músicas

Esse vídeo é um anúncio de uma rádio da Bélgica e estou totalmente de acordo com que o vídeo diz: Música é um direito de todos!
Em tempo: “You’re beautiful” do James Blunt foi considerada uma das piores músicas de todos os tempos, e o próprio cantor até pediu desculpas por ter feito essa canção.

0 Comentários

Hardcore é o primeiro filme de ação inteiramente gravado em primeira pessoa, como se fosse um Call of Duty, mas com pessoas reais atuando. Foi escrito e dirigido pelo russo Ilya Naishuller e a qualidade do filme é de ficar de queixo caído. E parece realmente que você tá jogando uma campanha de qualquer um desses jogos de tiro em primeira pessoa. Impressionante!

Lembrando que Ilya Naishuller também dirigiu um clipe da banda russa Biting Elbows com a música chamada “Bad Motherfucker”, que também foi feito no mesmo estilo FPS. O clipe foi um sucesso, teve mais de 40 milhões de visualizações. Dá um confere aí que o clipe é f*dástico também.

0 Comentários

 A banda marcial de Ohio State fazendo um show espetacular

A Ohio State University Marching Band realizou um show no intervalo de um jogo de futebol americano (Ohio State vs Illinois, Football college) Com o tema “They came from Other Space”, algo como, “Eles vieram do espaço”. o show incluiu músicas de Star Trek, 2001: Uma Odisséia no Espaço, Apollo 13 e Independence Day. Épico!

VIDA LONGA E PRÓSPERA!
0 Comentários

Já tinha postado antes sobre o vídeo que Anthony Vincent e seu projeto chamado “Ten Seconds Songs” fez da música “In the End”. Agora ele fez esse cover de “Thriller” que entre outros estilos, tem Rob Zombie, Spice Girls, Type O Negative e até o tema de Beetlejuice.

0 Comentários

‘Simples’ e ‘divertido': Essas duas palavras podem definir o clipe de’Mayokero’, do músico israelense Roy Kafri. O vídeo foi obra de Vania Heymann, que fez tudo: direção, roteiro, fotografia, montagem…

0 Comentários

OK GO, a banda dos videoclipes mais legais da história, está de volta com a música “I Won’t Let You Down” do álbum Hungry Ghosts. Mais uma vez os caras arrebentaram com esse novo clipe todo sincronizado.

0 Comentários

Lindsey Stirling é uma garota prodígio. Violinista, dançarina, cantora e compositora começou a ganhar fama depois de participar, em 2010, do America’s Got Talent. Suas apresentações costumam ser empolgantes por misturar música, dança, teatro e muitos elementos da cultura pop, como zumbis, games, filmes e séries.

Seu último vídeo, ‘Roundtable Rival’, é uma super produção que ficou realmente foda. No filme, com temática steampunk, Lindsey trava um embate cheio de virtuosismo musical contra um guitarrista ladrão de banco.

0 Comentários

Ficou realmente legal. Os fãs da série irão gostar!

0 Comentários

Dum é uma banda da Califórnia que brinca com uma técnica divertida de inserir o rosto do vocalista em cenas.

Nesse clip da música On & On eles utilizaram filmagens de filme História sem Fim sobrepondo rosto e detalhes. Como não é a primeira vez que eles fazem isso, eu coloquei a versão de Game of Thrones e Star Wars também.

0 Comentários

A banda Postmodern Jukebox é capaz de fazer covers de altíssimo nível, como a sua versão de ‘Really Don’t Car’, da Demi Lovato, que contou com a participação mais do que especial e feliz do pandeirista.

No mais vale a pena visitar o canal da banda!

0 Comentários

Antes de mais nada, Brunnettes Shoot Blondes é uma banda da Ucrânia com um som definido por eles como “indie/electro/pop”. Agora, o clipe é uma animação usando smartphones e tablets como a plataforma da historinha, e tudo sincronizado em tempo real. O clipe ficou simplesmente perfeito. Ah, o nome da música é “Knock Knock”.

0 Comentários

Anthony Vincent é um músico/youtubber e ele pegou a música “In The End”, e a cantou em 20 estilos diferentes, incluindo Frank Sinatra, Guns n’ Roses, Bob Marley, The Doors e outros mais. Ele já fez outros vídeos assim como por exemplo “Dark Horse” da Kate Perry. O cara manda bem, ouça:

0 Comentários

Shane Bang é um gênio da percussão, capaz de fazer batidas e dubstep utilizando apenas canetas e réguas sobre a mesa. Aqui tem alguns vídeos de seu canal, feitos com o amigo Kevin Ke.

0 Comentários

O vídeo foi feito em um acampamento para surdos e fizeram uma versão bem divertida de “Happy”. ASL (American Sign Language) é a versão americana para o nosso LIBRAS (língua brasileira de sinais). Bem legal essa iniciativa e a tradução foi feita por Rosa Lee Timm e Azora Telford.

0 Comentários

Esta é uma aula de música no Jardim de infância onde o professor gaúcho Roberto Menezes interpreta uma versão Rock de uma canção infantil. E a gurizada interagindo é bem bacana também, quem dera se toda molecada tivesse um professor assim.

0 Comentários