757_mediunidade_01

Mediunidade testada pela ciência

Uma pesquisa inédita usa equipamentos de última geração para investigar o cérebro dos médiuns durante o transe.
As conclusões surpreendem: ele funciona de modo diferente

MDD – Bem longe da disputa de egos do famigerado desafio de James Randi versus os charlatões americanos, a Matéria mostra em um estudo científico sério o que os Ocultistas, Umbandistas e Kardecistas já conheciam há séculos: que entidades, espíritos ou “fantasmas” nada mais são do que consciências de Planos mais Sutis da Árvore da Vida que podem utilizar-se das ondas mentais do Médium (e consequentemente de seu corpo) para se manifestar no Plano Físico (que consegue sintonizá-los tal qual um rádio sintoniza as estações). Ficamos muito feliz de ver que a ciência ortodoxa começa a caminhar com seriedade nesta área do conhecimento, demonstrando que, acima de qualquer misticismo e desassociando este fenômeno das religiões, existe um fundamento sólido e científico por detrás da mediunidade e que não há nada de “sobrenatural” nela.

 Veja: Os avanços da ciência da alma

Twitter oficial do autor da Coluna Teoria da Conspiração.

  • Mateus

    Para os interessados, aqui está uma análise dos resultados e limitações do estudo: http://www.skepticblog.org/2012/11/19/studying-the-brains-of-mediums/

  • Bruno

    Já reparei que sempre há artigos referentes a mediunidade, desencarne e espiritismo. Vocês são espíritas ?

  • E.T.

    Boa noite a todos!

    Quando um doente mental diz que esta ouvindo, vendo coisas, na realidade ele esta. Isso já foi comprovado por diversos métodos e em diversos experimentos. A diferença esta em que o que eles sentem não é compartilhado pelos demais… Seriam eles médiuns sem controle ? Ou seriam os médiuns, esquizofrênicos com controle sobre seus delírios? Há vários anos fizeram diversos experimentos com pombos-correio e baleias. Colocaram vendas nos olhos dos pombos, imãs em suas cabeças, soltaram eles durante o dia, a noite, a tarde, com chuva, etc… não importava o quanto se fizesse, sendo eles soltos, eles achavam o caminho de volta… as baleias também, as tartarugas, etc.
    Seriam todos estes animais dotados de sentidos além dos que nós conhecemos ? Um cientista publicar um artigo científico sobre mediunidade, paranormalidade ou qualquer evento sobrenatural seria leviano. O estudo revela semelhanças entre padrões mentais que ajudam os cientistas a entender melhor o cérebro, não o ocultismo. Ninguém, exceto os ocultistas, afirmam que os eventos são sobrenaturais. Como cético e ateu acredito numa explicação simples e casual, mesmo que isso não esteja ao alcance de nosso entendimento atual, como é o caso do pombo, das baleias, tartarugas, etc…. Nem tudo quem não é possível explicar, é inexplicável!

    • Orfeu

      Nem tudo que é oculto é inexplicável, nem tudo que é inexplicável é simples, nem tudo que é simples é normal. Pergunta: Será que o “doente mental” não tem alguma coisa que os pesquisadores ainda não sabem ? Afinal o procedimento padrão com pessoas esquizofrenicas, sociopatas e compulsivos violentos é internação e terapia arcaica de “reabilitação”. Um cientista publicar um artigo com os rigores exigidos e extrair daí resultados novos é um serviço incomensurável à ciência e à humanidade. Leviano é segurar o progresso científico e humano com os medos dos supostos “céticos e ateus” por causa dos seus preconceitos e crença. Ainda que provassem que mediunidade é balela, é necessário pesquisar, experimentar, analisar e concluir. Se nem tudo é inexplicável, por que o medo de tentar descobrir ?

      • E.T.

        hehehe…… mas não foi isso que eu disse ? Que há coisas que os cientistas não sabem explicar mas nem por isso é coisa do além ? Você reforça minha colocação tentando usar retórica (infeliz). Sociopata ? Não se usa mais este termo a alguns anos. Hoje, as clínicas de reabilitação são diferente do tempo que você leu sobre isso (pesquisa rápida no Google te colocará a par das novis !) Que medo os ateus e céticos demonstram ? Medo de pesquisas ? Somos nós, e não os crentes, que insistem no rigor científico e que buscamos na ciência as explicações para as coisas que os ocultistas dizem existir. Queremos sim explicações pq também vivemos neste mundo. Desculpe-me, analfabetos funcionais, que não entendem um texto, esta internet esta cheia. Sou A FAVOR da ciência, do experimento e da documentação. Leia e releia o meu texto, talvez entenda, talvez não…. Melhor, leia a pesquisa e suas conclusões diretamente nos sites dos pesquisadores, sérios por sinal, que realizaram os experimentos. Leia inclusive as conclusões a que os mesmos chegaram.

    • Colucci

      “Quando um doente mental diz que esta ouvindo, vendo coisas, na realidade ele esta. Isso já foi comprovado por diversos métodos e em diversos experimentos”

      Quando voce cita estudos ou voce coloca as referencias ou voce fica totalmente desacreditado.

      “O estudo revela semelhanças entre padrões mentais que ajudam os cientistas a entender melhor o cérebro, não o ocultismo”

      Qual estudo? Cade a referencia?

      • E.T.

        Sinceramente, vc deve estar de brincadeira ? Você realmente esta neste mundo conectado, atual e vibrante ? Você leu o estudo que o texto do MDD referiu ? Estamos falando da mesma coisa ? Qualquer mapeamento por imagem moderno é capaz de detectar as áreas do cerebro que estão em funcionamento no momento do exame. Um esquisofrênico no meio de um ataque, se ele alegar que esta vendo coisas, colocando o mesmo no scanner e o mesmo com os olhos vendados, no resultado do exame mostrará que a área do cérebro responsável pela visão estava ativa, com padrões iguais aos que seria de se espera de alguém que estava vendo algo. Isso vale para a audição, tato, etc. Vai me dizer que vc não sabia disto ? Pena, vc perdeu uma ótima de fazer um coment bom.

      • Alisson

        se as pessoas aprendessem a ler uma coisa até o final antes de sair comentando, certeza que teríamos muito menos analfabetos funcionais no país.

        http://revistaepoca.globo.com/vida/noticia/2012/11/os-avancos-da-ciencia-da-alma.html

        Os avanços da ciência da alma
        Uma pesquisa inédita usa equipamentos de última geração para investigar o cérebro dos médiuns durante o transe. As conclusões surpreendem: ele funciona de modo diferente
        DENISE PARANÁ, DA FILADÉLFIA, ESTADOS UNIDOS

    • Jeff Kapen

      Nem tudo quem não é possível explicar, é inexplicável! – estava indo tão bem…

      • E.T.

        KKKKKKK… o quem foi mal msmo (espero que vc esteja se referindo a isso)…. comenta mais ai, axo que seria proveitoso te ler!

  • J.C Fuentes Jr.

    Creio ser o fluxo natural das coisas, a humanidade esta destinada a evoluir espiritualmente e a ciência irá acompanhar. Apesar de todos os percalços que a humanidade vem passando. Prefiro ser otimista e crer que a noite é sempre mais escura antes do amanhecer. Essa é uma notícia que corrobora com isso.

  • renan

    e mais uma “pesquisa” tendenciosa”, minha familia inteira é espirita, eu era, mas começei a notar que MENTIUnidade é meio falho, e como muitos comentarios vão explicar, ouvir ver e sentir coisas que não estão lá, de fato, ira aparecer, mas, não prova que tem algo… alem da imaginação em ação… mas talvez haja, quando morrermos decobriremos, até la vamos ser felizes

  • ZatrazZ

    De fato interessante, mas foi bem apressado em suas conclusões. Aqui está uma análise mais cuidadosa de Steven Novella (http://en.wikipedia.org/wiki/Steven_Novella): http://www.skepticblog.org/2012/11/19/studying-the-brains-of-mediums/ .

    E algum excertos do artigo:

    “It should be noted that the authors are not trying to make a case that psychograpy is a paranormal or “extra-neurological” phenomenon. They are using psychography as an example of a dissociative state.”

    “Expertise in certain tasks has been shown to be associated with lower levels of activation in the correlating brain areas. The standard interpretation of this is that, with training and practice, the brain becomes more efficient at performing tasks. Some of the components of the task become ingrained in subconscious parts of the brain so that less conscious effort is required to perform them.”

    E uma pergunta interessante:

    “I also find the difference between novice and experts psychographers to be very revealing. If psychography were truly a matter of entering a trance-state in which another entity were taking over and doing the writing, why would there be any activity of the brain areas involved in such writing, and why the difference between novices and experts?”

    O estudo é interessante e pessoalmenente acho que deveria ser continuado, no entanto não se conclui nada de sobrenatural dele. Apenas que a hipótese inicial de que certas áreas do cérebro seriam ativadas (áreas como criatividade) não foi observada.

    • E.T.

      Você escreve e se expressa melhor que eu. Parabéns! Acredito que possa haver situações diferenciadas para algumas pessoas que a ciência não explica, mas acredito que seja falta de ferramenta adequada dos cientistas. Vi alguns vídeos reais de operações mediúnicas executas por um brasileiro. Infelizmente não me recordo o nome, mas esta amplamente acessível nos sites de videos da internet. Nestes vídeos, este brasileiro, usando um bisturi, faz laparoscopias exploratórias em pessoas em pé, sem anestesia, sem assepsia, sem assistência… Ele coloca as mãos inteiras no abdomem das pessoas retirando coisas, visíveis, outras não, costura de qualquer jeito e a pessoa sai andando, sem qualquer complicação aparente. Explicar isso ? Algumas faculdades acompanharam os procedimentos pré, durante e pós operatório…. não houve qualquer complicação com qualquer dos submetidos as operações. Apesar de impressionante e indo contra todos os preceitos médicos e de apoio a vida as pessoas sobreviveram e reportaram melhora. A ciência não se interessou por estes casos e, não que eu saiba, existe métodos para estuda-los. Esta em tempo da ciência entrar nesta história.

  • igor

    Ótimo. A pesquisa mostrou que médium é maluco. Eu já desconfiava…

  • MetalSeven

    Isso é comedia! Cambada de esquizofrênicos!

  • Felipe

    Penso eu que ocultistas de verdade não acreditam em absolutamente nada sobrenatural. Não existe sobrenatural, tudo é natural, o que acontece é que o que chamamos de “ciência” ainda não possui meios de testar algumas coisas, AINDA, mas é uma questão de tempo.

  • Breno Peck

    Esse estudo prova que, durante a psicografia, diferentes áreas do cérebro são ativadas em comparação à escrita normal. E só.

    Que são espíritos por trás da escrita manifestando-se no plano material ainda resta a ser comprovado.

    A análise do Skeptic Blog http://www.skepticblog.org/2012/11/19/studying-the-brains-of-mediums/ linkada aqui pelo Mateus me parece bastante razoável. A bem da verdade, esse estado de transe é bem conhecido dos budistas e de outros religiosos praticantes de meditação. No caso específico do zenbudismo, que aceita a iluminação ser um caminho alcançável através de diferentes atividades (inclusive meditação), esse estado não é nenhuma novidade.

    Há um relato interessante no livro “A arte cavalheiresca do arqueiro zen” que fala justamente sobre isto, mas sem mencionar espíritos ou mediunidade.

  • Mystery Man

    Todos teremos nosso dia de saber a verdade…Uh,hu,hu…ha,ha,ha…

  • Marcelo

    O homem em sua imutável arrogância, sempre acha que que o conhecimento humano é suficiente para explicar todas as coisas. Em um dado momento da história, as pessoas mais inteligentes juravam que a terra era plana e no final havia um abismo. E ai de quem discordasse.
    Há muitos fenômenos que são inexplicáveis apenas por uma questão de falta de conhecimento e evolução. Muitos mitos do presente, serão motivos de risadas no futuro. Talvez até mesmo as crianças leiam nossos relatos e não entendam como era possível acreditarmos em fantasmas, quando na verdade a explicação era outra totalmente diferente.
    Temos muito o que descobrir sobre a mente humana e a energia que nos cerca.
    Penso que esse seja o caminho para desvendar muitos fenômenos. Energia.

  • Ray

    «(…)existe um fundamento sólido e científico por detrás da mediunidade e que não há nada de “sobrenatural” nela.»

    «(…) não há nada de “sobrenatural” nela.»

    «(…) NADA DE “SOBRENATURAL”»

    Sublinho esta parte aqui, pois fiquei com a sensação de que os cidadãos acima não a leram nem a entenderam.

    E a roda é redonda.

  • Mahamudh Fernandes

    Marcelo, desculpe estar postando esta pergunta aqui, estou perguntando aqui porque por alguma razão eu não estou conseguindo acessar o TdC. Eu queria saber se você conhece uma ordem chamada B.O.T.A e qual sua opinião sobre a mesma, é séria, tem fundamento?
    Obrigado e desculpe mais uma vez!

  • Muito legal, ainda bem que a ciência esta estudando e aceitando tais fatos

  • Gostei da foto da mulher na mesa, me remeteu ao Chico Chavier. Muito interessante a matéria. Ainda bem que a ciência está testando. Nos EUA a polícia trabalha com médiuns para resolver investigações criminais. Em canais como o Discovery Channel tem documentários que falam a respeito exclusivamente disso.