A Pirâmide do Faraó Del Debbio I

Olá crianças,

f15b.jpg

Eu tinha deixado este post em standby há uns meses, desde que fiz estes posts AQUI, AQUI, AQUI e AQUI sobre pirâmides, porque achei que era mais do que óbvio que a alegação de que dezenas de milhares de escravos seminús empurrando blocos de pedra de 70 toneladas na areia escaldante do deserto e ajustando-os com precisão milimétrica através de rampas miraculosas durante 3 meses por ano em menos de 20 anos fosse risível.
Hoje, o Tio Marcelo se autoproclama Faraó Del Debbio I e decide que vamos construir uma pirâmide aqui no Brasil, com tecnologia de ponta de 2008.


Este post será uma homenagem ao amigo Kentaro. Ele sempre traz informações técnicas muito interessantes desmistificando enigmas e ilusões, então hoje serei eu o cético e usarei apenas da matemática e da engenharia, sem nada de ocultismo, para estudar um dos maiores mitos da história.
Vamos deixar claro que eu não estou dizendo uma palavra a respeito de QUEM, COMO, QUANDO ou POR QUE elas foram construídas. Este post vai demonstrar apenas a titulo de curiosidade como se construiriam as piramides com tecnologia de 2008. E quanto tempo demoraria, ok?

Uma das vantagens de se estar ligado a tantas Ordens Iniciáticas é que o tio Marcelo consegue acesso fácil e rápido a praticamente qualquer empresa grande no Brasil e até mesmo em outros países com apenas alguns telefonemas e recebe carta branca para ficar fuçando e perguntando o que quiser lá dentro. Então poderemos pegar alguns orçamentos que normalmente o público não tem acesso. Outra facilidade é o fato de eu ser arquiteto, então estou acostumado com canteiros de obras e sei que tipo de questionamentos são relevantes para uma obra deste porte.

egypt_quarry_map.jpg

Em primeiro lugar, vamos às nossas hipóteses. A pirâmide de Gizé possui 230m de lado e 146m de altura quando foi construída. Suas paredes possuem inclinações precisas de 51º 51´14”. Seus blocos de pedra são encaixados milimetricamente, sem espaço para passar um mero pedaço de papel. Possuem câmaras e túneis de acesso que não foram escavados, mas sim deixados vazios durante o processo de construção (ou seja, foram planejados antes da construção) e que são elaborados com precisão absoluta. Sabe-se que as pirâmides foram construídas utilizando-se aproximadamente 80% de pedras de calcário rochoso, de pedreiras distantes cerca de 60-80km do Cairo, e que 20% de sua estrutura foi composta de pedras nobres, em especial o Alabastro e o Mármore Negro, trazidas da pedreira de Assuã, localizadas a cerca de 725km de Gizé, através do Nilo.

Cálculos Iniciais
Usando a fórmula do volume de uma pirâmide, temos (B x H )/3 = 2.556.850 m3 de pedra. Não estou levando em consideração as câmaras e túneis dentro da pirâmide, apenas o volume “bruto” dela para fins de orçamento aproximado. A maior parte do volume da pirâmide é construído com blocos inteiros de Calcário Rochoso. O calcário possui densidade 2,8, portanto, temos que o peso estimado de uma pirâmide é 7.159.150 toneladas, dos quais 1.431.830 toneladas (revestimentos e pedras nobres) vieram de Assuã de barco e 5.727.320 toneladas vieram de pedreiras próximas, localizadas a até 80km de distância. Destes blocos de calcário, cerca de 6% em peso é constituído de blocos de 70 toneladas (aproximadamente 5.000 blocos) e teremos de pensar em uma maneira de extraí-los e transportá-los da pedreira até nossa obra.

quarry01.jpg

A primeira coisa que precisamos verificar são as pedreiras de calcário rochoso. Analisando algumas das maiores pedreiras de calcário do Brasil, consegui as seguintes informações: De acordo com a ABRACAL (Associação Brasileira de Produtores de Calcário), uma pedreira de 6 hectares produz cerca de 14.000 toneladas de blocos no tamanho adequado por ano.
Com dois telefonemas para alguns amigos que trabalham no Cairo, consegui a informação que as pedreiras que os “egípcios” utilizaram para obter os blocos (Toura e Maadi) não tinham mais do que 28 hectares somadas (e isso são pedreiras grandes, relativamente falando). Fazendo uma regra de 3 básica, temos uma produção de 65.000 toneladas por ano de blocos.
De posse destes dados, temos que apenas para extrair todas as pedras para montar a Pirâmide, utilizando-se de equipamentos de 2008, levaríamos 82 anos. Uma conta simples que já destrói completamente qualquer hipótese das pirâmides terem sido construídas em 20 anos…

Mas o faraó Del Debbio I tem pressa !!! Queremos construir a pirâmide no mesmo período de tempo alegado pelas lendas. Se um bando de egípcios seminús de 4.000 AC conseguiu, nós vamos conseguir também!

Procurando minas de calcário
Em 2000, a produção total de calcário no estado de São Paulo foi de 3.230.000 toneladas, dos quais apenas 16% nos tamanhos adequados para a construção dos blocos de 2,5 ton mínimos (pouco mais de 516.800 toneladas por ano). Vamos usar TODA a produção de calcário do estado de São Paulo para a construção da minha tumba.

Com TODA a produção de blocos de calcário do estado de São Paulo (que corresponde a cerca de 21% da produção total do Brasil) nas mãos do Faraó Del Debbio I, vamos recalcular o tempo para a construção da Pirâmide:
Com 1.416 toneladas de blocos por dia de produção, precisaremos de 11 anos (4.045 dias) para extrair tudo. Dane-se o estado de São Paulo, o Faraó Del Debbio tem pressa. Temos apenas 20 anos para construir as pirâmides!

caminhao30ton.jpg

Para nossas operações terrestres, usaremos o caminhão 31260E da Volkswagen, o maior e mais poderoso caminhão da linha comercial 2008, que é um dos mais modernos da frota brasileira, capaz de carregar até 31 toneladas por vez. Utilizando-se de guindastes mecanizados do tipo GR 9.000 da Rodomaq, conseguimos colocar um bloco de pedra de 2,5 toneladas dentro do caminhão e ajustá-lo em cerca de 10 minutos, de acordo com o engenheiro responsável.

Um caminhão 31260E carrega até 12 blocos de 2,5 toneladas de cada vez, o que demoraria 120 min para carregá-lo. Supondo uma estrada bem asfaltada, em uma velocidade segura, faríamos o trecho de 80 km em 1h30. Descarregando o caminhão no local da obra e retornando em segurança, todo o processo de ida e volta demoraria 7 horas.

Ao todo, teríamos de carregar 5.383.681 toneladas de pedras em blocos de até 12 toneladas usando nossos caminhões Volkswagen.
Fazendo a divisão de 5.383.681 toneladas por 30 toneladas, temos 179.456 viagens. Levando em conta nossa produção de 1.416 ton por dia, demoraríamos 3.802 dias para fazer todas as viagens (ou 10,5 anos). Para tanto, utilizaríamos uma frota de 30 caminhões (que trabalhariam 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem feriados ou pausas). Não há razão para usarmos mais caminhões, pois estes já estariam trabalhando no limite, já considerados 20% extras para eventuais falhas mecânicas (obrigado pessoal da Brasspress e RodoJumbo pelas informações).
Alguns engenheiros alegaram que estes caminhões trabalhando desta maneira selvagem não durariam 10 anos, então um deles pediu para que ficasse constando que a frota ideal total seria de cerca de 50-60 caminhões, sendo substituída ao longo do tempo.

Os outros 343.640 toneladas em blocos de 70 toneladas seriam um problema. A Granero e outras companhias de transporte que pesquisei carregam até no máximo 60 toneladas indivisíveis em seus veículos e os maiores caminhões da Volvo e Scania carregam apenas 50 toneladas… então teríamos de ir buscar outros caminhões especiais para isso.

Encontramos esta carreta, capaz de carregar até 470 toneladas, mas não achei o nome dela. Para sustentar essa estrutura, a carreta tem 266 pneus, além de outros 30 dos cavalos mecânicos. O veículo tem 93 metros de extensão, 8,70 metros de altura e anda a 5 km/h. Precisamos de uma autorização especial AET e cada viagem pode chegar a custar até R$ 100.000,00

http://www.youtube.com/watch?v=P89oZeuV1qU

Para carregá-la com os blocos de 70 toneladas (cabem 6 blocos por vez), demoramos cerca de 2h por bloco, ou seja, 12 horas para carregá-la, 16 horas para viajar (totalizando 56 horas por trajeto ida e volta) levando 420 toneladas. Para transportar 343.639 toneladas, precisaremos de 818 viagens, ou seja, 45.808 horas (5,2 anos).

Sabemos que as pedras maiores estão na base da pirâmide, então pelo menos os 5 primeiros anos serão destinados para as pedras de 70 toneladas, então talvez consigamos fazer um “estoque” de pedras de 12 toneladas e 2,5 toneladas para usar no futuro, aumentando assim nossa frota de caminhões 31260E nos primeiros anos e economizando pelo menos uns 3 anos do projeto. Por outro lado, não adianta carregarmos as pedras menores para a pirâmide pois isto atrapalharia o desembarque das supercarretas.

O preço dos materiais, pelas tabelas de 2007, são de aproximadamente 100,00 por tonelada de blocos de calcário e entre 250,00 a 400,00 a tonelada de mármore nobre e alabastro. Mas acho que por ser irmão maçom, eu teria direito a algum desconto. O total estimado, em material apenas, sairia na faixa de 4 bilhões de reais (1% do PIB do Brasil de 2007). Mas isto não inclui nem transporte e nem mão de obra!

Outro dos problemas é como fazer a terraplanagem do terreno. Consultei algumas das empresas de topografia de irmãos e descobri que conseguir um platô que fique PERFEITAMENTE NIVELADO sobre a areia de um deserto é uma tarefa impossível. Pior ainda se planejamos “empurrar” os blocos… o mero deslocamento das pedras já desnivelaria TODO o trabalho executado, e a areia deslocada nunca permitiria um encaixe tão perfeito dos blocos. Ao contrário do que as otoridades querem que vocês acreditem, não basta ir empilhando blocos de pedra sobre a areia, pois com o tempo, a areia cede e toda a estrutura afunda (por exemplo, a torre de Pisa, que nem em areia foi construída). Para se construir em cidades como Santos ou Las Vegas, é necessário consultar engenheiros navais e de estruturas, para indicar as compensações necessárias a serem feitas para se edificar sobre solo tão precário (e estou falando de prédios de 10, 12 andares… a pirâmide tem o equivalente a 49 andares). Em outras palavras, é necessário uma FUNDAÇÂO para manter toda esta estrutura firme (ainda mais que ela não se deslocou um milímetro em 12.500 anos… ops… 6.000 anos).

giza_model_fig5.jpg

Muitos teóricos da conspiração (e eu não estou entre eles) afirmam que há uma pirâmide enterrada abaixo da pirâmide, de mesmo tamanho e voltada para baixo, formando um octaedro, para servir como fundação. Isso resolveria nosso problema, mas destruiria de uma vez por todas as teorias de tumba do Faraó e escravos egípcios empurrando blocos… pena que o governo egípcio proíbe qualquer tipo de pesquisa neste sentido, então nunca saberemos a verdade.

De qualquer maneira, os trabalhos de terraplanagem de uma área deste tamanho teriam de ser executados por alguma empresa do porte da Engepar especializada em barragens. O tempo estimado para deixar o terreno preparado para receber a pirâmide girou em torno de 6 meses a 1,5 anos, mas não tive garantias de inclinação de zero graus como na pirâmide. Eu deveria esperar algo em torno de 0,5º a 1,5º de inclinação.

Transporte por rios
Para nossas operações marítimas, vamos usar um dos maiores navios em operações aqui no Brasil, da Hamburg-Süd, chamado “Aliança Brasil PPSO”, com capacidade máxima de 1850 Teus (Teu é uma unidade de medida que representa containers com 20 pés, neste caso, carregados com 14 toneladas), que é um navio com 200m de comprimento, possui mais de 28.000 toneladas de deslocamento e velocidade de 20 nós. Este navio é tão grande que existem apenas 5 em operação neste volume no Porto de Santos (para ter uma idéia de comparação, as caravelas de Cabral carregavam 250 toneladas cada)

aliancabrasil01.jpg

As docas do porto de Santos, o maior porto do Brasil, são capazes de carregar em média, 40 containers por hora (ao custo de 70 dolares por container). Um navio do porte do Aliança Brasil demoraria, então, 46 horas para carregar e 20 horas para viajar (em um total de 132 horas entre carregar, viajar, descarregar e voltar). Isso, claro, contando que tivessemos dois portos do tamanho de Santos à nossa disposição.

Carregar 1.431.830 toneladas usando este navio demoraria 55 viagens, ou aproximadamente 310 dias. Menos de um ano. Esta seria a parte mais fácil do projeto.

Faltou um último detalhe. Os blocos das pedreiras são escavados com erro de até 3% em tamanho. Os blocos das pirâmides são PERFEITOS em suas medidas. Eu reclamei com o engenheiro chefe e ele me disse que é possível contratar especialistas para recortar no canteiro da obra com precisão milimétrica, mas este trabalho poderia demorar até cerca de 3 a 12 horas por bloco, para ficar da maneira 100% perfeita que as pirâmides exigem.
Contas rápidas levam ao nosso conhecimento que, para lapidar os cerca de 260.000 blocos das paredes externas, câmaras e túneis, seriam necessários aproximadamente 2.600.000 horas. Com uma equipe de 500 especialistas (ou seja, praticamente todos os especialistas brasileiros), conseguiríamos fazer todo este trabalho em cerca de um ano inteiro. Certamente o faraó Queops tinha especialistas muito melhores que os formados pelo SENAC.

Resolvida a logística de escavações e transporte, vamos colocar os blocos uns sobre os outros:

Precisamos levar todos estes blocos de 70 toneladas, 12 toneladas e 2,5 toneladas até a sua posição na Pirâmide. Sabemos que ela possuía 146m de altura. A hipótese de rampas é ridícula, pois não podemos construir rampas com inclinação maior do que 10%, o que significa que as rampas quando estivéssemos no topo da pirâmide teriam 1,5 quilômetros de comprimento… Uma rampa destas teria 5m x 145m x 1.450m, ou seja, 525.625 metros cúbicos de areia, suficiente para encher 6 maracanãs até a boca de areia. Algum de vocês já foi a um estádio de futebol para ter uma noção de quanta areia é isso?

A maior escavadeira do mundo, a Bagger 288, consegue movimentar 76.445 m3 por dia. Este monstro demoraria uma SEMANA para construir uma rampa como a descrita acima. Supondo, claro, que milagrosamente toda a terra movimentada chegasse ao formato desejado da rampa em um passe de mágica.

spore200604050301073176ur.jpg

Vamos usar guindastes e gruas!
Podemos construir rampas de acesso metálicas para caminhões nos primeiros estágios da pirâmide. Mas com o tempo, eles se tornariam complicados. No primeiro andar, teríamos algo em torno de 53.000 m2 (230×230) para manobrar os caminhões e guindastes GR 9.000, mas certamente precisaríamos usar guindastes para posicionar os blocos da base.
Para posicionar os blocos gigantes de 70 toneladas, usaremos guindastes da Demac ou Lorain (aluguel de 250,00 por hora). Posicionar um bloco de 70 toneladas em um canteiro de obras demora cerca de 2 horas, mas o engenheiro me disse que há erro de até 5% da maneira que escolhi. Podemos medir com sensores de laser (semelhante ao que usam no metrô para alinhar os túneis) mas que mesmo assim o balanço dos guindastes poderia tirar os blocos do prumo. Sugerimos empurrar com um trator, mas a maioria dos tratores empurra até 30 ou 40 toneladas no máximo. Sugeri usarmos nossos peões de obra para empurrar. “Se o faraó conseguiu, eu também consigo” – pensei. E o engenheiro riu na minha cara. Totalmente impraticável.
Pessoas empurrando blocos de pedra na areia fariam no máximo com que elas mesmas afundassem quando começassem a puxar ou empurrar os blocos, sem que ele se movimente. Se usarem troncos para “rolar” as pedras, precisariam pensar em uma maneira de RETIRAR estes troncos debaixo das pedras (embora nenhum botânico que eu contatei conseguisse me indicar uma palmeira que agüentasse 70 toneladas de pressão).

Só para não parecer que eu estou exagerando… 70 toneladas é o peso de 70 fuscas, compactados em um bloco de aproximadamente 2 x 2,5 x 5 m. Se imaginarmos escravos MUITO fortes e marombados, capazes de puxar 200kg cada um, precisaríamos de 350 escravos para puxar cada um destes 5.000 blocos. E estamos falando de PUXAR, porque empurrar é impossível… vamos empilhar 350 homens uns sobre os outros… a última vez que eu verifiquei, dois corpos não ocupavam o mesmo lugar no Plano Material. Então como ajustar a posição milimétrica dos blocos sem empurrá-los?

O segundo problema de empurrar é que isso poderia arrebentar o piso e a terraplanagem. Decidi não me preocupar com estes problemas mundanos e ignorar isto. Concretando o primeiro andar da pirâmide, teríamos uma base forte (desde que ela não cedesse) para continuar subindo.

0310.jpg

Resolvido as primeiras etapas da pirâmide, usaremos, então, o modelo de guindaste MC310K12, um dos maiores guindastes em uso aqui no Brasil, para elevar os blocos de 12 e 2,5 toneladas. Ele eleva 12 ton a uma altura de 57,50m, com uma lança de 70m. Com ele, conseguiremos construir até cerca de 50m de altura… só faltam 100m para chegar ao topo.

wfp080055.jpg

Neste ponto do percurso, temos um problema, chamado Câmara dos Reis. Há dentro dela uma pedra única de 50 toneladas, de mármore negro vindo de Assuã. Como nenhum guindaste chegaria até a posição onde ela está e as rampas de areia são impraticáveis, optamos por usar um helicóptero militar, mas infelizmente, o maior helicóptero brasileiro, o Baikal, carrega miseráveis 4 toneladas. Mesmo o Mi-26, o maior helicóptero de carga americano, segundo a WFF, carrega apenas 20 toneladas (confesso que isso foi uma surpresa, eu achava que helicopteros carregassem mais peso). Então abandonamos os helicópteros… e aquela história das Pipas do Kentaro levando 11 toneladas me parece cada vez mais história para cético dormir…

Sem helicópteros, tivemos de construir uma rampa, usando estruturas metálicas extra-resistentes combinada com um guindaste na ponta para içar a pedra. Tempo estimado de operação: duas semanas.
Espero que dessa vez eu lembre de colocar um sarcófago DO TAMANHO CERTO, já que o de Quéops é menor do que deveria ser… faraó burro!

Também descobri que existe uma grua nova na Espanha chamada Potain MD1400, a maior grua em atividade na Europa, capaz de elevar pesos a até 200m de altura, flecha de 50m e 30 toneladas de carga. Deve dar, embora a flecha desta grua não é suficiente para chegar no centro da pirâmide, o que força nossos homens a montarem esquemas de cordas para direcionar e posicionar as pedras do Topo.

Pyramidion
Fica faltando uma última pedra, uma réplica da pirâmide com 9m de altura esculpida em uma única peça de mármore negro, chamada Pyramidion, pesando entre 6 e 7 toneladas. Com a grua espanhola, podemos fazer este trabalho sem grandes complicações de engenharia.

puesta_gruas.jpg

Claro que os prazos que eu forneci nesta coluna são para cada uma das etapas separadamente. Quando construirmos a pirâmide, estas etapas terão de entrar dentro de um cronograma de logística: enquanto as pedras são cortadas e transportadas, outros engenheiros e peões estarão responsáveis pela colocação delas no canteiro de obras. Trabalhando sem parar 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem feriados nem descansos (segundo os textos usados como base, os “egipcios” trabalhavam apenas 3 meses por ano), estimamos a construção da Pirâmide com tecnologia de 2008 em cerca de 13 a 14 anos (tabalhando sem parar 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano), a um custo que pode chegar fácil a 18 bilhões de reais. E, como eu sou uma das dez pessoas mais modestas do Planeta (e a modéstia me impede de dizer em qual posição eu estou), terei todo este trabalho e NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide.

Faltou lembrar que todo este trabalho é para apenas UMA pirâmide, quando na verdade, o conjunto possui TRÊS pirâmides (então teríamos de multiplicar todo este trabalho por três… ). Eu sempre soube que a história de escravos empurrando pedras era ridícula, mas agradeço ao Mori pelo texto dele das pipas, que me fez ir atrás de empresas de engenharia para ver o quanto, na verdade, é IMPRATICAVEL a teoria dos escravos da tumba do faraó. As pessoas acreditam nela simplesmente porque as otoridades disseram e porque nunca ninguém foi atrás de ver as dimensões envolvidas. De qualquer maneira, fica demonstrado a impossibilidade de cumprir estas metas no prazo e condições descritas pelas otoridades.

Agora… quem construiu as pirâmides e como, ninguém sabe ao certo… mas definitivamente não foram escravos seminús arrastando blocos de pedras rampa acima no deserto ou empinando pipas. Minha teoria pessoal é a de que seria possivel fazer uma REFORMA nas pirâmides em 20 anos… algo como trocar as pedras destruídas pelo dilúvio, dar uma arrumada nos alabastros, repor blocos danificados (e nada de reconstruir 2/3 da pirâmide na teoria dos grafittis, estou falando de recolocar as estruturas exteriores danificadas e só), etc… provavelmente até construir aquelas três piramides menores… mas construí-las inteiras? NO WAY.

Semana que vem voltamos à programação normal.

  • Sr. Madruga

    Se foi reforma ou não, é burrice achar que as pirâmides foram feitas por extraterrestres…minha opinião fazer oq…
    Belo texto

  • Macaco de Tres Cabeças

    Pipas ??? Bomba d´agua ???




    You Fail !!!

    (But thanks for trying…)


  • caramba …

    oO

    quantos dados… por isso que digo, q ser pesquisador é para quem pode e não para quem quer…

    parabéns pela coleta de dados e motivação 😉

  • Vitor

    Mais um ótimo texto.
    Qual sua teoria pessoal para o real modo de como foram feitas as pirâmides?

    Obrigado

  • Nelson Bertholi Jr.

    Eu ainda acredito na versão dos gauleses. Asterix e Obelix que montaram a pirâmide, tomando aquela poçãozinha legal.

  • André

    Eu queria mesmo é ver um forum com replys entre você e o Mori, sem cair na baixaria, hehehe. De acordo com o texto do Mori, um dos principais argumentos dele é de que o faraó realmente colocou o nome dele e em um lugar de difícil acesso a não ser por quem fez a pirâmide ou tenha feito uma grande reforma, e um outro argumento foi o exemplo da ponte feita pelos romanos “Pont Du Gard”. Como você rebate esses argumentos?
    É muito difícil ver pessoas de idéias diferentes mudar a opnião baseados em argumentos alheios, por isso seria interessante um discussão mais dinâmica entre vocês e quem sabe um dos dois mudasse em parte a sua opnião. Só pra terminar eu acho muito interessante o que você falou no começo sobre as ordens Iniciáticas, será que você poderia fazer um texto falando sobre essas e outras ordens? até

  • André

    Genial!!!

    Marcelo, desta vez vc se superou, parabéns! Deve ter doído profundamente a história da pipa para procurar tantas empresas de tantas coisas em tão poucos dias.

    Nada contra a ciência, mas eles poderiam ter a humildade de dizer que não sabem algumas coisas esporadicamente.

  • Petronildo – Inominildo

    Parabéns ao post como sempre!

    Agora, eu ia passar no bancao para sacar uma grana mesmo, para comprar quadrinhos, mas não posso fazer saquees tão grandes, essas empresas aceitam cartão de débito?

    Mas acho que se pensarmos em escravos hoje em dia, de havaianas e cantando funk enquanto trabalham… *risus*

    Bem, a gente podia fazer uma “vaquinha” e construir uma pirâmide, alguém aqui do blog está a fim?

    Desejo-lhe fortuna

  • Pablo

    “Nada contra a ciência, mas eles poderiam ter a humildade de dizer que não sabem algumas coisas esporadicamente.”

    Eles até admitem que não sabem, mas eles possuem teorias e o que eles não admitem é que alguém discorde dessas teorias deles.

    Belo argumento DD, acho que agora, de uma vez por todas, ficou claro que 20 anos não dá pra se colocar uma pirâmide em pé. Sejam os egípcios, sejam os atlantes, seja lá quem for (só não me digam que foram os E.T.s) demorou bem mais que 2 décadas.

    • denis

      eu pensei que a realidade era mentira so depois que adescobri foi que consegui a chega a uma concruzao nao se pode deixar se levar pelo os que os outros falam e porisso que so nos damos mau asvezes
      e eu achu se nois nao acredita em nois tudo estara acabado ninguem conhese vose mais do que vose mesmo all;DENIS
      QUER SABER MAIS SOBRE MIM ENTRA NO MEU MSN
      xxx ENTRE HOJE MESMO TOU TE ESPERANDO

      @MDD – Fiz um favor a você mesmo e apaguei o endereço do seu msn… a “concruzão” que os leitores iriam chegar à sua pessoa não seria das mais gentis.

  • TH13

    Alguém tá mentindo ou muito errado:

    “e NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide”

    O Kentaro disse que tem assinatura sim nos blocos baixos, se não me engano. A informação dele tá falsa?

    (Aliás, pesquisar é para quem tem tempo e meios, realmente não é para qualquer um…)

  • MIngau di Mixirica

    Muito interessante saber de tudo isso.
    Apesar de tudo, além de tudo, é simplesmente impossível acreditar em pipas superpoderosas levantando blocos de pedras.

    Trabalhei com granito e sei os problemas que são a extração e carregamento de blocos.

  • Douglas S.

    Apesar das Ordens, tu fez arquitetura só aprender a construir uma “tumba” pra ti, não é mesmo?

    Eu te respeito muito, desculpa a brincadeira.

    E quando tu pensa em retomar aquela antiga prática de fazer um post respondendo aos comentários?

    Forte abraço,

    Douglas S.

  • O Mori deve ter ficado com uma “dúvida razoável” agora…

  • thomaZ

    IMPRATICAVEL! essa é a palavra.

    Meu deos, foi incrivel, eu realemente passei horas aqui com meu irmao analisando cada linha que você escreveu. Parabéns pelo tempo dedicado!
    Não tenho pensamento sobre isso, mas quem sabe, alquimistas, pessoas capazes de manipular a matéria, teletransportar, alterar a densidade, ajuda alienigena, coisa divinas mesmo, super herois construidores de piramides, ou ate mesmo minha mais nova teoria de uma “EXPLOSÃO das PEDRAS, que levou a um MILAGRASSO”! =|

    Por enquanto, melhor deixar o fato como sendo um MILAGRE, já que não se ha tantas informacoes concretas, e sim muitas divergencias de opiniao.

    Espero poder ter mais tempo para destrinchar seu texto e buscar mais sobre, por que esse é apenas um tema, das inumeras varieveis de misterios que nos cercam. Piramides, Atlantida, os Maias, Yeshua, Star Wars,
    Harry Potter, Papai Noel, a sexualidado do Bob Esponja e assim vai.

    Minhas gratas considerações.
    Love Under Will!

  • Vitor

    Ótima coluna.

    Você fala que os egípcios apenas reformaram as pirâmides e que os atlantes as construíram, mas eu ainda não vi(pelo o que eu me lembro) um artigo seu sobre eles. Algum dia teremos a chance de aprender sobre eles com você marcelo?

    E uma dúvida que surgiu durante a coluna, em outros planos, corpos(se existem corpos) podem ocupar o mesmo espaço(se existe espaço)?.

  • Acho que encontrei um erro nessa sua pesquisa “perfeita”, Tio Marcelo: o nome da empresa não é Hamburg Süd, com umlaut? http://en.wikipedia.org/wiki/Hamburg_S%C3%BCd Passo pelos contêineres dela durante a semana por causa do porto do Rio.

    Deixando a brincadeira de lado, isso é que é rebater argumento de cético… mas, também, que poderia o sobrinho do faraó fazer? Quem eu posso usar como contato? Bill Clinton?

    No aguardo do Perguntas & Respostas da última dezena de artigos – como eu disse em outro comentário, quem mandou começar a coluna? Agora, vai ficar soterrado em comentários e questões. Aliás, onde é que ficaria a pirâmide? Qual o nodo das Linhas de Ley mais próximo da sua casa?

  • Arthur

    Boa tio, mas aki, conheço algumas pipas grandes o bastante pra conseguir deslocar esses imensos blocos, por coincidência tenho os nomes, só jogar no google pra ver a foto das pipas, ah, o nome? “B-2 Spirit”, motores: 04 turbofans General Eletric F-118-GE-110, com 8.620 kg de empuxo cada um, isso com certeza ARRASTARIA os blocos, mas e a terraplanagem? Mas essa pipa não poderia transportar os blocos, pois carrega, hoje em dia, não na época que foi inventado, até 22.680 kg de bombas convencionais ou bombas termonucleares. Mas pesquisei esse nome por aí, B-2 Spirit, e consegui descobrir que essa “pipinha” foi inventada por egípicios, 12.500 anos atrás, quer dizer, 6.000 anos atrás hehehe, e, fiquem atentos a isso, foi um B-2 Spirit pintado de branco que apareceu no céu para os três reis magos, e os guiou, ou mostrou, o lugar onde havia nascido o salvador, uma simples e singela mangedoura, tanto que tem o nome que tem, Spirit, continuei a pesquisa pelo nome, e olhem o que descobri: spir.it
    n 1 espírito, alma. 2 moral, natureza religiosa. 3 ser sobrenatural, fantasma, duende. 4 princípio vital, vida, vitalidade. 5 Espírito Santo, Deus. Não acaba por aqui, Spirit é uma palavra inglesa, o inglês é uma língua anglo-saxã, derivada do latim, portanto Spirit se derivou da palavra Spiritus (latim). Dedu-se que foi essa pipa, não sei o motivo, ainda, que desencadeou a perseguição religiosa causada pela igreja católica de Cristo getsêmani de todos os dias, iniciada em 1183 dc., vejam esse trecho de uma oração de exorcismo: Exorcizo te, omnis SPIRITUS, immunde, in nomine Dei (X). Percebem que o nome da pipa apareceu aí também… perai, kbei de descobrir o motivo da inquisição, acompanhem: Consta que foi no século 1100 DC, na célebre escola médica de Salermo, quando a destilação começou a ser estudada sistemática e cientificamente, pelo menos na Europa, que este tipo de bebida passou a ser chamada de spiritus (que em latim significa espírito), pois acreditava-se que o álcool era o ingrediente ativo nos poderes de cura atribuídos ao vinho, assim, a destilação seria o ato de se extrair a alma ou o espírito do vinho. Taí o motivo da inquisição, a igreja não queria concorrência, só os padres, bispos, acerbispos e papas, podiam usar esse vinho, o Spiritus, nas missas, e, como explicado acima, só eles poderiam extrair a alma ou espírito do vinho. Padres, bispos, acerbispos e papas egôcentricos. Hahahaha, então tio Del Debbio, ainda prefiro a idéia de que foram usadas pipas, digo, SPIRIT, na construção das pirâmidas ¬¬

    Parabéns pela coluna, continua o mesmo nível desde o início, e perdoe minha brincadeirinha, hehehehe, abraço!

  • Vinicius Cardoso

    OLA TIO!

    Falando pelo lado do ocultismo , quem foi o verdadeiro contrutor das piramides e como foram contruidas????

    muito bom o texto , parabens!!!!

    Obrigado

  • Luiz

    Noooooosa! Acho que esse foi o texto mais técnico que o Marcelo já botou numa coluna!E o mais bem humorado! Pra cético nenhum botar defeito! Mesmo quem não tá nem aí pra saber a origem das pirãmides vai achar bem interessante os dados colocados(parece até um documentário do Discovery Channel sobre engenharia)
    Mas eu tenho uma pergunta que ao mesmo tempo é uma sugestão para artigos futuro: e qual tua visão sobre o famoso Imhotep, conselheiro gípicio para o qual os historiadores tradicionais outorgam o planejamento de TRÊS PIRÂMIDES( incluso pirâmde redonda e vermelha) e a criação da tecnologia de ronstrução de pirâmides em si? O cara ficou tão famoso a ponto de entrar como um deus na mitologia egípicia!

  • The V3n0m

    Salve

    DD,

    Não podemos de esquecer de construir a sua piramide em uma das linhas de Lay, você já tem o lugar ? Ou foram todos tomados por igrejas ?

    Mori, descupla mas desta vez ficou 1 x 0 para o DD.

    Abraço,

    The V3n0m .’.

  • Rafael Rodrigues

    uuu dessa vez vc se aprofundou bastante ein tiu!(CARAMBA ATEH HJ NAO ENTENDI PQ DESSE \”TIU\”????!!!a unica pessoa fora da familia q eu xamava de tiA era a minha professora do pré..aieuhaieu)

    Abraços! Continue Assim!(Ai q lindo :S)

  • KLCAKAIO

    EH ISSO AE DD MANTENDO O PADRÃO!!!!=]

    COMPLETANDO MEU PROTESTO DA SEMANA PASSADA NO QUAL EU LHE PERGUNTO SE CONHECE( E SE CONHECE O Q ACHA DO SEU TRABALHO E SE ELE PERTENCIA A ALGUMA ORDEM INICIÁTICA)O FILÓSOFO, EDUCADOR E TEÓLOGO HUBERTO ROHDEN!!!!

  • terugo

    o/

    Há explicações ocultistas da construção? Tecnologia extraterrena, magia, telecinesia etc.? Ou mesmo aos ocultistas é misterioso isso?

    por favor, continue os textos

    até mais

  • CacauPE – O homem risonho

    Achar fuligem em uma pirâmide é evidencia para bomba d água??? Claro tinha esquecido que Magver trabalhava para o faraó e assim ele tinham uma espécie de luz elétrica para iluminar dentro da pirâmide. Uma tocha ou uma lamparina nunca entrou lá.

    Quanto a pipa. Pela fotos vi a pipa erguer o bloco mas não tira-lo do chão. sem falar que a inspiração para tanto deveria ser uma asa delta certo?? pois na wink a asa delta surgiu 850 d.c.

    Agora com certeza a terraplanagem de uma estrutura desta é algo impensável para época a não ser se ela ficar em cima de um bloco rochoso.

    abraços fraternais

  • Oxto

    Nossa! Muito bom!
    Seria legal assistir um documentário assim, ao invés daquela coisa que sempre assistimos e cai sempre na mesma ladainha.
    Mudando de assunto. Assisti um documentário dos “possíveis” filhos de Jesus chamado The Lost Tomb of Jesus, de James Cameron. Você já viu?

  • Comento pouco aqui, mas leio todas suas colunas. Nessa, você se superou em dedicação e trabalho. Eu seria muito fdp se não parasse um pouco para parabenizá-lo pelo feito.
    Que trabalheira hem?

  • Gustavo Porto de Moura

    genial………. realmente um grande misterio.

  • DD… sei que aqui não é o melhor lugar para isso, mas só queria deixar isso para as pessoas pensarem…

    Engraçado…. um amigo me passou o video do Cansei de Ser Sexy, vulgo CSS, chamado Music is My Hot Hot Sex.
    Só que… são nesse exato momento… 9:30 e o video tem exatamente 91,195,785 acessos. Como mostra o screenshot que eu fiz.
    Pensei… poo então ele deve ser o mais visto…
    Calmae… como assim não é !? MAS QUE PORRA É ESSA ?!
    Em certos momentos acho que quando alguem começa a perturbar com a hegemonia dos todo-poderosos (eua). Eles sempre arrumam um jeito de esconder.

  • Rodrigo Dias

    Marcelo, considerando que os iniciados daquela época, como você mesmo disse, eram capazes de coisas que os iniciados atualmente não chegam nem perto (a exemplo dos “cristais do da fortaleza do superman”), podemos acreditar que reformar ou construir, mesmo sem a tecnologia de hoje, não fosse algo tão complicado assim?
    Quero dizer, juntando o conhecimento científico (arquitetos, engenheiros e etc) e o uso de egrégoras PODEROSAS, talvez fosse possível realizar no plano material façanhas dessa magnitude??
    Ou já to viajando demais?
    Se for realmente possível, dá uns exemplos 😉
    E, aproveitando o ensejo, fala um pouco do seu trabalho como arquiteto também!
    Imagino que sua rotina de trabalho não passe nem perto de fazer orçamentos para dondocas e mandar estagiário ligar pra loja de decoração…
    E se for, quero um exemplo hipotético como o que você deu tempos atrás: “sou um Mestre Iluminatti e quero construir uma casa cheio de simbolismo” (a parte da ritualística de acordo com meu grau eu pulei porque sou ignorante ainda).
    Creio que vá consumir uns posts e algo do seu tempo, mas ia ser bem interessante associarmos as tarefas que você passa de meditação e vizualização com um “pouco do estudo e meditação a respeito da simbologia envolvida nas ritualísticas”.
    Acho que por enquanto é só 🙂
    Aloha,
    Rodrigo.

  • Douglas Leite

    ……………

    Kentaro ve se aprende a fazer um post…

    DD parabens pela coluna!

    abraço

    P.S.
    e as crianças indigo?????????

  • J

    Ficou tão divertido que nem aparenta o trabalho que deve ter dado toda a pesquisa 🙂

    Agora hilário é se certo senador levar a construção de sua pirâmide a sério, e ao conhecimento do Senado, como ele fez há um ano, com o ARG do Guaraná Antactica com aquela empresa fictícia(Arkhos Biotech) propondo privatizar a amazônia:
    “Estou convidando esse faraó Del Debbio I a se fazer representar em uma reunião da Comissão de Serviços de Infra-Estrutura(…), porque a notícia pareceu-me extremamente grave”. =D

  • Jamiél

    Olá
    Como deve ser bom ser um MAURICINHO rico que pode ficar pulando e se auto glorificando por ser dessa ou daquela outra ordem iniciatica!!!
    Como diz um amigo meu que é de uma certa ordem como asua, a maçonaria e muitas outras ordem perderam uma boa parte de suas bases e principios de filosofia e crença no sentido religioso para dar espaço a uma VAIDADE e materialismo, NA MINHA OPINIÃO a sua coluna que iniciou com uma bela idéia e uma ótima prestação de serviço em relação ao grande publico, acho que VC com o tempo se mostrou como uma pessoa arrogante e prepotente ,por ser de varias ordem, como VC fala, em seus textos existem maiis sarcasmos do que informação, Está é a “minha” opinião!!!
    Sobre o seu colega de coluna acho claro que o SEDENTÁRIO está abrindo um espaço para um contra ponto, isso é bom, pois VC terá a oportunidade de provar que a maioria das teorias “deles” são imfundadas, como VC fez com a questão das piramides nesta coluna!! Acho seu trabalho muito bom mais acho que VC poderia ser mais modesto e humilde como os boms homens PEDREIROS LIVRES E HONRADOS CAV. TEMPLARIOS QUE SÃO!!!
    Sobre as piramides está claro que não existe tecnologia no mundo que possa fazer tal feito e EU acredito que nunca existiu,….ops!!!…. claro!! que sim!!!Por que as pessoas que obtem essa informação não dividem com o publico que o mundo JÁ FOI VISITADO POR OUTRAS CULTURAS E OUTRAS TECNOLOGIAS DE OUTROS PLANOS E MUNDOS QUE PLANTARAM AQUI SUAS CULTURAS E SEMENTES PARA A EVOLUÇÃO DE NOSSA RAÇA???? É tão simples todos sabem mas ninguem quer admitir isso!!!
    está claro que de tempos em tempos grandes civilizações vem “ver” o grau de evolução que estamos e sempre fazem com que nós evoluimos de alguma maneira com algum fato POLITICO,AMBIENTAL……
    Éssa é a minha opinião!!!
    Acoluna está MB
    muita luz
    R.S.S.

  • eduardo

    Bem, nosso amigo fez um texto muito interessante, muito bem pesquisado e calculado. Para começar, as pirâmides são na verdade uma grande antena, sua finalidade era essa, enviar e receber dados. Nosso planeta é uma colônia, da mesma maneira que os portugas colonizaram o Brasil vindo aqui com seus navios cruzando mares desconhecidos, o planeta foi colonizado da mesma maneira. Para os novos habitantes contactarem seus amigos na pátria-mãe era necessário uma espécie de telefone celular e como o nosso telefone celular, eles precisavam de torres ( ou pirâmides). Para dar um reforço na idéia do tio aqui, vou levantar uma questã: Musicalmente, para se ter harmônia perfeita, as notas devem ressoar na frequência de 440Hz; porque as câmaras dos faraós tem essa frequência devido a sua estrutura? Quando os novos habitantes vieram para cá eles tinham uma estrutura política e organizacional parecidadas com a democrácia de hoje, MAAAAASSSS teve um carinha que não gostou da ideologia da pátria-mãe para a nova colonia, ele organizou seu time e tentou ir de contra essas idéias e acabou exilado em uma outra colônia, MAAASSSS ainda existem seguidores desse carinha aqui hoje em dia. Por esse motivo e devido a uma grande má interpretação da mente de vários seres humanos hoje nós temos um BEM e um MAL, um CÉU e um INFERNO. Existem seguidores dos 2 lados que sabem a real verdade e alguns usam isso ao seu favor. A maioria da plebe acredita em algo místico para proteger seus medos…Se você sair por aí falando isso, você será considerado um louco.O amigo Marcelo não gosta de falar de ETs, por que será? não estou lhe acusando de nada, mas gostaria muito que você tivesse permissão para falar mais verdades e eu sei que esse é o grande probrema, você seria um louco e o mundo viraria um caos e muita gente perderia poder. Vocês leitores, qurem ter uma boa idéia de como são as coisas? Vou dar uma idéia bem simples. Procure “interpretar” a história do personagem SUPERHOMEM e a história do X-MEN . Tenha amente bem aberta, algumas respostas estão escondidas em lugares bem interessantes… seguindo o exemplo de DAVINCI… eles não podem sair por aí dizendo a verdade nua e crua mas eles podem dizer isso nas entrelinhas…

  • Júlio César

    Belo trabalho de pesquisa!!! Parabéns Faraó Del Debbio!!!

  • Há na Bíblia um trecho falando que antes do diluvio os homens eram gigantes. Meio estranho essa afirmação, mas não poderia ser um caminho para a solução deste problema? Tipo homens gigantes brincando de castelinho de areia? hehehe… acho que viajei legal agora.

    Mas aqui, tem uma teoria aí que diz que na verdade, o planeta Terra, é só uma molécula de um sistema vivo e complexo como o que conhecemos, só que bem maior. Tipo as bolinhas de gude dos Homens de preto.

    O que acham?

  • Vá ver 10.00AC, o filme é uma merda, mas os efeitos especiais valem a pena. E é mostrado, com uma grandeza épica e cinematográfica, os zentos mil escravos seminus e centenas de mamutes gigantescos fazendo o trabalho de formiguinhas… convence visualmente, mas ainda assim é difícil de acreditar…

  • Leonardo Muniz

    Tio Marcelo agora virou Faraó?
    hehehhe
    Quero ser um sudito do sei reino!!
    Acho que ate EMPURRARIA um bloco para vc!! hahahah
    Essa matéria me fez lembrar de quando estudei resistencia dos Materiais na Faculdade! ahahhaha..

    Muito Boa a materia!! Como sempre!!
    Parabéns!!!!

    Grande Abraço!

  • Ivo Christian

    Impressionante. Mas DD, você esqueceu de falar que os escravos eram X-Man. Não eram?!?!

  • Conrado

    ParaAlguem ai de cima: nada garante que o nome do faraó possa estar escondido nun lugar secreto…Nada mesmo, nem nenhuma inscrição…

    ///
    Agora, o trabalho que o DD teve pra refutar ideias de pipas (gargalhada…pausa…continua) é muita força de vontade… Toneladas erguidas por pipas (mais 1 vez: gargalhada…pausa…continua) é muito engraçado, muito mesmo… Um cetico ouviu isso quando passava perto de um hospital de loucos, gostou da ideia e difundiu-a…

    De reperente os Moais na Ilha de pascoa tb voaram por PIPAS…

    Piramedes como bonbas d’agua, usando vapor d´’agua como se fosse uma maquina termica (outra vez: gargalhada….pausa….continua) … sem comentarios…quero ver qual engenheiro atesta que a piramede pode servir ocmo um grande mecanismo termodinâmico…

    Belo Texto DD….

  • Kentaro Mori

    Caro Marcelo,

    Confrontado com as inscrições com o nome de Quéops, você já afirmou em uma coluna de respostas:

    “As pirâmides foram construídas por volta de 11.000 AC e os grafittis foram feitos por volta de 4.000 AC [aproximadamente no Reinado de Quéops]. Agora, se foram feitos pelos “reformadores das pirâmides atlântidas” ou se foram feitos pelos “construtores da tumba do faraó”, cada um que julgue por si mesmo e acredite no que quiser”.

    E também em resposta a um comentário meu:

    “EU continuo achando que os grafittis são da época do Faraó (até pelo significado da palavra “Queops” dentro do ocultismo)”.

    Agora insinua, outra vez, que: “NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide. Faz todo o sentido, certo?”.

    Não entendi bem porque contradizer algo que já admitiu duas vezes, sugerindo nas duas ocasiões que as inscrições foram feitas em uma reforma pelos egípcios. E mais. Se já havia proposto que Quéops foi capaz de reformar a Grande Pirâmide, não posso deixar de notar que toda esta coluna é uma enorme contradição.

    As inscrições estão em uma câmara acima da câmara do Rei, a aproximadamente um terço de sua altura. Para que tais pedras estivessem expostas, como sugerido por você (“Outro ponto é que reformar não significa reconstruir do zero, mas sim arrumar o que estava destruído, portanto nada impede que a câmara onde os grafittis foram encontrados não estivesse exposta ou danificada“), a Grande Pirâmide só estaria assim um terço completada. Dois terços de sua altura teriam sido mera “reforma”. Uma reforma levando milhões de toneladas de blocos de pedra acima da pirâmide “danificada” a uma altura de dezenas de metros.

    Todos os problemas indicados para a construção da pirâmide completa se repetem assim com esta “reforma” que você propõe. O menor volume poderia facilitar o trabalho, é bem verdade, mas lidar com uma estrutura que teria perdido dois terços de sua altura, e estaria presumivelmente decrépita, talvez mesmo com várias falhas estruturais, poderia tornar o trabalho ainda mais complexo.

    Outra questão: em 4.500 anos, a pirâmide perdeu apenas algo como um décimo de sua altura. Como então em 8.000 anos (10.500 AC a 2.500 AC) ela teria perdido dois terços dela? Esperíamos algo como um quinto, talvez um quarto, mas dois terços? Mais da metade da pirâmide teria sumido até os tempos de Quéops. Ou a reforma também teria incluído remover blocos de pedra da pirâmide e colocar novos? Neste caso, a reforma seria ainda mais trabalhosa do que a construção da pirâmide do zero.

    Enfim, Marcelo, a grande questão é como Quéops reformou a Grande Pirâmide? Como explicar as inscrições? Se ele era capaz de reformar dois terços de sua altura, por que seria incapaz de construir uma nova? Penso que é atirar contra o próprio pé argumentar sobre tal impossibilidade quando já se admitiu duas vezes a autenticidade das inscrições. Qualquer que tenha sido a forma com que Quéops teria “reformado” a pirâmide, também o habilitaria perfeitamente a construir uma do zero.

    Quanto aos custos e métodos para erigir uma pirâmide, Marcelo… também é um argumento que já tivemos, de certa forma. Na coluna anterior, abordei a Pont Du Gard.

    A Pont Du Gard pesa 50.000 toneladas, com blocos de seis toneladas, a uma precisão “milimétrica”, a uma altura de 49 metros. Estima-se que sua construção contou com até 1.000 trabalhadores (aqui sim, incluindo escravos) e foi completada em apenas 3 anos.

    A Grande Pirâmide, com a estimativa de 100.000 trabalhadores e 20 anos, bate quase exatamente com essas estimativas!

    Isto é, 100 vezes mais trabalhadores, que levariam 100 x 50.000 toneladas, ou 5 milhões de toneladas, próximo do valor de 7 milhões que você estimou (há controvérsias, mas aceitemos este valor). Note que, teoricamente, ao menos, esse volume seria transportado e erigido nos mesmos três anos!!!. Cem vezes mais trabalhadores, cem vezes mais trabalho feito no mesmo tempo. Teoricamente, claro.

    Mas a Grande Pirâmide, mesmo com cem vezes mais trabalhadores, levou sete vezes mais tempo. Questões de logística e complexidades exponencialmente crescentes, claro.

    Ainda assim, espero que se perceba bem que a Pont Du Gard é um bom indicador da capacidade de erigir obras megalíticas com força bruta.

    Do contrário, façam-se os cálculos que vc fez e descobriríamos que a Pont Du Gard não foi construída pelos romanos!

    Vejamos. A Pont Du Gard tem 50.000 toneladas de pedra, o que exigiria hectares de pedreiras “utilizando-se de equipamentos europeus de 2008” para extrair tal volume em apenas três anos. Mas tal volume foi extraído pelos romanos sem nenhum equipamento mais sofisticado. Ou não? Apenas “reformaram”?

    “Um caminhão 31260E carrega até 12 blocos de 2,5 toneladas de cada vez, o que demoraria 120 min para carregá-lo”. Seriam 1.700 viagens levando 3.400 horas apenas para o carregamento dos blocos da Pont. Dobre o número para o descarregamento (ignore o percurso), e temos que apenas carregando e descarregando tais pedras em caminhões, levariam-se mais de 266 dias. Ou seja, um terço do tempo total de construção. Os romanos fizeram tudo isso, sem caminhões. Ou não? Encontraram a ponte um terço completada, mas exposta ou danificada?

    Isso sem considerar os blocos de seis toneladas, claro. Que os romanos também manipularam. Ou não.

    A terraplenagem. Lembrando: O aqueduto de Nimes tem “um desnível de apenas 17 metros ao longo de 50 km”. Precisão maior do que a vista na Grande Pirâmide. Sem dúvida, os romanos não podem ter construído a Pont Du Gard! As inscrições em letras (e números) romanos, a cidade romana a que o aqueduto servia e todo o resto do aqueduto foram feitos de alguma outra forma!

    Ou não. Aceite-se que a Pont Du Gard foi construída há 2.000 anos pelos romanos. Aceite-se que há inscrições com o nome de Quéops no coração da Grande Pirâmide. Aceitem-se estes dois fatos, e se torna muito difícil defender teorias heterodoxas sem entrar em grave contradição.

    Ave César, Marcelus!

  • Pedro

    O Del Debbio é uma farsa..

    …ou um extraterreste.

  • Emerson

    Gostaria de saber Marcelo, visto que não fui respondido das outras 5 vezes
    Não tem nada a ver com piramides.
    Mas gostaria de saber o seguinte:
    Sabe o Grant Morrison ? Então, sobre os quadrinhos dos INVISIVEIS, gostaria de saber,
    Voce acredita em alguma teoria propagada ali ? Se acredita, qual delas é ? A dos Archontes, dominadores do mundo ?
    Pergunto isso, devido a uma citação do KING MOBY em um dos seus posts, desde já agradeço sua atenção.
    Ah, sugestão minha, esquece a pendenga com o Mori e compra um frango, farofa, e uma garrafa de Coca-Cola, e convida pra um almoço … seria legal para botar a conversa em dia e ainda resolver o enigma das piramides …
    (brincadeira tá ?) rssssss

    @MDD – Invisibles é o máximo.

  • Alagacone

    Quanta informação!

    Ouvi dizer que aquele livro “Eram os deuses astronautas” do Erich von Däniken explica alguma coisa sobre as pirâmides.

    Mas como eu nunca li, não posso opinar.

    Bom post!

  • Danilo

    E fica a pergunta: Quem construiu e como.

    DD, a maioria do conhecimento egipcio secreto era passado de boca a boca né?

    Na biblioteca de alexandra tinha as respostas para isso?

  • lucas

    Parabens pelo trabalho.
    Só por curiosidade, qual sua teoria sobre a criação das tais piramides? Conta ai, afinal, tambem gostamos de uma “fofoca”…Abraços!

  • Eu li a certo tempo, que as piramides não foram construidas pelos egipcios, e sim por uma civilização anterior a eles, uma “raça” muito elevada que teria desaparecido sem uma explicação plausivel.
    Se repararmos bem, existem outros povos que construiram piramides – os astecas, os maias – em regiõs distintas do globo, e mesmo no egito, ha algumas formas de piramides bem diferentes das de Queops.
    Realmente é um grande misterio, que embora disperte teorias como essas, ainda deve ficar sem explicação por um bom tempo.

  • Mauricio Drago

    Caro faraó, achei muito interessante algumas das suas idéias nesse post.
    Colocar valores e prazos para uma construção desse tipo é algo realmente fenomenal.
    A idéia de visualizar o efeito da arrumação de blocos de concreto em relação ao terreno é o que mais me chamou a atenção, é um princípio básico de física, haja vista que já vi prédios serem construídos sobre aterros, com fundação e tudo deslocarem-se muito mais que 1 ou 2 graus.
    Algumas teorias como a do post do Kentaro são interessantes, uma função útil ao invés de servir de túmulo me faz crer num verdadeiro sentido para uma construção tão grande.
    Quanto aos pedidos de um \”confronto\” entre o Faraó e o Kentaro, acho dificil sair algo de proveitoso, mas gosto de pensar que muito do que um crê completa o que o outro demonstra, isso é o mais interessante.
    Abraços, e continue assim!

    @MDD – “Confronto” não seria a palavra, já que nem as idéias dos posts do Kentaro são dele e nem as idéias dos meus posts são minhas! Nós somos apenas mensageiros de filosofias diferentes.

  • Rafael

    >>Sr. Madruga disse:
    >>Se foi reforma ou não, é burrice achar que as pirâmides foram feitas por >>extraterrestres…minha opinião fazer oq…
    >>Belo texto

    Quem disse que foram construídas por extraterrestres? E por que seria burrice se isso tivesse acontecido?

    Burrice, na minha opinião, é aceitar “as verdades” que as otoridades nos contam sem nos questionarmos.

    Ah, e continua assim Marcelo.

  • Alexandre de Pádua

    Ta virando guerra isso aqui sauhsauhsauas

    Kentarooo tu é chatinho aushsauhsa

    Valeu marcelo Arrasando como sempre !

  • Ai Marcelo,

    minha opinião a respeito disso é a seguinte….Sabe quem tinha poder o suficiente para construir as piramides…..?!?!?!
    Nefilins amigos Nefilins são os nomes deles……”Os gigantes” ou “Poderosos”, filhos dos anjos e de nossas Mulheres…..

    Estou viajando mto titio?!?!?!?!acho q ñ né……

  • Gustavo

    Bem na moral, esse Kentaro é muito fraquinho. A capacidade argumentativa dele é muito pequena comparada com a do Tio Marcelo. Por isso que eu acho que essa história de fórum com replies entre Kentaro e Tio Marcelo não ia dar certo, só ia fazer o Tio Marcelo perder seu precioso tempo.

    abraços do sobrinho
    😀

    @MDD – Pô… eu acho o Kentaro inteligentíssimo. Mas as coisas que eu falo na coluna são propositadamente coisas que a ciência ortodoxa não pode comprovar. Dentro do campo dele, EU que não possuo provas científicas do que eu falo e ELE é que está correto. Cada um no seu campo.

  • X

    Tô chorando de rir aki…, eu já tava esperando essa coluna rsrsrs…, muito bom tio faraó…rsrs

  • felipedecoy

    melhor post de todos os tempos

  • Itu

    sem duvida não foram construidas em 20 anos… nem muito menos usando pipas, mas, pelo que eu entendi do post do Mori, ele apenas mostrou uma teoria, e deixou bem claro que era uma bem absurda, apesar de ter gente tentando provar a viabilidade tecnica dela.

  • felipedecoy

    aih kentaro a teoria das pipas foi foda cara

  • Gigi

    Olá, Tio DD.
    Tive uma infância protestante, uma adolescência espírita e aos 17 anos conheci a Teosofia e o Gnosticismo, por conseqüência, acabei entrando em contato com filosofias orientais, como o Hinduismo e o Budismo.

    Hoje, com 21 anos, me considero uma pessoa espitualista que, de uma maneira bem parecida com a sua, possui uma crença que funde, acredito, os melhores aspectos de todas essas filosofias citadas. Talvez, por isso, confie tanto no que você escreve. Já li todos eles e são muito bons.

    Acredito que esteja abrindo a cabeça de muita gente, independente de terem lido Kardec, Blavatsky e Pietro Ubaldi como eu.

    Só mais uma coisa,
    Tio DD, você vai nos dizer como os atlantes fizeram as pirâmides?

    abraços

  • Não sei porque essa incrdulidade toda quanto a alienigenas.

    Não que eu afirme que eles que construiram, mas é como se não pudessem existir de maneira alguma outros seres no universo, e que eles nunca poderiam pôr os pés aqui. Um pouco mais de humildade gente. “Deus” não fez esse universo desse tamanho só pra gente não.

  • Vidacruel

    Tá, voce falou que sua teria pessoal é de que elas foram reformadas…
    Mas e antes,ela não ‘brotou’ ali para os egipicios reformarem, então quem voce acha que realmente contruiu elas?

  • felipedecoy

    me desculpem por fazer mais um comentário, mas essa eu não podia deixar de fora->
    Kentaro disse:

    E também em resposta a um comentário meu:

    “EU continuo achando que os grafittis são da época do Faraó (até pelo significado da palavra “Queops” dentro do ocultismo)”.

    Agora insinua, outra vez, que: “NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide. Faz todo o sentido, certo?”.

    Não entendi bem porque contradizer algo que já admitiu duas vezes, sugerindo nas duas ocasiões que as inscrições foram feitas em uma reforma pelos egípcios. E mais. Se já havia proposto que Quéops foi capaz de reformar a Grande Pirâmide, não posso deixar de notar que toda esta coluna é uma enorme contradição.”

    Olha, Kentaro fica muito díficil de imaginar que mesmo que você esteja certo e o “graffiti” com o nome de Queóps seja mesmo verdadeiro, ele iria colocar apenas essa pequena inscrição (escondida de todo mundo) e mais nada. E as afirmações do DD “EU continuo achando que os grafittis são da época do Faraó (até pelo significado da palavra “Queops” dentro do ocultismo)” e “NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide. Faz todo o sentido, certo?” são tão contraditórias assim como vc afirma. Pq vc tirou meio q do contexto das colunas e em momento algum ele dá a credibilidade às inscrições que vc dá. Ainda mais que ele usa o termo “graffiti”, meio pejorativo para uma inscrição de um faraó não?
    No mais acho q essa foi a melhor coluna de todas, e só posso agradecer ao Marcelo por todo o trabalhão que deve ter sido a pesquisa desse post.
    Essa coluna vai ficar pra história escrevam oq eu tô falando.

  • felipedecoy

    Só UMA CORREÇÂO, a frase a seguir saiu errada, na verdade oq eu queria dizer era isso: E as afirmações do DD “EU continuo achando que os grafittis são da época do Faraó (até pelo significado da palavra “Queops” dentro do ocultismo)” e “NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide. Faz todo o sentido, certo?” NÂO <—(TEM UM nÂO BEM AQUI)<— são tão contraditórias assim como vc afirma.

  • David R

    http://www.youtube.com/watch?v=lRRDzFROMx0

    vídeo mostrando um homem movendo uma pedra de nove toneladas sozinho

  • numlock

    Acho que o Marcelo não foi mto feliz no seu post e a resposta do Mori ficou excelente, os dois deveriam seguir suas colunas normalmente e parar com a discussão nas colunas. Será que sou o único que gosto das colunas pela simples e boa leitura? Mesmo que ela não venha a valer em nada para meu conhecimento.
    Mori, você anda inspirado ultimamente, hehehe, a escrita está perfeita. E DD, como sempre, lidando bem com as palavras, embora este post não tenha ficado bom. Tive a impressão que foi feito as pressas, não gostei da leitura, as fontes de suas informações não ficaram legais no texto. Disseram nos comentários que era um artigo técnico para nenhum botar defeitos, bom quanto a isso, discordo plenamente, gostaria de um dia ler em uma coluna o seguinte título: “O que é um artigo técnico – como citar referências”, hehehehe, as duas colunas são classificadas da seguinte maneira, um texto de internet, de tão alta confiabilidade quanto a estória de que o coelho da Páscoa traz os ovos de chocolate, e tanto quanto esse comentário aqui postado. Abraços, e espero que cada um siga a sua coluna….

  • Bodocoth

    Essa secao paranoia do SH ja ta ficando bem chatinha…

  • Tio Luiz

    Olá Marcelo!
    Já ouvi muita gente comentar sobre a pirâmide formar um octaedro…. você tem mais informações sobre isso?

    ps: rapaz, procurei por toda parte e não encontrei meu nome em nenhum lugar da casa! E olha, não foi barato muito menos rápido, construí-la =D

  • Cantalupo

    Muito bom. Eu Visito o sedentario sempre e me divirto muito com as colunas Teoria da Conspiração e Duvida Razoável.Me divirto com a Teoria por que adoro ficção (calma não usem poderes alieniginas em mim) e com a Duvida por que as materias são muito interesantes(menos aquela sobre livre arbitrio que foi muito tendenciosa).Escolha um lado Homem! Pule do muro e Lute! Sim, sim como os xiitas dos comentarios que eu li vou escolher um lado mas depois de me informar ao maximo sobre as piramides em todos os aspectos possiveis. Enfim parabens aos respectivos autores, por que realmente me fizeram se interessar tanto pelo assunto que vou pesquisar ao maximo sobre ele.(Mas e a fome no mundo?)

    Espero as proximas colunas.

    Ps: Pessoal dos gritos, por favor tentem aprender o que significa sarcasmo.
    Pss: Por Favor mandem Ets até a minha casa, mas se tiver em falta mandem Clone Troopers =)

  • Gustavo

    Maravilhosa coluna DD ^_^
    Estou sempre acompanhando e pesquisando a respeito.
    Já posso dizer que mudou completamente minha maneira de pensar e agora eu certamente possuo um posicionamento muito mais crítico do que eu possuía.
    Muito obrigado =D
    Parabéns por essa pesquisa. Realmente muito interessante para provar quão ridícula é a “verdade” que as otoridades nos impõe.

  • Zambest

    Eu queria saber por que não colocaram meus comentários, aliás deixa prá lá…isso é uma b…mesmo

  • Fabrício

    Kentaro, acredito que quando o tio DD de “reformar” as pirâmides, isso era praticamente cosmético. Quem assume que ela perdeu 2/3 é VOCÊ, não ele, com base nos tais grafittis que até agora não consegui captar. É um tanto quanto bizarro achar que o faraó não colocaria o nome dele em NENHUM lugar, mas alguém teria “esquecido” um grafite perdido em um local inacessível. Me parece muito mais lógico supor que é uma fraude.

    Na minha opinião, essa reforma seria no máximo dos máximos recolocação dos blocos externos da pirâmide, e seriam os INFERIORES (já que a teoria do DD trata de um dilúvio). Para isso, não seria algo tão trabalhoso, muito menos com necessidade de reconstrução da pirâmide. Seria uma reforma mais cosmética do que estrutural.

    Os relatos de 100.000 homens são de Heródoto, que visitou as pirâmides mais de 2000 anos depois do período do faraó, ou seja, não há tanta credibilidade assim. Estes números da anqiguidade eram exagerados, nós sabemos disso.

    Quanto a 100.000 homens conseguirem construir ou nao, pelo que vi, se a pedreira não puder produzir quantidade de calcário suficiente, você teria 100.000 homens ociosos. Há um limite FÍSICO para a quantidade de homens que podem escavar uma pedreira ao mesmo tempo.

    No mais, achei os numeros desta coluna bem coerentes e lógicos, sem nenhum exagero. Alguns deles estao disponiveis na internet pra conferencia, inclusive. Dadas as hipoteses dele, creio que o tempo estimado parece bem razoavel.

    E você nao quer comparar o deslocamento de caminhões carregados andando em estradas asfaltadas com o de homens puxando blocos gigantescos através das areias do deserto, ne?

    Forte abraço

  • Gustavo

    O mais engraçado é que, em síntese, isso é uma falta de respeito tremenda com a nossa raça, com a nossa inteligência, com a capacidade dos seres-humanos têm de criar coisas magníficas. Dizer que egípcios não construíram as Pirâmides é um insulto tão grande quanto desprezar a ida do homem ao espaço. Imagina o quanto um arquiteto egípcio ficaria triste em ouvir isso, depois de ter passado anos de sua vida dedicando-se a essa obra.

    Afirmar, categoricamente, sem qualquer embasamento científico, que foi um povo mais inteligente e superior, dominadores de técnicas tão avançadas que uma mente não “preparada” não seria capaz de compreender, os construidores das pirâmides, é ignorar a capacidade humana de criação e desenvolvimento. Se eram tão avançados assim, porque construiriam usando pedras? Por que não ligas metálicas ou outra forma inimaginável de construção?
    Nada contra sua religião, muito pelo contrário, admiro quem tem fé e segue uma ideologia, qualquer uma que seja. Mas afirmar que não foram os egípcios que construíram é muita falta de respeito e consideração para com esse povo.
    Newton, como grande franco-maçon que foi, poderia afirmar que o mundo agia conforme energias de outras dimensões, mas ele não fez isso, e não é porque não se tinha conhecimento do que era energia na forma que conhecemos hoje. Ele não arbitrou, ele provou matematicamente tudo o que ele observava. Isso é ciência. Existem muitas teorias modernas sobre física quântica que explica muito a respeito do que algumas religiões já tinham como dogma milênios atrás. Uma delas é a de que o observador interfere naquilo que é observado. Mas o que isso tem haver com o tópico?

    Ciência.

    Como o Del Debbio se propôs a fazer uma pesquisa, considerada por ele própria como incontestável, amparada por profissionais do meio, ele automaticamente abriu espaço para discussões. Abaixo argumentarei alguns tópicos que foram erroneamente abordados pelo “Dono da Verdade”.

    Se você acha 70 toneladas muita coisa, o que dirá das mais de 1000 toneladas que os romanos moveram em Baalbek? Sim, isso aí, você não leu errado, são mais 1000 TONELADAS de rocha, e são três blocos desse porte. Será que foram os moradores da Atlântida, na companhia de seres extra-terrestres que ajudaram os romanos? Como você mesmo citou em colunas anteriores, os egípcios não foram os únicos a moverem blocos enormes de pedra. Não precisamos ir longe, aqui na América Latina mesmo, temos vários lugares que foram encontrados construções NÂO piramidais com blocos tão perfeitamente unidos que nem precisaram de argamassa para se juntar. Um exemplo, a fortaleza Sacsayhuaman no Peru. Lá tem pedras enormes, com mais de 100 toneladas erguidas do solo, sem falar das junções das pedras, tão unidas q não passa nem uma lamina de faca entre elas.

    @MDD – e que, assim como as pirâmides, a ciência ortodoxa não consegue explicar como foram construídas?

  • lindocara

    vc vai longe marcelo,vai ficar tão rico quanto o maior mago do brasil, ele voa, comanda os elementos, mas tu é muito mais poderoso e importante..pois realmente ajuda de forma ativa as mentes fracas do gado de forma que elas se trasmutem em um poder revolucionario onde a nova estação cosmica pode virar a realidade pacifica que todos almegemos..abraço, e que o cosmos livre ajude a todos abertos na mente e no coração!!!

  • Nina

    Ai DD, eu fico agoniada quando vejo essas agressões gratuitas a vc, com medo que jogue a toalha e desista de nos passar seu conhecimento.
    Atenção aê pessoal, sugiro que leiam as colunas desde o princípio e mais do que ler, tentem compreender. O DD sempre disse que esse conhecimento, ele foi buscar,foi atrás, foi pesquisar, não aceitou de primeira, pq então vcs não fazem a mesma coisa? Querem tudo de mão beijada?…Em nenhum momento eu o vi se impondo como dono da verdade. O que eu vi foi ele dizer que pra chegar ao conhecimento que ele aceita como verdade,ele experimentou, ninguém empurrou-lhe goela abaixo. Façam a mesma coisa, aceitem o que vc acham viável e descartem o que parece inútil, vão procurar a sua verdade, estudem e experimentem tb…Fala sério?! Ainda se ofendem de sermos chamados de gado!!!…Quanta arrogância!…Ë sério mesmo que vcs acreditam que o ser humano é a mais perfeita criação do universo?…Pra começar alguns não entendem nem uma ironia…Egípcios, uns caras que desconheciam até perspectiva, coisa q qualquer criança rabisca…E Ave César Marcelus é qualquer coisa menos uma saudação egípcia, né não?
    Por favor faraó Marcelo! meu rei kkkkkkkkkkk, não desiste da gente tá?…Eu não tenho palavras pra lhe agradecer o
    quanto vc me ajuda, queimando etapas que eu teria que lenhar, como vc, pra aprender, conto com sua imaginação…
    E aos chatos de plantão…ponto final!!! kkkkkkkkk

  • Marcelo Peralta

    Porque construir uma pirâmide aqui no Brasil? Que idéia infeliz é essa e usar tecnologia de ponta? Melhor seria construir mais escolas e capacitar melhor nossos professores, porque a cada ano vemos sair das escolas pessoas menos produtivas, com preguiça mental e fáceis de manipular. Seres vazios, desprovidas de educação e totalmente alheios ao buraco em que estamos cavando e que, se continuar assim, seremos enterrados nele. Esse negócio de fazer uma pirâmide aqui me lembra aquela fortuna que foi jogada no lixo para construirem a Caravela dos 500 anos, é de cair o cú da bunda imaginar tantos precisando de ajuda e os caras ficarem construindo coisas sem nenhuma utilidade. Podiam é construir um cadafalso e se enforcarem todos, bando de sanguessugas!

  • Alex

    O Arthur viajou legal, os B-2 são aviões do exército americano, não pias, e são chamados de spirit pq não aparecem nos radares.

    Alias excelente post tio Marcelo

  • Muita informação mesmo, parabéns mesmo…vivendo e aprendendo……..talvez mamuts carregando as pedras ne….uahsuahu

  • paula

    marcelo,

    se tivesse \\\”conhecido\\\”voce antes de ter ido ao cairo nao estaria me achando tao estupida quando lembro-me do comentario que fiz assim que , depois de quase rastejar por caminhos tortuosos atraves da grande piramide, cheguei a\\\”sala do sarcofago do farao\\\”. o comentario, em bicas, foi o sequinte: \\\”soh isso?????\\\”.

    realmnte, soh quem jah foi e ficou tete a tete com a \\\”tumba do farao\\\” sabe sobre o qual voce estah falando e passa a se sentir uma grande idiota da mesma imensidao.

    sem falar das outras maravilhas que vi, infelizmnte, com olhos de uma turista idiota – hj, sei-.

    paz fraterna,

    paula leite.

  • pacificador

    Ai caramba! esse assunto de pirâmide de novo? bora discutir o vídeo do muleque que ganhou uma caixa do xbox com roupa? do ponto de vista ocultista e científico?

  • Hummmmm……

    interessante!

    Porém, duvidas muito sobre a capacidade do homem e seu poderio sobre os submissos!

    enfim….

    um bom tema para o \” ZEITGEIST 2\”

  • Bia

    Olá, tio Marcelo.
    Este comentário não tem nada a ver com as pirâmides. Acesso a coluna há pouco tempo e não tive tempo de ler nada a respeito e por isso ao invés de comentar sobre o que eu não sei resolvi fazer umas perguntas que eu tinha em mente há tempos mas não tinha a quem perguntar e acho que você é a pessoa certa.
    Primeiro eu queria defender um pouquinho o que você chama de “pink wicca” com um depoimento, digamos assim. Quando eu tinha uns 13 anos eu me perguntei por que chamam deus de deus e não deusa. Não precisava ser sempre, podia ser de vez em quando. Porque gênero é definido pelo papel que desempenhamos na reprodução, é característica dos animais e não de deuses que deveriam ser assexuados porque são anteriores à criação, pensei. Então se deus é deus e não deusa é porque alguém o quis assim e não porque isso seja da própria natureza dos deuses ou do deus. Sentia-me um tanto discriminada. Caí na besteira de exteriorizar o meu pensamento para uma vizinha minha: “Porque deus é deus e não deusa?” Aí ela gritou: “Porque a Bíblia diz que é! Deus é homem!” Não tinha mais argumento a partir disso. Então calei. Não adiantava argumentar com alguém assim. Mas eu arquivei a idéia. Os anos passaram e eu achei na internet a wicca. Aliás, você não é wiccaniano? Porque você fala mal da wicca, então? Tem um modismo bobo em relação à wicca, mas é bom pensar a revolução que é para as meninas descobrirem que em algum lugar tem um culto a uma deusa, porque o que a gente aprende de religião católica é que o homem nasce com pecado e peca toda hora, mas a mulher é mais pecaminosa ainda. A gente quase não tem salvação porque nós não fomos feitas exatamente à imagem e semelhança de Deus. Ou pelo menos era assim que eu me sentia.
    Para mim, saber da existência da wicca e de uma deusa foi um alívio. Eu não estava sozinha nessa idéia. Só que eu me deparei com um problema com a Wicca, com a Roda do Ano. Ela parece não ter nada a ver com a gente no hemisfério Sul e em uma zona tropical. Alguns covens invertem a Roda do Ano para se adequar ao ciclo sazonal do hemisfério sul, mas isso não me parece suficiente. A gente não tem as estações tão definidas quanto os povos que desenvolveram essa Roda. Existem épocas de plantio e colheita, mas quando se colhe um determinado alimento pode se plantar outro. Não sofremos com a neve, e eu mal noto quando o dia fica mais curto. (Eu moro no Rio) Lembrei agora que meu pai um dia contou que quando ele morou na Inglaterra ele viu o sol se pôr às 4 da tarde. Dá para entender a importância do embate da luz com a escuridão para esses povos. Mas aqui?
    Nem no sul é zona temperada, é subtropical. No Nordeste as pessoas não ligam para as estações, elas chamam o verão de inverno porque chove e o inverno de verão porque faz sol. Quanto ao Norte, em Manaus chove todo dia em um determinado horário, se não me engano. Pelo que eu sei você se iniciou na Inglaterra, como se adaptou ao Brasil depois?
    Quero dizer, se é uma religião ligada à Terra e a seus ciclos, suponho que os praticantes devessem estar em sintonia com a natureza do lugar onde se vive. No Brasil, me parece muito mais importante a movimentação de massas de ar fria ou quente. Será que os índios brasileiros davam tanta importância às estações? Aliás, eles nem plantavam.
    Outra coisa, como urbanóides se ligam a um culto da Terra inspirado na relação de trabalho direto do homem com a terra? A última coisa que eu “plantei” foi um caroço de feijão no algodão molhado quando eu estava na terceira série. Hoje tem criança que pensa que o leite sempre esteve nas caixas tetra pak.
    Como venerar os ancestrais em uma terra em que não conhecemos nossa ancestralidade, porque muitos dos nossos ascendentes foram taxados de bastardos e foram discriminados por serem mestiços?
    Tem um cara chamado Millenium que diz que vem de uma família tradicional irlandesa e foi através dela que se iniciou. Bom para ele. Mas a população brasileira é misturadona, como eu.
    Por tudo isso eu não conectei, não rolou o religare sabe? Continuei sem religião (não sou batizada e em casa não se falava nada sobre religião, tudo o que eu sei aprendi na escola).
    Viver na periferia do mundo e importar cultura é um problema.
    Eu também não entendo a Astrologia nesse aspecto. Eu sou do signo de Leão. Li que, segundo o “o que é em baixo é em cima” (é assim que vocês falam, entendi direito?) o signo de Leão tem grande vitalidade, tem força, é um signo de expansão porque corresponde ao Verão em seu ápice. Mas eu nasci no Inverno! Vai entender.
    Viajei?
    Gostaria muito que me esclarecesse a respeito dessas questões.
    Muito obrigada.

  • Marcelo,
    Poderias falar sobre três assuntos:

    – Terapia das Pirâmides.
    – Quiromância.
    – Samael Aun Weor

    Queria muito saber a tua opinião sobre estes três assuntos.

    Parabéns pelo artigo.
    Do irmão Leandro.

  • arzzak

    Pow, Del Debbio: eu tava pensando em montar uma aventura nesses parâmetros.
    Sacanagem!!!:P

  • Everton Gomes

    Só pra corrigir, não querendo ser chato, mas já sendo Teu, é uma medida que define as dimensões do conteiner e não seu peso, um Teu equivale a um conteiner de 20 pés, a maior parte dos conteineres utilizado no brasil é de 40 pés, ou seja dois Teus 😉

  • Gustavo

    Nem tudo é explicado pela “ciência” ainda, e muitas coisas nunca serão. Não tem como voltar ao passado para provar teorias, História não é uma ciência exata. Mas o ser-humano tem por costume arbitrar o desconhecido como sobrenatural. Tudo o que não tem uma explicação científica ainda, alguns afirmam ser coisa de outro mundo. Antigamente achavam coisas absurdas sobre o que hoje temos como leis da física.
    Se até Newton, como alquimista perdeu tempo precioso da sua vida tentando descobrir elixires e a pedra fundamental, o que dirá de outros perdidos por aí, que tentam provar coisas absurdas somente com a fé. Como disse o Kentaro já disse anteriormente, existem várias teorias sobre as construções desses monumentos, algumas sem pé nem cabeça e outras baseadas em estudos sérios e respeitados, esses, porque seguem o método científico para buscar respostas. Não é porque não conseguimos respostas que vamos acreditar em argumentos tão fracamente embasados para explicar o desconhecido. Isso acabou no Iluminismo, antes tudo era sobrenatural, teocentrismo, depois do século das luzes, o qual muitos dos seus “irmãos” colaboraram para acontecer mudou para o antropocentrismo, religião e ciência são separados por uma linha tênue, mas não são a mesma coisa. Razão x Fé. Se você acredita que as pirâmides e outros monumentos foram criados por atlântides, maravillha, só não venha querer dizer que é a verdade absoluta, trate como se fosse um dogma da sua religião.

  • Marcelo, duas coisas…

    1 – os teus textos passam pela aprovação das entidades das quais você faz parte?

    2 – Mandei um email perguntando sobre a possibilidade de vc me ajudar com uma matéria sobre símbolos, você recebeu?

    xoxo

    @MDD – 1) mas com certeza.. não sou maluco hehehe… Se bem que tenho perfeita noção do que posso e do que não posso comentar. Não estaria designado para esta posição de “contato” com vocês se não tivessem confiança no meu discernimento.
    2) talvez. Esta semana quase não olhei minha caixa postal… vou tentar ver isso hj

  • Papael

    Marcelo D2 e leitores do sedentário

    Feliz dia das mulheres!

  • Lucas

    “Gustavo disse:
    O mais engraçado é que, em síntese, isso é uma falta de respeito tremenda com a nossa raça, com a nossa inteligência, com a capacidade dos seres-humanos têm de criar coisas magníficas(…)Se eram tão avançados assim, porque construiriam usando pedras? Por que não ligas metálicas ou outra forma inimaginável de construção?”

    Falta de respeito é muito engraçado!
    E ligas metálicas, então! Mata a pau!

    Quem disse, Gustavo, que não foram os humanos que as construíram?

    Tio DD, pesquisa muito bem feita, parabéns.

  • Gabriel

    Se vocês acham que o trabalho de DD é uma viagem só, é por que vocês conhecem da missa a metade.

    Primeiramente existe um autor brasileiro que escreveu sobre a origem das pirâmides, não só as do Egito. Neste livro, ele fala por quê, como e por quem elas foram construídas. Preto no branco, ou melhor, rosa no branco:D

    Caso queiram conhecer a explicação do autor sobre a origem dessas magníficas obras, é só baixar o livro deste link: http://www.4shared.com/file/919293/7f27ccc3

    Vale a leitura, obrigado

  • thomaZ

    =D Uia DD…
    Podia mesmo falar um pouquinho sobre o descobrimento do Brasil e o envolvemento dos Templarios nele, a Ordem de Cristo, as bandeiras das caravelas portuguesas que não tinham identificações do reianado portugues, sim outros(eu acho) e coisas misteriosas relacionadas a isso… xD
    Tu é a pessoa certa pra falar nisso, além do mais tem acessos a informações que profanos, como muitos de nós aqui leitores, ainda não temos, e provavelmente não teremos.. depende de ti man!…
    let’s fly away!
    ^^

  • Lucas

    Caraaaaaaaaaaaaaaaaaca!
    Muito bom.

    Tchê, tu é bom de matemática mesmo, hein?
    Mas eu não conhecia esse teu lado cético… tu realmente não acredita que as pirâmides tenham sido construídas por pipas pra servir de caixa d’água? Ah, pára…

    huahuhuahuhauhuhauhahuahuah

    Q papo de louco!

    Valeu tio Marcelão, mandou muuuuuuito bem!
    Abraços e muita Luz!!!

  • Teddy

    prefiro a teoria do kentaro.
    eu acho bastante engraçado você dizer que as “otoridades” não querem divulgar isso e aquilo, mas você se esquece que ao redor do mundo existem milhares de historiadores e estudiosos pesquisando sobre os mais diversos assuntos para publicá-los.
    quem vê você falando dessa maneira parece que a igreja católica ainda prende pessoas em calabouços e as coloca na fogueira, ou que o governo mantém espiões pra saber quem é subversivo ou não.
    infelizmente a globalização nos trouxe o advento inquestionável da liberdade sem limites, logo quem quiser publicar qualquer coisa [seja até algo absurdo como você defende, por exemplo a existência de criaturas místicas como duendes, que você afirmou em outro post] está livre.
    infelizmente as pessoas precisam saber filtrar seu conhecimento pra não cair no golpe da boa oratória.

  • Faz algum tempo que eu esperava essas duas colunas se encontrando. Achei ótimo terem se encontrado nesta questão. Só espero que ninguém perca a esportiva durante o debate que se avizinha. Kentaro… só pra lembrar, 6 Toneladas não é nem 1/10 de 70 toneladas. Acho que são construções de magnitudes completamente diferentes, apesar de ambas serem incríveis. Continuem o bom trabalho! Sorte a todos!

  • Burneiko

    Muito bom o texto, mas o que vc diz das piramides da China?

  • Eduardo

    Há uns anos atrás havia um comercial de calça jeans que dizia que liberdade era usar uma calça velha azul e desbotada. Então apareceu alguém que disse “que liberdade é essa de todo mundo usar a mesma coisa?”.

    Assim são os “post” do Marcelo. São diversos seguidores (adoradores?) que consideram que tudo que vem dele é verdade. Vê-se isso claramente nas críticas duras ao Kentaro e nos elogios aos textos do Marcelo.

    Ninguém é dono da verdade.

    O próprio Marcelo parece gostar de manipular com seus seguidores. Para desacreditar o Cristo do Catolicismo colocou um vídeo (Zeitgeist) que afirma que Jesus nunca existiu e, depois da bagunça criada, chegou com o Yeshua dele. Aí todos acreditaram no Jesus do Marcelo com uma história que se encaixa, mais perfeitamente que os blocos da pirâmide, em textos de pouco credibilidade histórica.

    Se o Marcelo ensinou a vocês (seus sobrinhos) a duvidarem do que as “otoridades” lhes dizem, aprendam então, também, a duvidar do que ele próprio diz.

    Se querem obter conhecimento, leiam, pesquisem e cheguem a suas próprias conclusões. Não sejam levados por ninguém.

  • Fabiones

    O fato da ciencia ortodoxa não conseguir explicar não implica em aceitarmos uma hipótese ridícula como verdade, e sim que devemos continuar procurando uma resposta, sem menosprezar a capacidade do ser humano.

    Você poderia ter refletido mais antes de dar reply para as colocações do Gustavo.

  • preguiça

    Eita, aí tem tempo hein! haeuihsea

    alguns pontos muito bons, outros acho q foi no caminho totalmente errado..

    2, ou 4 mil anos atrás se utilizava outras técnicas, imagino q algumas idealizadas justamente para a construção de mega-obras como as piramides e a tal ponte..
    então teria q se fazer o mesmo hj em dia, de nada adianta usar os métodos pra se construir outras edificações..

    é.. mas bom, nao tenho a dimensão q é de verdade a pirâmide, um dia ainda vou lá me sentir formiga.. 😛

  • André Ferrari

    Olha essas teorias de Atlantis ou Extraterrestres são muito convenientes, é como dizer \”Deus que fez as pirâmides\”, quem poderia dizer contrário? Agora para provar que homens fizeram é muito mais difícil pq vc tem que explicar como foram feitos. Para o egípcios se diz: \”Eles não colocariam o nome fora da pirâmide só lá dentro escondido?\”, agoras para o Atlantis ou ETs fazerem um pirâmide e não colocar nome é totalmente aceitável.
    Para mim existem várias explicações para o nome estar só la dentro: primeiro seria uma forma de provar que você fez, qq idiota poderia vir depois e colocar o nome fora da pirâmide e dizer \”olha o q eu fiz, uma pirâmide\”, agora colocar o nome em um lugar onde só quem fez pudesse ter posto é bem mais inteligente; Segundo, é uma Pirâmide gigantesca que foi preciso uma nação para fazer, será que o faraó realmente precisave por o nome para todo mundo saber que foi ele que fez?
    Só acho incrivelmente estranhos esses argumentos. Para os egípcios todos acham estranho fazer um obra dessa sem um bom motivo aparente. Para os atlântis (tão avançados que sumiram, devem ter pulado na nave e ido embora sei lá) é totalmente normal, fazer uma obra gigantesca dessas. Para os ETs então, super normal, vou para outro planeta fazer uma pirâmide de pedra sem motivo aparente. Eu acho mais difícil achar uma explicação de porque um ET faria a pirâmide do que como os Egípcios fizeram.

    @MDD – Sério… da onde voces tiraram esta ideia IMBECIL que eu disse alguma vez que acho que ETs fizeram a piramide? porque voce nao é o primeiro cetico a tentar desmerecer os argumentos do texto usando esta afirmaçao ridicula, entao de algum lugar voces estao tirando estas ideias…

  • anjo forte

    Em “D.D.Assailant” os antigos egípcios ainda estão 100 a 500 anos tecnologicamente na nossa frente, sem contar a localização do terreno sobre os efeitos gravitacionais para a função dele.
    ———————–
    E falando nesta pergunta em Marcelo se construirmos uma pirâmide de forma errada nas linhas de lei ou gravitacional ela não poderia se transformar numa bomba energética ou hidráulica pelo seu tamanho e localização geográfica atraindo eletricidade, aliens maléficos, ou alguma coisa desagradável???

  • Efrain C.

    Parece que explicar a construção e a forma da construção das pirâmides é algo complexo e espinhoso. Uma coisa é fato: Pensar o passado tentando explicar pelo presente é um erro! Seja pelas tecnologias ou técnicas. Não estou criticando nem MDD e nem o Kentaro. Os dois propõe ir além… repensar o que acreditamos como “verdades”: É filosófico! Porém, nesse caso, os egípcios não deixaram – com registro em cartório 😉 – suas motivações, cálculos e métodos. Penso isso da seguinte forma: “Nossa sociedade chega ao fim. A próxima geração encontra, nos antigos servidores enterrados, um conjunto de informações que afirma o Google como o Oráculo!” Seria então a antiguidade algo inatingível? Se ignorarmos o conjunto dos conhecimentos existentes, sim! Afinal “cada sábio, na capacidade que tinham, explicou o elefante de um jeito, falando sobre a mesma coisa”. (link: http://pt.shvoong.com/humanities/1629040-os-cegos-elefante/)

  • Kah

    Muito boa Tio Marcelo

    Realmente tirar um tempinho pra conseguir todos os dados pra essa coluna…
    Ficou muito boa… E embananou um pouco a minha cabeça… Claro que não dava pra acreditar que escravos seminús empurrando blocos de 70 toneladas era um pouco (um pouco??? Ta brincando) surreal…

    Mas quem teria feito essas piramides? Povos mais antigos ainda ou ETs que vieram dar uma ajudinha pros humanos daqui.. rsrs

    Parabens pela coluna…

    Cada vez melhor… XD

  • REGINATO

    simplesmente elas já existiam então… e deverem ter sido feitas pela raça antenrior… os gigantes?

    abs,
    reg

  • “O Mori deve ter ficado com uma ‘dúvida razoável’ agora…” [2]

    ASIUhsauhSUAHuasHua boa essa :p

  • Olá. =]

    A melhor parte é a parte das intrigas hauahauahau…O que torna mais interessante (sem desconsiderar sua estilistica, que gosto muito, e todo conteudo) essa matéria são os panos quentes..uahauahua…

    Outra coisa, se quiser eu ajeito uns peões que dão conta dessa obra, tipo , Shodaime, Nindame, Yondaime e Tsunade sama..os Hokages de Konoha..kkkkk..que tem força estrondosa..garanto que a Tsunade sama empurra uma pedra dessas sem suar.hauahuahaua

    TAh bom

  • Lian

    Postei esse mesmo comentário lá no post do Mori, mas como o MDD é tipo celebridade (nada contra, admiro muito), vou postar aki tb só pra constar.

    Bom, todo mundo metendo o pau no Mori, mas lembrem-se que nem tudo q parece impossível realmente é. E aposto como 90% dos q ficaram zoando da hipótese da pipa não foram atrás de outras fontes ou de alguma coisa que a confirme…

    Se fossem achariam isso: http://youtube.com/watch?v=FHkAL1jTojY

    Esse obelisco tem 3 toneladas, pelo menos 500 kg a menos do que possuíam a maioria dos blocos de pedras constituintes das pirâmides, portando com uma pipa equivalente a essa poderia sim facilmente e rapidamente erquê-los.

    Lembrem-se que a força do vento pode ser descomunal, e na época que disseram q o home poderia voar com máquinas de centenas de toneladas muitos acharam improvável.

    Não to tomando partido d nada, só achei q compartilhar esse FATO (pq se isso não e uma prova de q é possível eu não sei o q é…) seria interessante para abrir algumas mentes…

  • dica: usar target=”_blank” nos seus links para não sair da página principal, é melhor para quem lê e para o blog

  • Fada

    Discussões do clube do bolinha a parte, temos que admitir que o MDD, tem nos esclarecidos e mantidos nossos olhos abertos e atentos.
    Ótimo trabalho de pesquisa.

    Continue assim, parabéns e espero o próximo texto.

    (=^.^=)

  • H.F.

    Uma mudança bastante brusca, de artigos sobre ocultismo pra toda essa quantidade absurda de valores. Gostei bastante, apesar que suas indiretas foram mais diretas que necessário. O que eu não gosto é o quão mau você fala dos céticos. A visão que se tem dos céticos é de pessoas que não acreditão de maneira nenhuma naquilo que seja vagamente sobrenatural. Bem, até certo ponto é verdade, a definição de cético é de alguem que emprega princípios do pensamento crítico e métodos científicos para verificar a validade de idéia, nesse caso você é EXTREMAMENTE cético, você não só age com maior descresça as ideias da “otoridades” como tambem usou um vasto arsenal cientifico pra, pelo menos cotra-provar a ideia “adversaria”. Então, se recusando a aceitar a tal “verdade” você é mais cético que os céticos os quais tanto critica. Você tambem tem uma indiscutivel vantagem. As ideias que usam a ciencia, como você disse, ortodoxa podem ser contra-provadas com certa facilidade especialmente no assunto das piramides, as suas não. Qualquer um poderia falar que foram as Fadas-dos-Dentes que construiram as piramides que, apesar de achar ridiculo, essa teoria não pode ser negada, cabe apenas ao nosso bom senso ignora-la como a besteira que deve ser ou seguir em frente e tentar prova-la num provavel inutil esforço. O que eu disse tem como base o “Bule de Chá de Russell” quem não conhecer vá no Google ou na Wikipedia.
    Quanto a minha opinião pessoal. Acho que a probabilidade das piramides terem sido construidas por egipicios seja maior que por aliens, atlantes e especialmente Fadas-dos-Dentes. O que não significa que acredito que tenham sido como as otoridades-céticas-ortodoxas-cientificas tenham falado. Por enquanto eu só aguardo mantendo minha mente aberta o suficiente pra ler e prestar atenção nas ideias mais, por falta de palavra, fantásticas (atlantes não muito mais legais que egipcios), mas sem me deixar levar ao ponto de me tornar cego as outras alternativas.
    Espero que leia e comente, demoro um bom tempo pra escreve isso. Continue com a sua seção, afinal precisa de dois lados pra fazer um debate, e devo diser que você está com vantagem, O que não significa que esteja mais certo que os outros.Seu carisma e sua habilidade pra manipulação besa a balança pro seu lado.
    Abraçõs

  • Diogo

    Gostaria de saber qual q relação entre as pirâmides no mundo todo??
    Elas servem de mesmo objetivo??
    Eslas formam alguma figura se juntarmos todos os pontos de uma piramide a outra??
    Existe algum significado para todo o conjunto de pirâmides, nao apenas uma individualmente, mas todas juntas afim de formar algo???
    Abraçoss!!

  • Gush

    eu digo:

    a nossa sorte é nunca sabermos a verdade.

    e outra:
    as pessoas fazem as coisas de forma mais complicada, pq o jeito mais “simples” é geralmente impossível.

    vou expor minha opinião:

    o mais provável é que a pirâmide tenha sido construída da mesma forma que todas as construções de não mais que 1500 anos atrás. Foram feitas com tecnologia da época e muita mão de obra.
    não importa se a tecnologia é baseada em jangadas levando pedras nos rios ou forças cósmicas.
    eu imagino que teria sido algo mais “material” pq, pelo que vejo, “forças cósmicas” são mais complicadas e precisariam de quase tanta mão de obra, o que em “iniciados” é meio difícil, ao menos pelo que vc diz.
    força bruta é mais fácil, mais simples, mais pratica.
    me diz que, vc prefere ir a geladeira pegar água ou levita-la?
    qual é mais fácil?
    o que seria necessário para um iniciado levantar 2,5ton de pedra e transporta-los a seu lugar devido?
    e o corte, como seria feito?

    =))

  • Leonardo

    O nome KHUFU escrito necessariamente é o do faraó? Não poderia ser de outra pessoa? quem sabe de um alto sacerdote, ou qualquer coisa parecida, de alguns milênios antes? Na bíblia estão escritos (cifrados, é claro) os nomes de futuros rabinos (fonte: Discovery Channel), então não poderia ser um esquema assim com o Livro dos Mortos, ou mesmo o Livro de Thoth para saber o nome dos próximos governantes do Egito? Aguardando os artigos sobre os Celtas! MONDRIL DITRIU MESCH FORAL SURIU; FORAL DITRIU MESCH MONDRIL SURIU (O mundo desaparecerá, mas a floresta será preservada; a floresta desaparecerá, mas o mundo será preservado)

  • Nando

    Sensacional !
    parabéns Marcelo !

    Vlw

  • Anderson

    Como estudioso-curioso-buscador da verdade ha fortes ligacoes entre as piramides e as estrelas da constelacao de Orion. Busquem as respostas dentro de voces e em leituras “diferentes”. Abraco

  • Douglas Samuel

    o Mil Mi 26 não é americano, é russo!

  • Alexandre

    A Esfinge comprovadamente e de 12.000 anos atrás pq ela tem marcas de erosão causada por chuvas torrenciais (chuvas q soh ocorrem em locais de vegetação densa) Como a 4000 mil anos a beira do Nilo jah era deserto precisaria no mínimo uns 8000 anos para a vegetação densa se tornar deserto. Pensar q foram construidas por cima da areia, muito improvável, elas foram construidas em cima de chão firme, Ate com tecnologias q temos hoje não daria para construir sobre areia a nao ser q como dito antes tivesse outra pirâmide em baixo a sustentando.

    Outra coisa q eu gostaria de falar q tem apenas duas grandes piramedes de peh, todas as outras ja desabaram. Pq serah? Pq sao copias imperfeitas.

    Eu pensei q a questão da esfinge jah tinha matado esta charada a muito anos atrás. Me impressiona muito o DD, não usar este dado cientifico para sua argumentação.

  • Samael

    Beleza, então quem construiu as pirâmides? Samael? hehehe

  • Danilo

    Legal, mas so para constar, TEU significa Twenty-foot Equivalent Unit… ou seja, container de vinte pés, com pesos superiores a 30 Toneladas ou inferiores a uma, isso de 14 não condiz com a realidade.

    @MDD – Informação fornecida pela própria empresa. A carga do Navio é de 28.900 tons ou 1850 containers. Como cada container pesa aprox. 1,5 ton, fica a carga útil de 14 toneladas por container.

  • Gustavo Araujo

    Esse negócio das “otoridades” pode parecer perseguição (conspiração), mas basta olhar para o (des)aquecimento global. Saiu na ‘Isto é’ há uns meses a entrevista do professor Molion (http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/1967/artigo55150-2.htm) sobre as mudanças climáticas na qual ele aparece afirmando, dentre várias coisas, que o aquecimento global não poderia ser atribuído ao ser humano.(vide link) O que aconteceu com ele? Cortaram a bolsa de U$50.000,00 dele e tiraram ele do cenário mundial (http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2007/06/30/materia.2007-06-30.9899503984/view) fazendo com que ele ficasse “fora da ativa” (como mostra o link aí).

    O que aconteceria(rá) se os países subdesenvolvidos pararem de “queimar combustíveis fósseis para desacelerar o aquecimetno global”? Pra crescer uma economia precisa de quê? Bingo! Energia.

    Aí vem o Al Gore e faz um documentário água-com-açúcar e ganha o Nobel…

    É só pensar… tá tudo nas entrelinhas da vida.

    Abraços e boa sorte com esse “projeto” de catequisação no SH.

  • Gustavo Araujo

    O link que postei para a matério foi direto pra página 2, pra começar \”do começo\” basta ir lá embaixo e clicar na página 1 ou ainda clicar aqui: http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/1967/artigo55150-1.htm

    Abraços

    Gustavo Araujo

  • Suel

    Ácidoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!
    ótimo texto!!!

    Sabe o que eu acho honestamente, não querendo desmerecer a inteligência desse tal de Kentaro nem sua possível fama virtual como cético, mas tanto eu quanto muitos outros leitores da coluna do DD, provavelmtente NUNCA soubemos que ele existia.
    Portanto, depois da “fama” e grande número de leitores do DD, ele apareceu do nada, PEGANDO CARONA nos assuntos do DD… assim “aparecendo”.. meio que uma sindrome de big brother…

    Mas lembrem-se esta é minha humilde opinião, um mero leitor desse blog onde as pessoas são loucas que acreditam em ets que possuem super poderes e armas anti-gravitacionas…. e super lasers que fatiam milimétricamente…
    Não é óbvio que foi assim que construíram as pirâmides ?! ¬¬

  • Realmente descobrir como as pirâmides foram construídas é uma tarefa mais difícil do que construí-las!

  • Raphael

    Olha DD pq vc fica brabinho qdo alguém expõe seu ponto de vista sobre a verdade por trás da construção das pirâmides quando o ponto de vista contém ETs e/ou atlantes? Achei genial e admiro seu estudo em cima do tópico, expondo dados e levando o leitor às próprias conclusões… mas, e a sua conclusão? quem as construi então? Dados científicos são irrefutáveis, mas opiniões sobre uma verdade desconhecida não. Opiniões e teorias são divergentes pq a mente humana aprende e raciocina diferente em cada indivíduo. Se não existe uma verdade conhecida e unânime, e se a verdade ‘oficial’ não é completamente plausível, TODAS as teorias são válidas, e porquê não, então, considerar essa possibilidade também. Acreditar que os humanos estão sozinhos no Universo, e/ou q na existência de uma ou mais civilizações extraterrestes, esse povo não esteve na Terra qdo a presença deles não significaria caos total, é comportamento cético.

    Mas, voltando ao assunto do post, não vou expor minha teoria aqui, mas vou fazer alguns questionamentos e ‘plantar algumas sementes’. Já foi explicado em posts anteriores do DD sobre a matemática das pirâmides e com que perfeiçao de engenharia e arquitetura elas foram edificadas. Algumas das técnicas utilizadas não podem ser reproduzidas com a tecnologia atual, como obter e manter perfeita terraplenagem do terreno arenoso (e se elas foram feitas em terreno sólido, qdo ainda haviam florestas no local, pior ainda, pq a chuva provoca a liquefaçao do terreno, prejudicando a terraplenagem e com todo o peso da estrutura, certamente ela teria cedido, como a torre de Pisa). Consideremos então, que foram de fato os egípcios q as construiram e que eles dominavam as mais avançadas técnicas de construção, muitas as quais nem modelos calculados por computador conseguem superar, onde foi parar todo esse conhecimento? Os egípcios foram extintos? Seu conhecimento esquecido? Não acredito nisso. Muitas das maravilhas modernas que utilizamos hj só foram possiveis por causa do conhecimento somado durante séculos. Mas e o conhecimento egípcio? A humanidade não o teria esquecido, e este conhecimento teria evoluido nesses 11mil anos… mas, não somos capazes de reproduzir tal feito. Percebe-se como isso é absurdo, se vc considerar que daki a 11mil anos o conhecimento sobre como fazer processadores tenha sido esquecido, e aí diremos: o conhecimento se perdeu! Evolução minha gente. Agora, pra finalizar minha idéia, consideremos a seguinte situação: o pedreiro executa tal feito, sob ordem e projeto do engenheiro e arquiteto. Depois ele observa e não entende como aquilo ficou perfeito e não desmorona. Ele utiliza um ferramental avançado e sabe como operá-lo, pq lhe foi ensinado. Mas ele não entende como a ferramenta foi feita. Quem contruiu a ferramenta e projetou a estrutura é então digno de ser louvado, pois é sim uma mente superior, divina…

  • Bom, na verdade não havia quase nenhum escravo trabalhando na construção das pirâmides. Haviam em média 50.000 funcionários e muito bem pagos. Eles trabalhavam nas pirâmides somente nas horas vagas porque a prioridade no Egito naquela época eram as plantações. Se quiser saber mais alguma coisa tem meu email. Forte Abraço. Sucesso

    @MDD – quer dizer então que, de 100.000 escravos trabalhando em período integral, na verdade, a teoria oficial é que foram 50.000 pessoas trabalhando nas horas vagas? Menos pessoas e menos tempo? ficou ainda mais fácil provar que seria IMPOSSÍVEL construir as pirâmides desta maneira. Muito obrigado 🙂

  • X

    P/ Bia

    o Leão que corresponde ao Verão em seu ápice é só uma alegoria p/ facilitar a transmissão de conhecimento numa provável época em que não se havia a escrita…., creio que seja isso…, me corrijam se eu estiver errado….

  • Del Debbio, parabéns pelo seu texto, respeito muito quem ao invés de apenas lançar afirmações vai atrás e demonstra o argumento com fatos. Realmente você tem a sua versão e o Kentaro tem a dele e ninguém precisa concordar plenamente com nenhuma delas, mas pelo menos todos se informam mais.
    Gostaria de saber como sua versão da construção das pirâmides explica as outras pirâmides pequenas bem mais mal construídas que foram feitas, algumas tendo até colapsado?

  • Macaco de Tres Cabeças

    Foram os Mannaks !

  • André Ferrari

    Só porque eu falei de ETs, você ignorou todo meu argumento e não respondeu minha pergunta. Vou tentar ser mais objetivo então:
    Só porque não existe uma explicação de como ou porque os egípcios teriam feito as pirâmides você assume que eles não fizeram, mas para uma teoria de um outro povo (Atlantis por exemplo) também não se saberia como ou porque, mas isso não é questinado, porque? Pois esse povo seria mais avançado do que a humanidade hoje em dia? E se foram, como não registro algum de sua existência? Da mesma forma que você questina o fato da teoria dos egípcios não deixarem nenhuma indicação de foram eles os contrutores, você não questiona o mesmo para outras teorias.
    Você entende o que eu quero dizer como essas são convenientes? O fato de esses outro povo ser avançado ou misterioso faz com que seus motivos e métodos sejam inquestionáveis, o que é muito conveniente.

    @MDD – Nao… eu assumo que eles não fizeram por dezenas (centenas) de textos esotericos e iniciáticos de grande confiabilidade que dizem que eles não fizeram. E nem entrei neste mérito (ainda) nos posts. Este post e o próximo serão apenas para demonstrar sem sombra de dúvida que a história que as otoridades egipcias contam e que os céticos engolem sem questionar está completamente furada. 100.000 homens seminus não tem capacidade para erguer as pirâmides em 20 anos. Agora quem constuiu, quando e como é um outro tópico…

  • Danilo

    Marcelo, so para deixar tudo claro e ensinar todos na “minha parte” (trabalho em uma transportadora e sou formado em Logística):
    Um TEU corresponde a um container de 20 pés. Existem vários tipos: Dry (fechado para carga seca), Open-Top (aberto em cima) e etc. A média de peso de cada container é de 2.300Kg, o que chamamos de tara. Eu vi que no site da Aliança eles colocam 1850 containers a 14t. para o navio citado, mas isso é só para mostrar a capacidade de peso total que o navio comporta. Por exemplo hoje estou carregando um TEU com 27 tons de carga (coincidentemente marmore e granito, rrsrsrs) e um TEU com 1500 Kg de carga. Entendeu? Só para elucidar quem não é da área, pois TEU se refere a comprimento do container, não a capacidade de carga, existem TEUs testados para 30 toneladas por exemplo.
    *A título de criosidade, existe também o FEU ( Forty-foot Equivalent Unit… que é um container de 40 pés.

    Quanto ao texto, gostei bastante, demonstra a complexidade e magnitude da obra para os dias de hoje, imagina naquela época. Acho que serei o quarto ou quinto a pedir sua explicação, não acarretaria nada demais, continuaria como teoria da conspiração e poderia trazer mais piração pra galera.
    Abraços!

  • Gustavo

    Já que muita gente está usando o terreno onde a pirâmide foi construída com argumento irrefutável de que foi alguma força superior que a construiu, vamos esclarecer alguns conceitos físicos do lugar em questão.

    Vamos brincar de faz de conta. Imagine um caixa, não precisa ser muito grande não, uma superfície quadrada e uma altura razoável. Colocamos areia nela até 2/3 da altura. Ai você pega uma tábua de madeira com as dimensões de um quadrado, pequena o suficiente pra caber na caixa e sobrar espaço nas laterais. Você então sobre nela, o que acontecerá depois?
    Se você manter o equilíbrio, ficar com as forças distribuídas homogeneamente pela superfície da madeira, você afundaria? Na verdade sim, mas em determinado momento a areia ficaria compactada o suficiente para dar sustentação ao peso nela exercido. Sabe porque a importâncias das forças estarem distribuídas homogeneamente? Porque estamos falando de pirâmides, que assim como esferas, vide o exemplo dos domos, Hagia Sophia, são estruturas que distribuem melhor as forças. Ficam em equilíbrio homogêneo na base, a pressão em cada centímetro da base é mesma. Dessa forma, a areia age como um liquido, e me diz, algum liquido estando em repouso, tem inclinações na sua superfície? Assim sendo, a areia abaixo da pirâmide compactou-se com o peso e atingiu o equilíbrio, dando suporte a estrutura e distribuindo melhor as forças. Como disseram acima, citaram o efeito da liquefação, a areia é o mais comum exemplo disso. Agora voltando a nossa caixa de areia. Se fossemos seguir os argumentos citados por algumas pessoas, seriamos sugados pela areia até a base da caixa… Areia não da sustentação? Não se formos construir da forma que construímos hoje, prédios verticais, com as forças mal distribuídas, assim a areia iria ceder, mas imagina a pirâmide. Com sua base contendo pedras pesadíssimas e ao subir, em vez de manter a vertical, inclinamos as faces de forma concorrente até o topo, distribuindo homogeneamente o peso, deixando o centro de massa da pirâmide agir na areia uniformemente. Nunca a pirâmide vai se inclinar, porque o peso dela age de igual maneira em todos os pontos, não existe um lado mais “pesado” da pirâmide e por isso ela se mantém firme e forte até hoje. Os povos antigos sabiam dessa propriedade das pirâmides, por isso utilizaram essa forma de construção em vários lugares do planeta, são altamente estáveis, não se abalam facilmente com as outra estruturas.

    Outra coisa que usam como argumentos é o numero de escravos que trabalharam nas pirâmides. A um tempo atrás, encontraram nos arredores das pirâmides um sitio arqueológico onde haviam indícios de que ali fora um grande acampamento, e as datações batiam com o período de construções das pirâmides. Dava capacidade pra abrigar muita gente, então conseguiram estipular um numero de pessoas que trabalharam nas pirâmides. Não arbitraram, estudaram indícios, na arqueologia ninguém arbitra, todos dão suas opiniões depois de estudos feitos no local. E vale lembrar, que os egípcios viviam em função das cheias do Nilo, durante a seca o povo somava-se aos escravos, aumentando assim o numero de trabalhadores na obra.

  • Ulisses

    Olá,
    Vi argumentos de todos os lados, mas os do Kentaro são bem interessantes.
    O problema maior é: “DD vc é o kra” e nada mais a acrescentar.
    Agora, Marcelo, só gostaria de saber, pq motivos os Atlantes construiriam as piramides? E pq ELES não deixaram marca alguma? Não sou cético, até defendia os ET’s(claro q não muito seriamente), não acho impossivel o que você falou, mas, então em explique racionalmente pq? Pq atlantes gastariam tanto tempo? Quanto tempo foi que foi construida então?
    A única coisa que seu tópico mostoru foi que não “dá” pra fazer em 20 anso hoje(mas não sabemos os meios usados antigamente), então nso diga os meios e quanto tempo demorou?
    Por favor, aguardo sua sábida palavras(como tem gente aqui que acredita que você detem boa aprte da verdade).

  • thibas

    – entender que existe muito mais do que podemos enxergar..bom, pequeno 14
    – sim grande pai 20!
    – ser cético e buscar sempre o conhecimento…bom, pequeno 14
    – sim grande pai 20!
    – mas essa rixa que existe entre os dois grupos… (duas mãos ao rosto) é um pé no saco, pequeno 14!

    (essa só quem tem mais de 20 anos vai entender rs)

    abraços a todos!

  • Ai ai ai..
    .. como, durante a vida nos condicionamos a ver a realidade, através de uma janela construída, não só por nós.. mas pelos hábitos e crenças..

    Nossa consciencia se torna realmente muiiiito estreita e nos tornamos insensíveis a tantas coisas..

    .. e nossa lógica.. nossa razão começa a funcionar.. logicamente, estruturada diante de bases falsas.. manipuladas..

    Diante disso, somos insensíveis e não percebemos como podemos matar um ser senciente pra comer… comer .. por prazer.. não percebendo a crueldade que fazemos.
    Diante disso, não percebemos que a Vida é um TODO orgânico onde, desde a mais simples grama.. está ligado com o maior dos astros no Universo.

    .. é.. pipas.. tá bom..
    .. é .. bombas d´agua.. tá bom..

    As pessoas preferem se apegar a teorias estúpidas, e rechaçar possibilidades fantásticas e tão concretas quanto um raio de sol.. como o poder e capacidade da mente..

    .. nada está separado!

    Continue Del Debbio..
    .. muito bom!

  • Caro Marcelo e leitores da coluna,

    Não é preciso fazer um grando esforço lógico para perceber que a humanidade teve tempo suficiente para alcançar estágios de evolução tecnológica avançadíssimos e involuir a estágios animalescos várias vezes. Não há indício maior do que esse que as pirâmides egípsias, mas temos outras evidencias bem mais discretas: as baterias rudimentares encontradas em escavações no egito, o “computador” milenar encontrado na grécia ano passado, o relato sobre a construção de autômatos na grécia antiga, as noções de átomo e de manipulação da energia nuclear encontada nos Vedas e por aí vai. Talvez o Marcelo possa nos falar um pouco dessas coisas que as “otoridades” tratam como curiosidades ou brinquedos. Uma outra questão importante a ser pesquisada é, caso a humanidade passasse por um cataclismo hoje, em quanto tempo a naturesa daria cabo dos vestígios da civilização atual?

    Na minha opinião a questão toda é acreditarmos que essa é a primeira vez que alcançamos um estágio avançado de civilização e que o estagio atual é que as únicas alternativas a essa visão tecnocrata é a religiosa ou a alienígena. Não subestimemos a capacidade desse virus chamado homem de evoluir e de se adaptar e nem a capacidade que nosso planeta tem de tratar-se dessa “infecção”.

    Um abraço a todos e parabens ao Marcelo pelo exito que vem tendo com sua coluna.

  • Ainda vamos dar um jeito de colocar esses dois gatos (Kentaro e Del Debbio) num mesmo balaio.

  • thibas

    o Guilherme aqui em cima disse tudo…

  • Carlão

    Com esse arquivo fica fácil achar o local idel pra sua pirâmide no Google Earth:
    http://www.vortexmaps.com/docs/UVG-grid-compiled-by-B-Hagens.kmz

  • Lego!

    MDD da uma olhada nisso e comenta por favor.

    Vaticano divulga lista de novos Pecados Capitais, em vez de 7 agora são 11

    http://gazetaweb.globo.com/Canais/Noticias/Noticias.php?n=147702

  • Silva

    Pow, o que estranhei é que o Mori nem sequer agradeceu o post dedicado a ele =P Afinal ele tah ganhando “fama” na cola do del Debbio, pois ele nunca conseguiu nem sequer um décimo da porção de notoriedade que o del Debbio conseguiu em tão pouco tempo com esforço próprio …

  • Douglas

    Bom texto DD.

    Eu tbem nunca acreditei quando me falavam sobre a construção das pirâmides da maneira que me falavam. Mas era aquela coisa “eu sou o professor, não vc”.

    Acho interessante, e válido, que existam duas correntes filosóficas aqui no Sedentário, cada uma com seu ponto de vista. Gosto das postagens do Kentaro (apesar de não concordar com as pipas) e as do DD (apesar de não concordar com alguns pontos).

    Porém, acho que um CONFRONTO entre as duas correntes não trará NADA para ninguém. Nem de um lado, nem de outro. E nem para o próprio Sedentário.

    Por isso, acho que seria melhor que parássem de ficar incitando um confronto entre o Kentaro e o DD. Isso não levaria a lugar algum.

    []s

  • TH13

    Interessante, mas realmente alguns argumentos são meio ridículos. Por exemplo, não tem nada de mais em blocos de toneladas sobrepostos não deixarem espaço entre eles – isso é o normal esperado. Esse exemplo da Ponte de DuGard é bem bom.

    Estou aguardando o que já perguntaram acima: e a explicação ocultista para a construção das pirâmides é qual? Espaçonaves? Porque RIDÍCULOS são escravos, PREFEITAMENTE PLAUSÍVEIS são espaçonaves e telecinese.

    Para manter a coerência, Marcelo, do que você mesmo disse: você e o kentaro atuam em áreas distintas. Você tá numa postura meio “Barak Obama”: todo mundo sabe do que ele é contra, mas ninguém faz muita idéia do que ele é a favor. Ou seja: mostrar que, na sua opinião, o kentaro tá errado não te faz certo – mesmo porque a gente ainda não sabe a sua explicação.

    A não ser que a explicação seja “correntes energéticas e tecnologia que se perdeu no tempo”. Daí, realmente, a explanação acabou.

    @MDD – E porque eu deveria “dar uma explicação” do como elas foram feitas? Estou apenas provando sem sombra de dúvidas que a versão oficial é uma farsa completamente inexequível montada para manter o status quo das otoridades. Como, ao contrário dos fanáticos céticos e dos fanáticos religiosos, eu não sou o dono da Verdade, não preciso colocar uma teoria minha para provar que a teoria dos céticos é uma furada, basta mostrar o quão ridículas elas são… cada um que pense na sua própria teoria de como e por quem as pirâmides foram construídas…
    E se é tão fácil deixar as pedras de 70 toneladas sem espaço entre elas, para onde vão as CORDAS usadas para puxar os blocos, que não devem ser finas, para onde vão as “palmeiras” nas quais elas supostamente deslizam?… Retira-se as cordas? e empurra com o que? Viu como é furada a teoria?
    Mas não se preocupe que nem comecei o massacre cético das teorias da Tumba do faraó ainda… por enquanto, demonstrei apenas quanto tempo levaríamos com tecnologia de 2008… no proximo post, direi quanto tempo demoraria de verdade com tecnologia de 4.000 AC

  • Carlão

    Em tempo:
    Será q dá pra recomeçar a coluna desde Gilgamesh?

  • Furlan

    Fala titio!

    Você anda superfaturando sua obra, hein! Se você utilizasse concreto para fabricar os seus próprios blocos você gastaria apenas US$ 300 milhões, isso já incluindo a mão de obra (http://science.howstuffworks.com/build-pyramid-today.htm).

    Brincadeiras a parte, grande trabalho espero que continue assim.

  • Gustavo

    Com relação a forma de construção das piramides ninguem vai poder provar, nunca. Por isso, toda e qualquer teoria pode ser válida, não há contra-argumentos pois nao há argumentos. A unica coisa q podemos fazer eh especular. Ceticos acreditam em meios rudimentares, mas eficazes em alguns casos e religiosos acreditam em forças sobrenaturais. E dos dois lados existem coisas absurdas, impraticaveis. Quem tem razão? Ninguem, todos apenas especulam. A mesma coisa pode ser dita sobre o triangulo das bermudas, ninguem sabe o que acontece lá, por isso existem milhares de teorias. Nunca saberemos ao certo como foram construidas, cada um tire sua propria conclusão.
    Podem ter sidos construidas com maquinas que nem façamos ideia que existiram, ou pode ter sido por força de cristais (eu como cetico nao aceito nada que não possa ser de alguma maneira provado cientificamente), portanto cabe a cada um acreditar naquilo que lhe convem, mas nunca aceitar sumariamente o que um diz ser a verdade sem antes conhecer a fundo determinado assunto, buscar outras fontes.

  • Valney

    Quem Construiu as pirâmides?
    Foi o mesmo pessoal que construiu a estrela da morte no Star Wars

    /o/

  • Bem, como estudante de Engenharia de Computação e técnico em mecânica industrial, onde já passei por aulas de física e resistência dos materiais bem interessantes que falavam sobre dinâmica e estruturas de materiais metálicos e não metálicos, me sinto no direito de afirmar que concordo com o DD que é MUITO complicado construir uma pirâmide em 20 anos, com a tecnologia que possuíam. Tecnologia alternativa existia (como mostrado num vídeo por alguém nos comentários). Mas com essas tecnologias alternativas levaria o dobro do tempo do que guindastes e nossos meios de transportes mais modernos.

    Não seu quem construiu as pirâmides.
    Não sei se foram egípcios ou ET’s.

    O que sei é que muitos comentam sem o menor conhecimento de mecânica e construção, o que acho uma completa ignorância e arrogância.

    Não pensei que concordo com tudo do DD. Não concordo muito com o que sei da maçonaria em si. Mas estudem antes de saírem falando bobagens.

    Kentaro, por favor, tu tenta ganhar os debates procurando outros problemas… Um mistério de cada vez….

  • tonkpils__

    A teoria que melhor explica as construções das pirâmides sem encontrar contradições logísticas e sem invocar coisas extra-terrenas é a química, mas exatamente um ramo dela, a geopolimerização. Os blocos foram produzidos a partir de calcário dolomítico, facilmente agregado no local usando-se compostos muito comuns na época, como cal, salitre e areia. Toda a massa dos blocos foi transportada por homens carregando cestos da massa, posta a secar em moldes de madeira. O esforço humano neste caso seria muito menor e o assentamento do blocos perfeito.

    fonte: http://www.esoterikha.com/grandes-misterios/poder-piramides/index.php

    Essa teoria até que dá pra aceitar….

  • Elias

    Daniel Mastral rules!
    Rere!
    Nós sabemos MESMO quem foi que fez as pirâmides. Sabemos também a idade que elas tem e o seu propósito.

    DD, volte-se para a PEDRA DE ESQUINA! ELE sim TEM VALOR!
    Deus o abençoe e sacie tua curiosidade!

  • TH13

    Marcelo,

    > E porque eu deveria “dar uma explicação” do como elas foram feitas?

    Não “deve” nada. É contra ao “todo da Lei”. Mas a sua coluna se chama “teoria da conspiração”, então normalmente você apresenta uma teoria, não uma contra-teoria: em toda a lógica seqüenciada das suas colunas, você apresenta o ponto contrário à versão oficial seguido de sua versão “conspiratória”.

    Agora, se nas pirâmide você vai assumir a postura única de pedra, sem ser vidraça, ok. É bem mais divertido ser pedra do que vidraça.

    Quanto ao resto, da desconstrução das teorias oficiais, para onde foram as cordas e as palmeiras: pergunta pro Kentaro, assim ele já explica sobre o rolo da ponte, para onde foram os materiais de construção daquela ponte romana.

    Eu sou leitor, não colunista. Eu sou oficialmente pedra.

    Aliás, considerando o teor dos meus comentários nessa coluna, você devia se sentir elogiado! E não cobrado.

    Abs.

  • Victor

    o/

  • Diego

    Marcelo… fugindo umpouco do assunto abordado nesse post…
    como eu comecei a ler a coluna a 2 semanas nao pude comentar nos post….
    mas quando antigamente nos povos antigos… quando aparecia um arco-íris no céu…
    o que essas civilizaçoes pensavam sobre isso?

  • Dagma

    Estive a pouco tempo dentro da grande Pirâmide, e observei as paredes internas retíssimas em ângulos perfeitos, lisas dando a impressão que foram moldadas as pedras ali mesmo em grandes moldes e com acabamento à laser! Outras pirâmides como a de Titi (que seria a primeira Pirâmide), estão desmoronando. Saí do Egito com a certeza de que aquela enorme estrutura (as três Pirâmides de Gizé) e complexidade de organização NÃO foram feitos por homens semi-nus no deserto escaldante, e a logística para se produzir aquilo foi simplesmente nababesca e mesmo hoje os egípcios não teriam esta estrutura organizacional.
    A paz que se sente lá dentro é INDESCRITÍVEL, e as horas se tornam minutos e os minutos se tornam horas, vc perde a referência de tempo! E quando “abracei” a parede e coloquei o ouvido bem encostado na pedra, senti uma ressonância diferente como se tivesse ouvindo dentro de uma concha, parecia estar ouvindo o universo…

  • Marcelo, mudando um pouco de assunto e voltando ao assunto dos Ritos.

    Segundo pesquisas minhas, atualmente foram documentados os ritos abaixos :

    – Rito Adonhiramita : Criado em 1787 pelo barão de Tschoudy, autor da Estrela Flamígera. Dividido em 13 graus. Mas existe uma diferença nas datas, já que segundo documento, ele teria morrido em 1769. Então seria pouco provável que ele teria criado o Rito dezoito anos depois da sua morte. Duvida 1 em relação a esse Rito, qual data está errada ? A da morte, ou da criação ?

    Duvida 2, esse rito também é encontrado na Grande Loja, ou só no Grande Oriente ?

    – Rito Alexandrino ou Isíaco : Criado no Egito, mas com fortes influências dos mistérios da Índia. Possui esse nome por ter tido origem na cidade de Alexandria.
    Duvida sobre esse rito. Apesar de muitas lendas e simbolos serem utilizados na maçonaria, porque ele não pode se confundir com a Ordem ?!

    – Rito Americano : Dividido em 3 grandes classes, a Maçonaria Manual ou Instrumental, a Maçonaria Científica, e a Maçonaria Filosófica.

    – Rito Andrôgino – São todos os Ritos compostos de homens e mulheres, mas que não tem nada haver com a Moçonaria de Adoção. Chamado também de Comaçonaria. É atualmente muito difundido no Brasil. Duvida sobre o Rito, quais Lojas atualmente seguem esse estilo de Rito ?

    – Rito Azul ou Simbólico – É formado pelo 3 graus simbolicos universais e fundamentais da Ordem. Duvida, seria esse o mais coerente a ser praticado por toda Maçonaria ?

    – Rito Cavaleiresco – Praticado na Inglaterra, Alemanha, Estados Unidos e outros países. Não admitidos nas Grandes Lojas, mas tolerados. Duvida, nao consigo entender eles serem tolerados mas nao admitidos.

    – Rito de Adoção – Segundo o Irmão Bedarride, o fundador foi Jabel, filho de Lamech. Aceitam-se as mulheres. Noêmia, filha de Lamech é considerada a primeira Grã-Mestra. No ano de 900 da criação do mundo, na planicie das 12 palmeiras, foi realizado o inicio dos trabalhos. Mas segundo Renato de Alencar, no seu livro Enciclopédia Histórica do Mundo Maçonico, é mais razoavel aceitar a origem desse Rito em 1730. Estando todos os estudiosos de acordo em considerar o Rito criação do franceses, já que eram muito galanteadores.

    Duvida 1, qual o simbolismo do ano de criação do mundo ? Não consigo compreender o mundo ter sido criado em 12.500 anos atras ou 6.000. Gostaria de mais fontes para estudos em relação a isso. Duvida 1 em relação ao Rito. Não seria esse Rito de Adoção

    um Rito mais coerente na parte da aceitação de membros femininos? E se não, porque a não aceitação feminina na Ordem ?

    – Rito de Heredom ou De Perfeição – Desculpe, mas é engraçado ler coisas do tipo: “Ao dissolver-se, em 1758 o Capitulo de Clermont, alguns de seus membros formaram em Paris o Conselho de IMperadores do Oriente e Ocidente, cujos integrantes se adornavam com (momento que nao compreendo) pomposos títulos como os de Soberanos Principes Maçons…”

    Composto de 25 graus em sete classes, cada uma delas com uma combinacao de meses, mais ou menos dentro dos misterios da numerologia.

    Duvida 1 : Entendo todo o simbolismo empregado. Mas não entendo o porque de tanta ostentação.
    Duvida 2 : Me tire uma duvida : 12×7=84 25×7=175
    Duvida 3 : Quais misterios são esses que é referido nos 25 graus em 7 classes, em 12 meses. Não consigo entender as relações numéricas de 84 com 81. Mesmo com a explicação de 8+1= 9 , 9×9=81. Qual o significado do simbolismo dos numeros ? Fontes de estudo seriam bem vindas.

    – Rito de Kilwinning – Nome de uma torre erguida na Escocia, considerada como a primeira construcao maconica no pais. A finalidade do Rito era nitidamente política. Só sendo iniciado pessoas que defendiam a soberania dos Stuarts.

    Perae, para tudo. Se não me engano, em algum lugar está escrito que não se debate sobre política e religiao dentro da Maçonaria. Mas acabo de me perguntar como que não se debate politica na Maçonaria se a propria é intimamente ligada com fatos políticos, como a Independencia do Brasil, Abolição dos Escravos, e muitas outras ações de carater politico ?
    Perae parte 2. Como não se debate religião se muitos ensinamentos sao baseados em textos e livros religiosos ?!

    – Rito de Mênfis ou Oriental – Nascido na França no ano de 1839. Seus fundadores foram os Irmãos Marconis e Moutet. Composto de 91 graus, recebendo depois mais um, passando a 92. Depois mais 3, e chegando aos 97.

    Duvida : Esse Rito ainda existe ? E quais eram ou ainda são os 97 graus !?

    – Rito de Misraim ou Egípcio ou Judaico – Defendem que a maçonaria foi criada pelo próprio Deus ao instituir o paraíso. Adão e Eva os primeiros obreiros. Possue 90 graus divididos em Simbolicos, Filosoficos, Misticos e Cabalisticos.

    Perae 1 – O que é o paraíso ? Qual o simbolismo do Paraiso, Adão, Eva, Noé, Dilúvio ?
    Perae 2 – Quais são os 90 graus ?

    – Rito de Ramsay – Fundado por Miguel André, Barão de Ramsay, que para muitos, foi o criador dos graus supermaçonicos.

    Perae 1 – O que seriam os graus supermaconicos ? Seriam os administrativos ?

    – Rito do Real Arco ou Ingles ou de York – Segundo o Irmão Ragon, foi inventado na Escocia, pelos Jesuitas.

    Perae 1 – Qual a real ligação entre a Maçonaria e os Jesuitas ? Ref. ao livro O Papa Negro.

    – Rito de Tien-Foe-Whe – Associação filantrópica e cosmopolita existente na China.

    Perae 1 – Não sei se é reconhecida pela organização Maçonica, mas foi citado na Enciclopedia. Quais são as outras associações existentes ?!

    – Rito do Grande Capitulo Geral de França – Gerbier foi seu autor, procurando disputar a supremacia e legalidade ao Grande

    Capitulo Geral da França.

    Perae 1 – Não consigo compreender uma luta entra irmãos para um poder tão “profano”. Fica mais me parecendo que ao passar dos graus, ou como se diz, com o aumentar do salario, os landmarks vao ficando para tras e com isso os Grande Mestres começam um caminho inverso de iluminação. Posso estar sendo totalmente idiota nesse comentário. Mas é isso que fica parecendo para mim, um simples estudioso, ou profano como os maçons chamam os não iniciados.

    – Rito da Ordem da Estreita Observancia – Como está escrito na Enciclopédia: “Este é um capitulo dos mais movimentados e surpreendentes de toda a História da Maçonaria, pelo grande número de personagens nele envolvidas, pelas intrigas politicas desenvolvidas pelos ardis jesuiticos, pelas ambicoes e sede de poder de seus fundadores e inovadores.”

    Perae 1 – Mais uma vez a luta entre irmaos. Para quem, como eu, que esta estudando a Maçonaria, fica dificil conceber tais atos de quem prega “Liberté, Egalité, Fraternité”. Porque e praque isso !? Não existem lutas melhores ?!
    Perae 2 – Na Enciclopedia, não foram citados quais foram os personagem e muito menos as lutas pelo poder. Gostaria de saber aonde posso encontrar material sobre isso.

    Ritos encontrados tambem :

    – Rito Escoces Antigo e Aceito
    – Rito Escoces Filosofico
    – Rito Escoces Filosofico da Loja Mae Escocesa de França
    – Rito Escoces Primitivo
    – Rito Exegético
    – Rito Haitiano
    – Rito Helvetico Retificado
    – Rito Hermetico
    – Rito Ingles ou dos Antigos Maçons Livres e Aceitos em Inglaterra
    – Rito Irlandes
    – Rito Jesuitico
    – Rito Moderno Frances
    – Rito Nacional de França
    – Rito Nacional Mexicano
    – Rito Órfico
    – Rito Persa Filosofico
    – Rito Primitivo Ingles
    – Rito Reformado de Dresde
    – Rito Retificado Escoces
    – Rito Socrático
    – Rito Sueco
    – Rito Yátrico
    – Rito dos Xerofagistas
    – Rito da Ordem da Felicidade
    – Rito da Ordem da Perseverança
    – Rito da Ordem dos Cavaleiros Humanitários da Cidade Santa de Jerusalem na Palestina
    – Rito da Ordem Sagrada dos Sofisianos
    – Rito da Rosa Magnética
    – Rito dos Anônimos ou dos LXXII
    – Rito dos Antigos Maçons Livres e Aceitos da Inglaterra
    – Rito da Ordem dos Arquitetos de África
    – Rito dos Irmãos de João
    – Rito dos Irmãos da Rosa-Cruz
    – Rito dos Irmãos da Rosa-Cruz de Ouro
    – Rito dos Noaquitas ou Cavaleiros Prussianos
    – Rito dos Noaquitas Franceses
    – Rito dos Pitagoricos
    – Rito Dinamarques
    – Rito da Ordem de Palladium ou Soberano Conselho da Sabedoria
    – Rito do Capitulo Metropolitano dos Cavaleiros e Damas Escocesas da França dos Hospicios de Paris
    – Rito do Capitulo Primordial de Rosa-Cruz Jacobita de Arras
    – Rito do Celeste Império ou Otomano
    – Rito do Martinismo ou San Martim
    – Rito do Esocismo Reformado de Tschoudy
    – Rito do Grande Oriente de Bouillon
    – Rito do Irmão Enoch
    – Rito do Soberano Conselho da Sublime Loja-Mae dos Excelentes do Grande Globo Frances
    – Rito do Soberano Conselho dos Cavaleiros do Oriente
    – Rito do Zodiaco Maçonico ou Astrológico
    – Rito da Academia dos Antigos ou Secretos
    – Rito da Academia Platônica
    – Rito da Academia dos Sábios
    – Rito da Academia dos Sublimes Mestres do Anel Luminoso
    – Rito da Academia dos Verdadeiros Maçons
    – Rito da Harmonia Universal
    – Rito da Congregação dos Irmãos Morávios
    – Rito da Crata Repoa ou Iniciação dos Sacerdotes
    – Rito da Grande Loja Real York da Amizade de Berlim
    – Rito da Ordem de Cristo
    – Rito da Ordem da Estrela do Oriente
    – Rito da Ordem de São Joaquim
    – Rito da Ordem da Estrela Flamigera
    – Rito do Capitulo Metropolitano de França
    – Rito do Capitulo de Old-Aberdeen
    – Rito do Capitulo dos Cavaleiros do Tosão de Ouro
    – Rito do Capitulo de Clermont
    – Rito de Zinnendorf
    – Rito de Swedenborg
    – Rito de Schrepfer
    – Rito de Schroeder ou Rosa-Cruz Retificado
    – Rito de Menscheitbund
    – Rito Antigo
    – Rito Antigo Reformado
    – Rito Cabalistico
    – Rito de Melesino
    – Rito de Fessler ou Rito de Loja Real York de Berlim

    É possivel reparar que os Ritos foram se adaptando a cada lugar que a maçonaria ia chegando. Seja pela Cultura, seja pelo ego, ou seja pela necessidade. Mas não consigo compreender lugares como a França, aonde existem ou existiram pelo menos uns

    20 ritos diferente. Posso estar errado, já que não sou um iniciado, mas acho que muito tempo foi perdido com discussões se o Rito tal é o certo ou se era o Mestre A ou B que ia ser o Grande Mestre do Oriente X.

    Agora vamos aos Landmarks:

    1º — Os processos de reconhecimento são os mais legítimos e inquestionáveis de todos os Landmarks. Não admitem mudanças de qualquer espécie, pois, sempre que isso se deu, funestas conseqüências vieram demonstrar o erro cometido.

    PERAE – Pelo o que eu consigo entender, os Landmarks já foram mudados algumas vezes e existem Landmarks diferentes para cada Rito. Entendo toda tradição e esforos para a elaboração do mesmo. Mas não é muito falar que eles não admitem mudanças, já que por sua vez, o universo está sempre em transformação !?

    2º — A divisão da Maçonaria Simbólica em três graus é um Landmark que, mais do que tem sido preservado de alterações, apesar dos esforços feitos pelo daninho espírito inovador. Certa falta de uniformidade sobre o ensinamento final da Ordem, no grau de Mestre, foi motivada por não ser o terceiro grau considerado como finalidade; daí o Real Arco e os Altos Graus variarem no modo de conduzirem o neófito à grande finalidade da Maçonaria Simbólica. Em 1813, a Grande Loja da Inglaterra reivindicou este antigo Landmark, decretando que a Antiga Instituição Maçônica consistia nos três primeiros graus de Aprendiz, Companheiro e Mestre, incluindo o Santo Arco Real. Apesar de reconhecido por sua antiguidade, como um verdadeiro Landmark, ele continua a ser violado.

    PERAE – Bem, mais do que provado que ele sofreu modificações durante o tempo. Mas o “daninho espirito inovador” não seria uma evolução natural do universo ?

    3º — A lenda do terceiro grau é um Landmark importante, cuja integridade tem sido respeitada. Nenhum Rito existe na Maçonaria, em qualquer país ou em qualquer idioma, em que não sejam expostos os elementos essenciais dessa lenda. As fórmulas escritas podem variar e, na verdade, variam; a lenda, porém, do construtor do Templo constitui a essência e a identidade da

    Maçonaria. Qualquer Rito, que a excluísse ou a alterasse, materialmente cessaria, por isso, de ser um Rito Maçônico.

    4º — O governo da Fraternidade por um Oficial que preside, denominado Grão-Mestre, eleito pelo povo maçônico, é o quarto Landmark da Ordem. Muitas pessoas ignorantes supõem que a eleição do Grão-Mestre se pratica em virtude de ser estabelecida em lei ou regulamento da Grande Loja. Nos anais da Instituição se encontram, porém, Grão-Mestres, muito antes de existirem Grandes Lojas, e, se o atual sistema de governo legislativo por Grandes Lojas fosse abolido, sempre seria preciso a existência de um Grão-Mestre.

    PERAE – Bem… vamos lá… até aonde consegui aprofundar meus estudos a maçonaria segue a lenda de Hiram Abif, que foi o primeiro Grão-Mestre. Que passou seus ensinamentos aos seus companheiros, que passaram seus ensinamentos aos Aprendizes. Sendo sempre mantida uma hierarquia. Hoje em dia, quais são os atributos que são levados em conta para a escolha do Grão-Mestre ? Discernimento ? Conhecimento ? ou simplesmente interesses ?

    5º — A prerrogativa do Grão-Mestre de presidir todas as reuniões maçônicas, feitas onde e quando se fizerem é o quinto Landmark. É em virtude desta lei, derivada de antiga usança, e não de qualquer decreto especial, que o Grão-mestre ocupa o trono, em todas as sessões de qualquer Loja subordinada, quando se ache presente.

    6º — A prerrogativa do Grão-Mestre de conceder licença para conferir graus em tempos anormais é outro importantíssimo Landmark. Os estatutos maçônicos exigem um mês, ou mais, para o tempo em que deva transcorrer entre a proposta e a recepção de um candidato. O Grão-Mestre, porém, tem o direito de pôr de lado, ou de dispensar, essa exigência, e permitir a iniciação imediata.

    PERAE – Não consigo entender o porque para alguns são exigidos 1 mes ou mais e para outros é permitido a iniciação imediata. Já que todos são iguais, porque diferencas de tratamentos ?

    7º — A prerrogativa que tem, o Grão-Mestre, de autorização, para fundar e manter Lojas, é outro importante Landmark. Em virtude dele, pode o Grão-Mestre conceder o número suficiente de Mestres Maçons, o privilégio de se reunirem e conferirem graus. As Lojas assim constituídas chamam-se “Lojas Licenciadas”. Criadas pelo Grão-Mestre, só existem enquanto ele não resolva o contrário, podendo ser dissolvidas por ato seu. Podem viver um dia, um mês ou seis meses. Qualquer, porém, que seja o tempo de sua existência, devem-na, exclusivamente, à graça do Grão-Mestre.

    PERAE – Só uma pequena duvida, a existencia é exclusiva do Grão-Mestre ou é dos obreiros que nela estão ?! A pergunta se faz só pela duvida se existe Lojas de um homem só.

    8º — A prerrogativa, do Grão-Mestre, de criar Maçons, por sua deliberação, é outro Landmark importante, que carece ser explicado, controvertida como tem sido a sua existência. O verdadeiro e único modo de exercer essa prerrogativa é o seguinte: o Grão-Mestre convoca em seu auxílio seis Mestres Maçons, pelo menos; forma uma Loja e, sem nenhuma prova prévia, confere os graus aos candidatos; findo isso, dissolve a Loja e despede os Irmãos. As Lojas convocadas por esse meio são chamadas “Lojas Ocasionais” ou de “Emergência”.

    9º — A necessidade de se congregarem os Maçons em Loja é outro Landmark. Os Landmarks da Ordem sempre prescreveram que os Maçons deviam congregar-se, com o fim de se entregarem a tarefas operativas, e que a essas reuniões fosse dado o nome de “Loja”. Antigamente, eram essas reuniões extemporâneas, convocadas para assuntos especiais e, logo dissolvidas, separando-se os Irmãos para de novo, se reunirem em outros pontos e em outras épocas, conforme as necessidades e as circunstâncias exigissem. Cartas Constitutivas, Regulamentos internos, Lojas e Oficinas permanentes e contribuições anuais, são inovações puramente modernas, de um período relativamente recente.

    10 — O governo da Fraternidade, quando congregado em Loja, por um Venerável e dois Vigilantes, é também um Landmark. Qualquer reunião de Maçons, congregados sob qualquer outra direção, como, por exemplo, um presidente e dois vice-presidentes, não seria reconhecida como Loja. A presença de um Venerável e dois Vigilantes é tão essencial que, no dia da congregação, é considerada como uma Carta Constitutiva.

    11 — A necessidade de estar uma Loja a coberto, quando reunida, é um importante Landmark, que não deve ser descurado. Origina-se do caráter esotérico da Instituição. O cargo de Guarda do Templo, que vela para que o lugar das reuniões esteja absolutamente vedado à intromissão de profanos, independe, em absoluto, de quaisquer leis de Grandes Lojas ou de Lojas subordinadas. E o seu dever, por este Landmark, é guardar a porta do Templo, evitando que se ouça o que dentro dele se passa.

    12 — O direito representativo de cada Irmão, nas reuniões gerais da Fraternidade, é outro Landmark. Nas reuniões gerais, outrora chamadas Assembléias Gerais, todos os Irmãos, mesmo os simples Aprendizes, tinham o direito de tomar parte. Nas Grandes Lojas só têm direito de assistência os Veneráveis e os Vigilantes, na qualidade, porém, de representantes de todos os Irmãos das Lojas. Antigamente, cada Irmão se representava por si mesmo. Hoje, são representados por seus Oficiais. Nem por motivo dessa concessão, feita em 1717, deixa de existir o direito de representação, firmado por este Landmark.

    PERAE – Pelo o que entendi, a maçonaria hoje em dia é quase uma instituição governamental. Com partidos, representantes. Eu não consigo entender o porque que cada maçom não tem o direito de expor suas ideias, já que, todos são irmãos.

    13 — O direito de recurso de cada maçom das decisões dos seus Irmãos, em Loja, para a Grande Loja ou Assembléia Geral dos Irmãos, é um Landmark essencial para a preservação da justiça e para prevenir a opressão.

    PERAE – A pergunta é : O direito de recurso é levado em conta ? Ou os interesses da Ordem ?

    14 — O direito de todo maçom visitar e tomar assento em qualquer Loja é um inquestionável Landmark da Ordem. É o consagrado direito de visitar, que sempre foi reconhecido como um direito inerente que todo Irmão exerce, quando viaja pelo Universo. É a conseqüência de encarar as Lojas como meras divisões, por conveniência, da Família Maçônica Universal.

    15 — Nenhum visitante, desconhecido aos Irmãos de uma Loja, pode ser admitido à visita, sem que, antes de tudo, seja examinado, conforme os antigos costumes. Esse exame só pode ser dispensado se o maçom for conhecido de algum Irmão do Quadro, que por ele se responsabilize.

    16 — Nenhuma Loja pode intrometer-se em assuntos que digam respeito a outras, nem conferir graus a Irmãos de outros Quadros.

    17 — Todo maçom está sujeito às leis e Regulamentos da Jurisdição Maçônica em que residir, mesmo não sendo membro de qualquer Loja. A negativa de filiação é já em si uma falta maçônica.

    18 — Por este Landmark os candidatos à iniciação devem ser isentos de defeitos ou mutilações, livres de nascimento e maiores. Uma mulher, um aleijado ou um escravo não podem ingressar na Fraternidade.

    PERAE – Mas não existe o Rito de Adoção ? Não seria esse landmark um pouco obsoleto ?

    19 — A crença no Grande Arquiteto do Universo é um dos mais importantes Landmarks da Ordem. A negação dessa crença é impedimento absoluto e insuperável para a iniciação.

    20 — Subsidiariamente a essa crença é exigida a crença em uma vida futura.

    21 — É indispensável a existência, no Altar, de um Livro da Lei, que, conforme a crença, se supõe conter a verdade revelada pelo Grande Arquiteto do Universo. Não cuidando a Maçonaria de intervir nas peculiaridades de fé religiosa dos seus membros, esses Livros podem variar de acordo com os credos. Exige, por isso, este Landmark, que um “Livro da Lei” seja parte indispensável dos utensílios de uma Loja.

    22 — Todos os maçons são absolutamente iguais dentro da Loja, sem distinções de prerrogativas profanas, de privilégios que a sociedade confere. A Maçonaria a todos nivela nas reuniões maçônicas.

    PERAE – Bem… aqui fica a maior duvida. As distinções de prerrogativas profranas realmente ficam de fora das Lojas ?

    23 — Este Landmark prescreve a conservação secreta dos conhecimentos havidos por iniciação, tanto dos métodos de trabalho como das lendas e tradições, que só podem ser comunicados a outros Irmãos.

    24 — A fundação de uma ciência especulativa, segundo métodos operativos, o uso simbólico e a explicação dos ditos métodos e dos termos neles empregados, com propósito de ensinamento moral, constitui outro Landmark. A preservação da lenda do Templo de Salomão é outro fundamento deste Landmark.

    25 — O último Landmark é o que afirma a inalterabilidade dos anteriores, nada podendo ser-lhes acrescido ou retirado, nenhuma modificação podendo ser-lhes introduzida. Assim como de nossos antecessores os recebemos, assim os devemos transmitir aos nossos sucessores. NOLONUM LEGES MUTARI.

    PERAE – É impressão minha ou não levam muito em conta esse ultimo landmark ?!

    Marcelo, não sei se vai ser possivel publicar isso. Mas caso não seja, por favor responda no meu email. Gostaria de me informar mais sobre a Maçonaria.

    Muita paz e luz…

  • Gustavo Dourado

    Olá DD,

    Muito boa coluna e os calculos tambem e toda fonte de informações que conseguiste buscar, mas temos que ver que a coluna duvida razoavel do Kentaro foi muito boa, como pode ter demonstrado que seria possivel, atraves de “pipas” erguer blocos pesadissimos, mas tambem ele deixou de explicar a precisão milimetrica, dos blocos e tudo mais, creio eu que das duas uma, ou as piramides ja estavam la ou o povo de antigamente possuia conhecimento suficiente para tais construções, mas como o senhor deve saber que a humanidade sempre busca pelo poder e que sempre destruiam outras civilizações sem nem ao menos preservar os conhecimentos destas para que pudessem utilizar em beneficio proprio e com isso os conhecimentos e as tecnicas mais apuradas ficaram perdidas nos tempos, quem sabe uma pipa simples seria mais eficiente que um guindaste?????

    Grande Abraço!!!

  • Sidnei

    Marcelo del Debbio eu conheço esse nome, um amigo me indicou esse blog e só agora percebi que você era uns dos redatores da Dragão Brasil, era ou continua sendo? um dos criadores da Tormenta não é?

    Belo texto, agora fico me perguntando se você realmente pegou esses dados ou são fictícios…

    Abraços e parabéns…

  • TH13

    “Agora quem constuiu, quando e como é um outro tópico… ”

    ?????????

    Ué? Não era mais fácil dizer isso no meu post ao invés de perguntar porque você deveria dar uma explicação? Nossa, Marcelo, tá faltando Tai Chi! Quanto stress! Se você vai explicar depois quem constuiu, então tá: a gente espera você explicar quem constuiu.

    Aguardaremos, então, a verdade sobre a constução das pirâmides.

  • Na América Central,

    Existem pirâmides construídas pelos Astecas (ou seriam Maias? Ou Incas? depois confirmo a civilização exata…) , que tem outras curiosidades além da engenharia, não explicadas pela ciência:

    Por exemplo, alguns estudiosos e pesquisadores recentemente descobriram que posicionados metros a frente da base da pirâmide ao baterem palmas tem como retorno do ECO um som modificado…que imita com perfeição o som de um pássaro que existe até hoje nas florestas do local, pássaro este, que pela cultura dos astecas (maias? incas) representa o ressurgimento da morte.

  • MGostinski

    Realmente a tecnologia empregada não nos pertence, pode ter pertencido, mas a perdemos se é que algum dia a tivemos.

    Quando fui assistir um filme num cinema em Cali na Colômbia no ano de 2005, antes do filme passou um filme com a teoria de que os blocos foram moldados no local, infelizmente perdi o início do documentário para saber como chegou o material até lá.

    Levando em conta os blocos maiores e maciços de materiais que não podem ser moldados fica difícil aceitar a teoria do documentário.

    No documentário usavam rampas, mas mais inclinadas e curtas.

    Já solicitei a familia, que quando for enterrado que deixem minha cabeça para fora do túmulo e com os olhos abertos para poder ver tudo … (risos).

    >

  • TH13

    Xalmer,

    tem um ditado que diz: a maçonaria é ótima, o problema é os maçons…

    @MDD – “A Maçonaria é perfeita, o problema são os seres humanos”.

  • THE13

    putz… nem o português eu acertei nessa…

  • Catapa

    No site Acasicos tbm tem alguns textos desmistificando a construção das piramides, mas esse estudo de relações calculos e logística é bem oportuno.

    Um escritor gaúcho, se não me engano, baseou-se no mesmo raciocício para provar a farsa do holocausto dos judeus na segunda guerra. O título do livro é “Holocausto, Judeu ou Alemão, Nos Bastidores da Mentira do Século”, ja viste algo a respeito disso?

  • Bem gente, não acho interessante ficar dizendo quem é melhor ou quem está com a razão… Vale é todos parar de serem acomodados e pesquisar, buscar o conhecimento. Gosto muito das colunas do Del Debio, mas também acho as do Kentaro show de bola. Pra mim, ambos são ótimos nas colunas que escrevem. Acredito que o kentaro só não tem a mesma fama pois não fala do que a maioria das pessoas tem muita curiosidade, mas isso não o faz nem melhor ou pior que o DD. Mais uma vez digo que ambas as colunas são ótimas.

  • Interessante seus dados, Marcelo.
    Creio que a coluna voltou pro rumo certo, desde a última.

    Um questionamento: se é certo que a versão das, como vc costuma falar, “otoridades” tende a mistificar certas datas, não seria factível que essas datas egípcias também não fossem fantasiosas?
    Por exemplo, as idades de algumas personalidades bíblicas, presentes no antigo testamento, assim como o suposto “dilúvio de Noé”, que alguns cientistas afirmam se tratar do último degelo terrestre.

    Creio que foram os homens que fizeram as piramides, sim. Porém, em um prazo bem superior aos 20 anos históricos. Quem sabe, em duzentos ou quatrocentos anos.

    Até Mais.

  • Obra de pedreiros livres.

  • TH13 e MDD,

    Consigo compreender que por mais polido o carater do ser humano seja, ele é humano e é passivel de falhas. Mas por favor. Tem como responder minhas perguntas ?

    Muita paz e luz…

  • Eu

    Fale sobre 2012

  • TH13

    Xalmer,

    A busca faz parte do processo de aprendizado. Acredito que não seja estimulante nem ao Marcelo nem ao Mori quando alguém como a Nina, por exemplo, fica preocupada que o Marcelo vá desistir de continuar divulgando suas idéias pelo simples fato de haver questionamento e ironias por parte de algumas pessoas que lêem a coluna. Ela tinha que estar buscando, desde já, fontes para continuar aprendendo, com o Marcelo “desistindo” ou não.

    Você já fez mais do que muitas das pessoas nessa coluna fizeram – é só ver que iniciados ou quase iniciados estão aprendendo com o Marcelo algo que poderiam estar aprendendo nas suas próprias ordens simplesmente perguntando. Não perguntaram por que?

    Espero que o Marcelo te responda, ou te indique o caminho. Você está de parabéns, e o Marcelo também: você (assim como alguns outros, claro) é uma prova de que a coluna está dando resultado.

  • allkaline

    eim marcelo , quanto a funçao das piramedes ? por ser uma construçao mostruosa , e ter inumeras funções iniciativas , ocultas … porque o pessoal das sociedades iniciativas nao constroem uma propria para eles?? nao desse tamanho e magnitude (egito) talvez uma menor com as mesmas proporções , nao sera tao poderosa mas vai desempenhar a mesma função , ou sera que ja existe?

  • Salve Marcelo,

    Mais uma vez, instigante… mas nos faz pensar que a humanidade não progride numa escala linear… tanto que hoje em dia não somos capazes de construir coisas feitas a milhares de anos atrás. O conhecimento nem sempre é progressivo como crê a ciência atual.
    Mas mudando um pouco de assunto… eu ja li quase todos seus posts, mas ainda nao vi alguns assuntos, muito importantes… quando veremos um sobre a influência do plano astral (influência dos “espiritos”) na vida humana, em sua evolução, história, etc. Este é um assunto que dá pano pra manga…
    Qual sua visão neste caso, baseada na sua filosofia e conhecimento?
    Abraços e parabéns pelo excelente trabalho.

  • Antijogo

    Thelema é uma palavra grega que significa vontade. A Religião thelêmica pode ser entendida como aquela que fará com que seu seguidor identifique, conheça e, então, passe a seguir a sua própria vontade pessoal. Esta vontade pessoal, de acordo com Crowley, deve estar obrigatoriamente em harmonia com a Vontade que tudo rege. Somente assim, estas duas vontades passam a ser uma única vontade, chamada de Vontade Verdadeira, a orientar a vida do Iniciado.
    Pois então… não seria essa uma forma de reagrupar um novo “GADO” para a sua forma de pensar e levá-los para sua ideologia ?
    Ps.: Só responda se tiver vontade (thelema).

  • Rick

    Só uma correção, os Helicopteros da serie Mi são russos e não americanos.

  • Muito bom. Parabéns.
    Mas eu acredito no quê agora?

  • no egito o custo dos materiais e mão de obra daquela eram mais em conta!
    vc me fez mudar de pergunta mais relativa da vida!!!
    de qual o sentido da vida, para quem construiu as piramides!!
    perguntas:
    se é tão poderosa o quanto parece ser, os eua não teriam informações secretas a respeito ???
    porque o governo do egito proibe mais pesquisas minuciosas a respeito das piramides ??
    poderia me dizer a sua opinião como foram construidas e por quem??
    quer dizer que a piramide pode ter a resposta para o universo, da vida, da humanidade, do
    genoma, do cancer(mais moderno), e por causa de meia duzia sou obrigado a trabalhar, andar de veiculos terrestres movidos a energia, usar preservativos e morrer?
    parabens pela coluna! continue a procura da verdade pela piramide!
    falow!! abraço!

  • neri luiz (fisico)

    Penso que faltou um detalhe importante a considerar. Quem sabe eles ja conheciam o principio da alavanca? Imagine os 350 escravos puxando usando estacas cravadas no chao.
    “De-me um ponto de apoio e moverei o mundo” (Arquimedes).

  • Ludmilla

    Bem lógico isso. É uma daquelas vezes em que penso: “Pq não pensei nisso antes?!”
    Existem outras pirâmides semelhantes a estas do Cairo? Ouvi alguma coisa do tipo…
    Parabéns pela pesquisa, Del Debbio!

  • Roger

    Os Egipcios conheciam bem o processo da mumificação que não conhecemos hoje. Teriam também algum conhecimento sobre alquimia para transformar areia em Pedra, fazendo blocos no local como se faz cimento hoje? Cada louco com sua teoria. Abraço!

  • PV

    Que 5ª feira!!!!!
    GGG zuis!!!

  • DANILI

    vc é demais … nossa , to passada com vc … eu nem ia comentar, mas não resistir rsrsrs

  • ***

    Quem contruiu nao era formado em nenhuma faculdade de engenharia,sabiam que ia durar por anos a fio.Seus segredos estao bem guardados.
    Contrario de nossa tecnologia que nao dura mais que 50 anos.Olhe a sua volta e ache o que pode durar por milhares de anos.
    So tentando criar uma piramide de dna ou uma piramide de virus imutaveis.
    vamos contruir uma no espaço tem muita pedra por la ,nao precisamos fazer esforço ,contruimos tres mandamos uma cada direcao quem sabe alguem ache uma e fique estudando.

  • Paulo Craici

    É um assunto complicado, mas o que não entendo é a importância que dão para ter escrito algo ou não na pirâmide.. que causa tantas citações pelo mori e pelo DD.

    O nome infelizmente não prova muita coisa, o fato ironicamente alegado pelo DD de ser um faraó “humilde” e não por nome na pirâmide não prova nada, então porque os verdadeiros construtores não colocaram nome tb?!

    O que também não quer dizer que foram os egípcios afinal em uma reforma o reformador dá seus toques.

    E se foi obra dos faraós, uma coisa tão grandiosa que um reinado inteiro participa, não é algo que necessite de nomes, a coisa por si só, é um fato.

    Ou seja o nome aqui, é algo pouco importante comparado com tantas outras coisas notáveis, como tempo de construção, e outras construções feitas na antiguidade.

    Abraços

  • Hatebreed

    Caraca,mto massa o texto!!!!!!

    E msm assim,depois de tantas pesquisas,tantos dados coletados,tudo de mais colossal que há para ser usado,todos os gênios pensando….e nenhum resultado parelelo com o original!
    O problema todo é que o homem tenta encontrar o raciocício lógico em tudo,pra nós,e ainda amis pra quem passa 10,15 anos da vida estudando a msm coisa,admitir a hipótese de que algo superior possa ter ajudado..

    Msm assim,meus parabéns pela dedicação!!!!
    Deveríamos ter mais disso,e acabar com essas “noticiazinhas” de merda,falando dos casos da puta dali,do divórcio de fulano…da nova mulher fruta….eu quero é que eles vão pro caralho
    Vamo estudar povo!

  • Bom, levando em conta que os escravos de hoje em dia trabalham 40h por semana, e folgam nos feriados, a obra levaria por baixo 65 anos.

  • EPU

    Quanto falatório…rss…Digamos que:
    As Pirâmides são Castelinhos de Areia de Sábios Alquimistas!
    PRONTO!

  • Gustavo

    Acredito que cada pedra não era retirada e cortada de rochedos, mas sim produzida pelo próprio homem, como o concreto que temos hoje. Isso já foi comprovado cientificamente, as pedras das pirâmides não tem 100% da essência das pedras dos rochedos que ficam próximos as pirâmides.
    E como as pirâmides eram construídas de cima pra baixo, ai vai a explicação no meu ponto de vista:
    Primeiramente se procuravam uma grande duna de areia.
    A primeira pedra era colocada no topo da duna, após posicionar a primeira pedra no topo, retirava um pouco da areia que estava embaixo dessa pedra e ia encaixando a 2ª pedra por baixo da primeira e assim sucessivamente, retirando a areia interna.
    Seria como contruir um castelo de areia ao contrário, mas no caso o castelo(duna) já estava pronto, o que era preciso fazer era apenas substituir a areia pelas pedras.

    Pode ser viagem, mas é o que mais faz sentido pra mim.
    Se você ligar os pontos, verá que tem sentido se tratando de 6.000 anos atrás…

  • alisson

    se partirmos do pressuposto que eles reformaram, entao quem criou, TITIO MARCELO.

  • nooooooooooosa esse texto é bom mesmo pessoal!!! vou convidar mais gentes pra ler ele!!1

  • muitooo bom esse texto muito intereçsante!!!!!!

  • faça uma teoria de quem ergueu as estatuas da ilha de pascoa no chile, responda-me por email.

  • XARADA

    GOSTARIA QUE VOCÊ PUDE SE CONSEGUIR ESSA RESPOSTA PARA MIM DE UMA CHARADA===O QUE A PIRÂMIDE FALO PARA O FARAÓ ?

  • Junior Academia

    Parabéns pela matéria realmente é impressionante !

  • Olavo

    Parabéns!!! Eu já havia lido, mas nunca comentado. Em fim, os dois estão de parabéns, tanto Marcelo quanto Mori. Infelizmente são ”brigas” de Teorias, e não de razões. Pois as pirâmides, ainda continua um mistério que desafia a mente humana. Como diz o velho ditado:

    ”O homem teme o tempo, mas o tempo teme as pirâmides.”

    Frase reflexão:

    “O homem expõe suas teorias, mas a verdade, ainda está distante da compreensão humana.”

  • Pingback: Tweets that mention A Pirâmide do Faraó Del Debbio I | Sedentário & Hiperativo -- Topsy.com()

  • Raphael

    Será que esses blocos não foram feitos no local, como se fosse um concreto?

    Qual a tua versão, Sr. Del Debbio?

  • O Mito da Fortuna do Faraó, as Pirâmides do Egipto mas a criação divina
    também está lá por exemplo o Deus do Sol!

  • juliana

    nossu isso naum servui para bosta nenhuma
    o que vcs tem eh mente?

  • laura moura

    Por gentileza preciso de uma orientação de um profissional nesta aréa, ñ tenho condições de pagar um engenheiro, pois estou fazendo uma construção em um terreno acidentado, onde neste, o grande problema é o volume de água que encontramos ao começar-mos as escavações, pois cada vez que cavamos com a intenção de acharmos o solo, para apartir dai podemos fazer as colunas o terreno esta parecendo uma verdadeira piscina olimpica, já até estamos utilizando uma bomba elétrica conhecida como bomba sapo mais mesmo assim ñ esta dando geito ela seca por algumas horas enquanto esta ligada, mais se pararmos logo logo ela volta aencher novamente. Por favor mem ajudem

  • juliane

    isso nao me ajudou em nada ! pois eu queria ou melhor QUERO o NOME DAS PI RAMIDES QUE FORMAM O COMPLEXO DE GIZÉ ! ha e seu trabalho esta OTIMO ! SE PULDER ME RESPONDER AGRADEÇO
    BJUS

  • aline

    por favor voce pode me ajudar ? quero o nome das piramides que formam o complexo de gizé acho que seu trabalho é maravilhoso !!! beijos

  • Irineu

    Olá
    Vejo que o Farao do egito nao tinha nem capacidade de fornecer marmita para seus 100.000 escravo, quanto mais recursos para tal obra.
    Se não o=s extra…. no passado nossa tecnologia era melhor que a de hoje, isto era, (assista documentario “a terra sem humano” e veja se os humanos nao realizar manutençao o que dura é só as pedras mesmo o resto apodrece.
    Irineu

  • Rob

    Pesquisa mal feita!!!
    1 – Todo arqueólogo sabe que as pirâmides não foram feitas pelos escravos e sim pelo povo egípcio em adoração ao faraó, ou seja todos participavam desde que não fosse a época da colheita agricola.
    2 – Desnivelamento 0º não corresponde a realidade. Até na Internet consta o verdadeiro dado arquitetônico.
    3 – Blocos de pedra com corte milimétrico também não corresponde a verdade. Só realmente alguém que nunca esteve lá para falar um absurdo desses. Existem áreas com acabamento das pedras caprichadas no lado interno, mas no lado externo da pirâmide, os blocos tem vãos de até 10cm devido as imperfeições no acabamento.
    4 – A rampa usada na construção das pirâmides seria em cacacol e feita de blocos de pedra e não de areia, como autor, desconhecedor das técnicas possíveis mencionou.
    5 – Existem evidências que a antiga área das pirâmides seria uma pedreira, inclusive a 200m de Gizet, tem o que sobrou de uma.
    6 – Um fusca nunca pesou uma tonelada. Não vou te passar de mão beijada esse dado. Pesquise por conta própria!!!
    Bom não vou mais perder meu tempo aqui!!!
    Garotada estudem, assistão a documentários BBC, Discovery, THC, etc…Para não serem enganados por pseudocientíficos da WEB.

  • Pedro Campolina

    Reli pela 10ª vez o artigo hoje. Genial 😉

  • arnon wolgan

    muito bom mesmo !

  • Pedro Campolina

    Depois de 7 anos retornando para reler esse artigo. Continua fantástico 😉