossoró a Sinop no próximo ano. Nunca viu um disco voador e morre de medo de barata, “mas só daquelas grandes que voam”.

  •  Culpados
    Eightbits

    Odeia Forró e por isso é discriminado em sua cidade, Fortaleza. Comprou uma coleção de fitas cassetes para aprender japonês e poder ler seus mangás na língua original, mas anda sem tempo devido às trocas de fralda da sua filha. Atualmente lidera um movimento pelo fim dos videogames com mais de 16 bit. “Homem que é homem não precisa de mais do que 3 botões”, declara enquanto guarda mais um papel amassado no bolso, “não jogo nada no chão desde a copa de 78, também não faço xixi no muro”. Sonha em montar uma banda de rock japa e pretende fazer uma operação para repuxar os olhos.

Colunistas e Colaboradores

  •  Culpados
    Marcelo Del Debbio

    Nascido em 1974, é hoje considerado um dos maiores pesquisadores sobre Ordens Iniciáticas, Oráculos e Ocultismo no Brasil. Mais ››

  •  Culpados
    Kentaro Mori

    Criador e responsável pelo projeto “Ceticismo Aberto“, com mais de 53 milhões de acessos e quase 2.000 páginas de conteúdo. Mais ››

  •  Culpados
    Raphael Draccon

    Raphael Draccon é roteirista profissional, editor e autor de literatura fantástica, ficção de suspense e romances com elementos sobrenaturais.
    É o autor mais jovem a assinar com os braços nacionais de duas das maiores holdings editoriais do mundo, e roteirista premiado pela American Screenwriter Association.
    Mais ››

  •  Culpados
    Breno Nakano

    Brasileiro nato, 23 anos interessado na cultura japonesa, começou a estudar língua japonesa quando tinha 13 anos, onde cheguou até a ajudar os iniciantes. Conciliando o curso de língua japonesa… Mais ››