10 palavras em inglês que são difíceis de traduzir

Achei bem interessante este post que eu vi la no Sapomarciano, que viu no HypeScience, que tirou o post do Listverse.

Apesar de ser uma língua considerada universal e mais fácil do que muitas outras – incluindo o português – existem palavras em inglês que representam conceitos difíceis de traduzir para outras línguas. Inclusive, há centenas de palavras que são encontradas somente em inglês, sem correspondentes que as expressem suficientemente em outros contextos. O Dicionário de Inglês Oxford lista mais de 250.000 palavras distintas, não incluindo muitos termos técnicos ou gírias, o que torna o inglês uma das mais ricas línguas em termos de vocabulário. Como a cultura americana é muito conferida nesse lado do mundo, veja alguns exemplos de palavras que representam um desafio para tradutores:

1 – Pimp

A palavra “pimp” se refere ao verbo transitivo, não o substantivo. “Pimp” significa, aproximadamente, “decorar” ou “enfeitar”. Esse verbo se tornou popular em programas de TV como “Pimp My Ride” (que ajeitava carros antigos, parecido com o quadro “Lata Velha” brasileiro). Embora esse termo seja uma homenagem à cultura hip-hop e sua conexão com a cultura de rua, ele se tornou comum e mesmo padrão em uso comercial. A gíria espanhola “pompear”, usada em alguns países latino-americanos, evoluiu como uma derivação direta com um significado próximo.

2 – Auto-tuned

O mundo inteiro está familiarizado com aquela voz não natural, quase robótica, saindo de cantores ao longo dos últimos 10 anos ou mais. Qualquer música gravada é alterada para ter um som melhor. Tanto é assim que o inglês até inventou uma palavra para isso: auto-tuned. Muitos idiomas, entretanto, não tem um correspondente ainda. O adjetivo descreve um cantor cujas imprecisões, erros e falta de sintonia foram digitalmente disfarçados para que parecer que ele executou a canção perfeitamente. Como é um termo relativamente novo, é praticamente intraduzível.

3 – Trade-off

Essa palavra faz parte da lista “não consigo explicar com menos de 5 palavras”. O termo descreve uma situação em que alguém tem que perder alguma qualidade em troca de outra qualidade. Trata-se de uma decisão em que a pessoa compreende totalmente as vantagens e desvantagens de cada escolha. O termo é particularmente difícil de traduzir em qualquer idioma sem o uso de muitas palavras ou a explicação explícita do cenário.

4 – Spam

Essa é uma das palavras que provavelmente todos sabem o significado, mas que não tem tradução e é usada em sua forma original em muitas línguas. A definição de spam é o uso de sistemas eletrônicos para enviar mensagens não solicitadas indiscriminadamente. Nenhuma outra língua tem uma palavra não derivada para este conceito. Spam é, também, um termo para uma carne enlatada.

5 – Bromance

Esse é uma espécie de termo retro que não está mais em uso. Cunhado na década de 90, descreve uma relação muito íntima, mas não sexual, entre dois ou mais homens. Em muitas culturas, incluindo a americana, bromance é confundido com homossexualidade e, portanto, nenhuma outra cultura cunhou um termo para descrever essa relação incomum. Embora o termo possa ser descrito na maioria dos idiomas, nenhuma outra língua além do inglês tem uma palavra para isso.

6 – Facepalm

Esse termo popular nos EUA descreve o gesto de por a palma da mão sobre o rosto, em uma demonstração de exasperação. O gesto é obviamente mundialmente conhecido mas, surpreendentemente, nenhuma outra língua além do inglês parece ter um termo original para esse ato bastante comum.

7 – Kitsch

“Kitsch” define toda arte que é considerada uma cópia inferior de um estilo existente. O termo também é usado de uma forma mais livre quando se refere a qualquer arte pretensiosa, desatualizada ou de mau gosto. Com a única exceção do alemão (de onde a palavra veio para o inglês), o termo é intraduzível para qualquer idioma.

8 – Gobbledygook

Essa palavra é definida como qualquer texto contendo jargão, ou inglês especialmente complicado, que resulta em um texto excessivamente difícil de entender, ou mesmo incompreensível. O termo foi cunhado em 1944 por Maury Maverick (na foto acima). Mesmo para os tradutores de literatura profissionais, essa palavra representa um desafio.

9 – Serendipity

“Serendipity” é qualquer descoberta inesperada, mas feliz. Você também pode chamá-la de achado sortudo, coincidência ou acidente. A palavra foi votada como uma das dez palavras em inglês mais difíceis de traduzir em junho de 2004, por uma empresa de tradução britânica. No entanto, devido ao seu uso sociológico, a palavra tem sido exportada para muitos outros idiomas.

10 – Googly

O “googly” é um termo do jogo de críquete. É um movimento complicado, um tipo de lançamento curvado com giro feito por um jogador com sua mão direita sobre o lado direito do corpo. O “googly” é importante no jogo em questão, mas é usado sem muita frequência porque sua eficácia é graças ao seu valor de surpresa. O termo é tão exclusivo do idioma inglês que o artigo da Wikipédia sobre ele não está disponível em qualquer outra língua. Se fosse para ser traduzido em outra linguagem, seria algo como “tiro curvado de críquete feito por um jogador com a sua mão direita”.[Listverse]

  • Augusto Cesar Ferreira Dias

    Auto-tuned, é por causa do uso de um plugin de som depois da gravação pronta. Ele era usado inicialmente pra corrigir pequenas desafinações, mas quando é exagerado, faz esse som estilo robótico. O nome do programa é Auto Tune, da empresa Antares. É a mesma coisa com Photoshop e photoshopped, não tem mesmo como ter tradução porque é o nome de um programa.

  • “O Dicionário de Inglês Oxford lista mais de 250.000 palavras distintas … o que torna o inglês uma das mais ricas línguas em termos de vocabulário”
    Um exagero essa parte né, comparado com o português brasileiro o inglês é baba, nossa lingua sim tem um vocabulário rico!
    Imagina a quantidade de gírias e expressões que existem nas regiões do Brasil…
    Um exemplo básico, sou capixaba e falo “pocar”.
    Um site em inglês valorizando sua lingua, normal…
    Se levar em conta os palavrões do português a surra ainda é maior, inglês quando quer xingar coloca um “fuck”, “shit” ou “damn” e pronto, agora a gente tem “um vocabulário rico”! 😛

  • Lucas Ag

    Na parte do Serendipty, podia colocar que veio do Livro “As Três Princesas de Serendip”, que eu não lembro o autor.

  • spam é por causa de um quadro do monty python, na verdade a expressão SPAM é como se fosse uma coisa chata empurrada pra vc de qualquer jeito.
    http://www.youtube.com/watch?v=3kjdrl6qjwY
    o quadro do monty

  • Daniel Camara

    Tradeoff = compromisso

  • Daniel Felipe

    Meio ridículo alguns dos casos.
    O ultimo é o nome de um termo de jogo. Em baseball tem a “knuckleball”, creio nao existir uma tradução pra um tipo de jogada.
    No Brasil temos a “trivela”, que duvido que tenha uma tradução em outra lingua.

  • “Spam é, também, um termo para uma carne enlatada.”

    Você inverteu a ordem ao meu ver.

    Na verdade por causa de um quadro do Monty Python, que eles falam spam umas 300 vezes, que alguem acossiou aos lixos de email. Então é uma carne enlatada e também…. huahuahua

    O quadro em questão:

    http://www.youtube.com/watch?v=anwy2MPT5RE

  • master blaster

    Complementando sobre o SPAM, surgiu num esquete do Monty Python, onde Vikings repetiam “SPAM, SPAM, SPAM… ” num restaurante toda vez que a garçonete dava a receita de um prato (e todos os pratos tinham Spam – carne enlatada). Quando surgiu a primeira mensagem em massa na rede (nem era internet ainda, não lembro o nome do bagulho), pela repetição do conteúdo, fizeram o paralelo com o esquete.

    Uma tradução perto para “auto-tuned” seria “afinado automaticamente” (por meio de um programa), mas como o Augusto apontou, a mania de EUAenses de transformar substantivo (nome do aplicativo da Antares) em verbo (afinar voz de vocalista ruim) faz com que seja quase impossível traduzir corretamente esses termos… O mesmo serve para Pimp, que é adjetivo transformado em verbo. Seria algo como “cafetanear” ou “tornar digno de um cafetão”.

  • Completando o comentario do Augusto o Auto-Tuned seria como “Afinado Automaticamente”, ou “Mas tbm, no PC qualquer um canta afinado” tipo a Kelly Key,

  • SPAM = SPICE HAM… OU, BIFE TEMPERADO… O termo foi contraído para SPAM desde os tempos de outrora, dizem que migrou de Spice ham para algo insistente quando os vikings entravam em um bar e gritavam SPAM SPAM SPAM incesantemente, até que alguém lhes entrega-se carne.

  • Spam é Spiced Ham (Presunto Condimentado) foi usado após um grupo de advogados mandar a mesma mensagem várias vezes em um fórum na internet em 94, num episódio do Monty Python os personagens vikings ficam falando varias vezes a palavra SPAM (do presunto) e fizeram uma analogia com mandar a mesma mensagem várias vezes estaria mandando um spam, por isso ficou assim.

  • Spam, segundo a “Esquete do Spam” do querido e finado Monty Python diz respeito a carne enlatada parecida com aprsuntado (ou seria: Spiced + Ham = SPAM???) Algo que todo mundo oferece, mas ninguém quer. Bem condizente com o lixo virtual que recebemos diariamente, não é mesmo? Segue o link do youtube com este quadro, que, por sinal, é engraçadíssimo: http://bit.ly/jOnzTD

  • “Bromance” ainda é muito utilizada em redes sociais como Tumblr e algumas vezes até o twitter e livejournal.

  • caio tomazoni

    ae manolo
    gobbledygook então resume-se a uma escrita exacerbadamente rebuscada.
    pessoalmente, gosto do termo “rococó” – aquele tipo de decoração de interior parecido com o barroco, mas levada ao extremo, profanando-a.
    sabe-se que o barroco é rico em detalhes, rebuscado; mas quando há exagero nos detalhes, torna-se rococó, ou seja, rebusacdamente exagerado 😛

  • Gabriel Leonardo Tacchi Nascim

    Serendipity = Sincronicidade

  • Kitsch pode ser muito bem traduzido como “tosco”.

    Parabéns para aqueles que complementam as respostas. Aprendi muito com o post, muito bom mesmo!
    (Odeio quando a galera copia a primeira resposta certa, apenas como vaidade sem complementar mais nenhuma informação…)

  • Trade-off em duas palavras em pt: demanda conflitante…

  • Spam é do tempos dos vikings era uma carne esqusita, eles chegavam na taberna e todos ficavam gritando repetidamente Spam Spam Spam até servirem…..

  • Facepalm = Chico Xavier ^^

  • Excelente post, estudo Letras Inglês e esses termos complicam muito a vida do tradutor.
    Hoje em dia “bromance” também é usado em relação homem e mulher, tenho visto isso em muitas fanfictions e afins. Seria algo como amigos que agem como irmãos e como um casal,mas não tem relações sexuais.
    PS.: Por que em “auto-tuned” está a imagem do cast de Glee?? (sou fã da série =D) Tem alguns dos atores que realmente são ótimos cantores (ver Lea Michelle, ela participava de peças na Broadway, apenas para citar).

  • Marcelo M H

    O termo pimp tem tradução sim: Recauchutar XD

  • Diego Varela

    eu traduziria auto-tuned algo como auto afinação.. não?

  • mohamed shitak

    Eu tenho uma palavra, ou melhor, expressão foda de se traduzir.

    WISHFUL THINKING…

    Se alguém conseguir traduzir de forma clara sem usar mais de umas 5 palavras, meus parabens

  • Como saber se uma pessoa não utiliza Tumblr: “5 – Bromance: Esse é uma espécie de termo retro que não está mais em uso(…)” (por L. Rainey)

  • Vale a pena conferir

  • eu concordo e discordo com mta coisa: a expressão, ou palavra composta, como queira, ” auto-tuning”, pode mto bem ser traduzia como “auto-ajeitado”, “auto-arrumado” etc, enfim…

    e “pimp”, pelo menos num conceito mais contemporâneo, tem um ar até um pouco vulgar… o cantor brega Falcão se “pimpa”, uma puta se “pimpa”, um carro de “gangstas” se “pimpam”… pra a ajeitar, enfeitar, arrumar, numa conotação normal, vc simplesmente usa “tuning”.

    agora… traduz DESIGN haha… essa é tensa!

    • Design é desenho. O significado de desenho vai além de ilustração.

      • Sil

        Na verdade, o mais acurado seria projeto.

        • O português carece de um bom substituto para design. Um projeto (como entendemos em port-BR se dividiria em DESIGN ( fase intelectual: concepção, planejamento, desenho, etc) e PROJECT (execução, construção). Design vem da mesma raiz de desenho, mas nao se limita ao “desenhar” um projeto – tem um tanto mais atrás. Eventualmente a galera diz que bom design é coisa com formato arredondado, ou bonitinho. Mas um projeto bem-planejado ou bem pensado também é resultado de um bom design. Sempre é tenso quando tenho que explicar essa diferença para alunos.

  • Ótimo post …
    Só faltou ter colocado as pronúncias …
    Gobbledygook = Goboldaiguque … rs … por aí né ??

  • AUTO-TUNED* tem esse nome pq o programa usado pra acertar as vozes é o AUTO-TUNE*

    embasamento:
    http://www.antarestech.com/
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Auto-Tune

  • Adoro Serendipity, acho uma expressão muito bonita (: Quanto ao termo bromance, é bastante usado ainda em séries e por pessoas de fandoms distintos para falar de relacionamento entre personagens do sexo masculino, mas é fácil de ser entendida como uma junção de brother e romance. Outras palavras que são difíceis de traduzir por não ter um equivalente em português, são termos designados para séries, filmes e variados. Como fandom, fangirl(boy),spoiler, storyline, cliffhanger e etc :/

  • Kitsch é até fácil, temos um equivalente muito próximo: “cafona”.

  • Antes de postar algo assim no seu blog só para ter mais conteúdo, se informe um pouco. O termo AUTO-TUNED jamais foi inventado por americanos, ele começou a ser usado a partir do programa “auto-tune”, aplicativo hoje usado por vários softwares de gravação e edição de sons para arrumar os desafinados. O termo SPAM sempre foi para carne enlatada (especialmente na inglaterra), mas ganhou a fama de ser algo incoveniente após um quadro no programa de TV Monty Python. o termo BROMANCE é uma gíria, junção de brow+romance. FACEPALM é um meme, a tradução dele literal assim como um “morre diabo” para outra língua seria bizonha. Esper que ajude!

  • A terceira palavra pode ser traduzida como Custo de Oportunidade

    • rafael

      Nunca, economicamente nao tem nada a ver.

  • Anônimo

    Antes de comentar algo assim no MEU blog, aprenda tenha mais de educação, baixa a bola e entenda que se não interessante para você poderá ser para outros leitores.

    Post como este são divertidos, úteis e de interesse de muita gente. Graças a área de comentários é possível trocar informações, conhecer novas palavras, aprender e ler outras definições para os termos citados na postagem.

  • É fácil traduzir serendipity: serendipidade. Pronto!

  • Muita coisa aí diz “só existe na língua inglesa” e eu duvido. No máximo essas palavras só foram comparadas com línguas latinas, e nem muito a fundo.

    A palavra Gobbledygook, por exemplo poderia ser traduzida para prolixo. Pelo menos pela definição dada acima.

    Outra coisa é que ninguém realmente compara todas as línguas pra saber se existe em outra língua ou não.

    Por anos ouvi dizer que a palavra saudade só existe em português, mas em Chinês(mandarim) também tem!

  • Eu traduziria kitsch como brega, não?

  • trade off pelo que entendi pode ser traduzido como sacrificio

  • Joaopaulo

    facepalm=carros

  • Geraldo Alexandre Borges

    Todos os comentários são válidos, inclusive aqueles que contem zombarias e outros escrachos. Todo idioma é dinâmico e exclusivo, ou seja, as estruturas são fixas e particulares, mas são utilizadas palavras novas e ou modificadas, conforme a região ou o grupo de pessoas que as utilizam. Onde moro, ouço palavras que não existem no dicionário português e em nenhum outro dicionário, exceto no dicionário de algum estudioso que resolveu compilá-las à parte em um livreto. O certo é que o idioma é criado por pessoas e não fica limitado aos gramáticos, intelectuais e inventores consagrados do mundo literário.

  • Diego

    Bromance tem tradução sim, é “viadagem”