Sefirat ha Omer – parte 4


Olá crianças,

arch_titus.jpg

Tolerância, Força moral, Ambição
Tolerância e ambição formam uma combinação de determinação e tenacidade. É um equilíbrio entre a paciência, persistência e coragem. Tolerância também é ser confiável e responsável, o que estabelece confiança e compromisso. Sem tolerância, qualquer esforço bem-feito ou boa intenção não têm chance de sucesso.
Tolerância significa estar vivo, procurar objetivos saudáveis e produtivos. É a prontidão de lutar pelo que você acredita, de ir até o fim. Sem tal comprometimento, qualquer incumbência permanece plana e vazia. É uma energia que vem do interior e não se detém perante nada, para conseguir suas metas. Isto, é claro, requer que a tolerância seja examinada atentamente para assegurar-se que é usada de maneira saudável e produtiva.
Pergunte-se:
Quão compromissado estou com meus valores?
Até que ponto eu lutaria pelos outros?
Sou facilmente influenciável?
Que preço estou pronto a pagar por minhas crenças?
Existe alguma verdade pela qual estou disposto a dar minha vida?

dia22a.jpg
Primeiro Dia:
22º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 22 dias que perfazem 3 semanas e 1 dia do Ômer.”
Chesed de Netzach
Bondade na Tolerância
Para que algo seja tolerado é necessário que seja amado. Uma atitude indiferente ou neutra reflete-se num comprometimento apenas parcial. Se você tem dificuldade em se comprometer, examine o quanto você ama e aprecia o objeto que requer seu comprometimento. Amo meu trabalho? Minha família? Minhas escolhas?
Para que a tolerância seja eficaz, é necessário que seja atenta e carinhosa. Tolerância sem amor pode ser contraproducente. Tolerância bruta pode ser entendida como rude e agressiva, o que diminui a cooperação dos outros. Por pura determinação, alguém pode freqüentemente tornar-se controlador e exigente, afastando as pessoas. Para que a tolerância tenha sucesso, é necessário uma atitude amorosa, é preciso paciência.
Minha tolerância faz com que eu seja, ou aparente ser, inflexível?
Minha energia e determinação fazem-me ser controlador?
Sou exigente demais?
Os outros (meus empregados, amigos, filhos) cooperam comigo pela pura força de minha vontade e energia, ou por amor?
Minha tolerância é desagradável?
Para conseguir meus objetivos, permitiria que outros fossem prejudicados?
Acredito que o fim justifica os meios?
Não me deixaria refrear por nada, apenas para conquistar minhas metas?
Quando minha tolerância prevalece e supero os obstáculos no meu caminho, ainda sou carinhoso?
Até ao me defender e a outrem contra influências daninhas, sou movido por amor ou ódio? (veja Segunda Semana, primeiro dia).
Exercício para o dia:
Ao lutar por algo em que acredita, pare por um momento para assegurar-se que isto está sendo feito de maneira carinhosa.

dia23a.jpg
Segundo Dia:
23º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 23 dias que perfazem 3 semanas e 2 dias do ômer.”
Geburah de Netzach
Disciplina na Tolerância
Examine a disciplina de sua tolerância. A tolerância pode ser direcionada para metas produtivas e expressa de maneira construtiva.
Minha tolerância e determinação estão centralizadas para ajudar-me a cultivar bons hábitos e quebrar os maus?
Ou acontece justamente o contrário?
Minha tolerância origina-se na força ou na fraqueza?
Origina-se em convicção profunda ou na defensiva?
Sou tenaz por teimosia e tenho má vontade para reconhecer erros?
Estou convicto de certas decisões e com má vontade para revê-las?
Uso minha tolerância contra ela mesma, sendo tenaz na minha falta de determinação?
Exercício para o dia:
Quebre um mau hábito hoje.

dia24.jpg
Terceiro Dia:
24º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 24 dias que perfazem 3 semanas e 3 dias do ômer.”
Tiferet de Netzach
Compaixão na Tolerância
A tolerância saudável, dirigida a desenvolver boas qualidades e modificar as negativas, será sempre compassiva. A compaixão da tolerância reflete a mais bela qualidade da tolerância: um comprometimento tolerante para ajudar o outro a crescer. Tolerância sem compaixão é mal dirigida e egoísta. Tolerância necessita não apenas ser carinhosa com aqueles que precisam de amor, mas também compassiva com os menos afortunados.
Minha determinação compromete minha compaixão pelos outros?
Sou capaz de elevar-me acima de meu ego e sentir empatia com meus competidores?
Sou generoso na vitória?
Exercício para o dia:
Seja paciente e ouça as pessoas que geralmente o deixam impaciente.

dia25.jpg
Quarto Dia:
25º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 25 dias que perfazem 3 semanas e 4 dias do ômer.”
Netzach de Netzach
Tolerância na Tolerância
Examine o aspecto tolerância da tolerância. Todos têm força de vontade e determinação. Temos a capacidade de suportar muito mais do que imaginamos, e triunfar sob as mais duras circunstâncias.
Pergunte-se:
Meu comportamento é inconstante?
Sou consistente e confiável?
Já que possuo força e determinação, por que sou tão instável?
Tenho medo de acessar minha tolerância e habilidade de comprometer-me?
Temo sentir-me encurralado pelo meu comprometimento? Caso a resposta seja sim, por que?
É uma reação a algum trauma do passado?
Ao invés de cultivar a tolerância em áreas saudáveis, desenvolvi uma capacidade de tolerância por experiências desagradáveis?
Suporto mais a dor que o prazer?
Estou substimando minha capacidade de tolerância?
Exercício para o dia:
Comprometa-se em desenvolver um novo bom hábito.

dia26.jpg
Quinto Dia:
26º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 26 dias que perfazem 3 semanas e 5 dias do Ômer.
Hod de Netzach
Humildade na Tolerância
Submissão – resultante da humildade – é um elemento essencial da tolerância. Apressar-se às vezes pode ser uma fórmula para a destruição. O carvalho, por não ter a capacidade de curvar-se numa tempestade, é arrancado. O junco, que se curva à força do vento, sobrevive sem problemas.
Eu percebo quando devo curvar-me, por força e não por medo?
Por que freqüentemente sinto-me temeroso de me submeter?
Tolerância é alavancada pela força interior.
Hod de netzach é o reconhecimento humilde de que a capacidade de tolerar e triunfar origina-se na alma que Deus deu a cada pessoa. Esta humildade não compromete o impulso da tolerância; ao contrário, intensifica-o, porque a tolerância humana apenas pode ir até um certo limite, ao passo que a tolerância que vem da alma Divina é ilimitada.
Atribuo meu sucesso apenas à minha própria força e determinação?
Estou convencido que sou todo poderoso devido ao meu grau de tolerância?
Onde consigo a força quando tudo parece tão árido?
Exercício para o dia:
Ao acordar, agradeça a Deus por ter-lhe dado uma alma com o extraordinário poder e versatilidade para tolerar, apesar de desafios fatigantes. Isto lhe permitirá conseguir energia e forças para o dia todo.

dia27.jpg
Sexto Dia:
27º dia da Contagem do Ômer
Conte esta noite: “Hoje são 27 dias que perfazem 3 semanas e 6 dias do ômer.”
Yesod de Netzach
Vínculo na Tolerância
O vínculo é uma qualidade essencial da tolerância. Expressa seu comprometimento imutável com a pessoa ou experiência à qual está se vinculando, um compromisso tão poderoso que você suportará tudo para preservá-lo.
Tolerância sem um vínculo não resistirá.
Exercício para o dia:
Para assegurar-se da resistência de sua nova resolução, vincule-se a ela imediatamente. Isto pode ser atingido ao tornar prontamente verdadeira sua resolução com algum ato construtivo, ou comprometendo-se com o próximo.

dia28.jpg
Sétimo Dia:
28º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 28 dias, que perfazem 4 semanas do ômer.”
Malchut de Netzach
Nobreza na Tolerância
Soberania é a pedra fundamental da tolerância. Tolerância que envolve as seis qualidades prévias é de fato um tributo e testemunho da majestade do espírito humano.
Minha tolerância é dignificante?
Ela expõe o que há de melhor em mim?
Quando confrontado com o sofrimento, comporto-me como rei ou rainha, caminhando orgulhosamente de cabeça erguida, confiante nas forças que me foram dados por D’us, ou me acovardo e encolho com medo?
Exercício para o dia:
Lute por uma causa digna.

————
Novidades
Ordem Demolay. A loja maçônica Madras, a qual eu pertenço, vai fundar um capítulo Demolay. A Ordem DeMolay é uma Ordem Iniciática paramaçônica que tem como objetivo preparar melhores cidadãos e líderes através do desenvolvimento do caráter, enfatizando as virtudes do Amor Filial, Reverência pelas Coisas Sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo.
A Ordem DeMolay não tem a pretensão e não deseja tomar o lugar do lar, da igreja ou da escola nessa busca do aperfeiçoamento, mas, sim, coadjuva-los com um programa de ensinamentos visando uma boa cidadania a seus membros.

Como o tio Marcelo não tem filhos nem parentes próximos, decidi que apadrinharei alguns dos meus sobrinhos virtuais que queiram fazer parte de uma Escola Iniciática. Como a maioria dos tios que vai patrocinar o capítulo é ocultista, vocês terão a oportunidade de estudar não apenas com o tio Marcelo, mas também com especialistas em outras áreas do ocultismo.

Os interessados em participar devem ser homens, de 13 a 18 anos, moradores de São Paulo, capital e que tenham os sábados livres.
Escrevam para [email protected] um email com:
– título do email “DeMolay”
– dados pessoais.
– data de nascimento completa (dia, mês, ano, horário e local).
– um pequeno texto com o título “O que é Fé para você? como ela influencia o seu dia a dia?”
– um pequeno texto com o título “por que desejo estudar ocultismo?”
(não mandem attachs, copiem e colem as redações no corpo do email).

Não precisam ter pressa. Eu pretendo fazer minhas indicações até o final do mês, então não saiam escrevendo qualquer coisa. Parem, meditem sobre os temas e depois escrevam com calma as redações.

——

Cursos
– dia 17/05 – Astrologia Hermética
– dia 18/05 – Tarot (Arcanos Menores)
informações: [email protected]

  • Thai

    Bem que eu queria entrar mas já passei da idade..

  • kK

    Marcelo,

    Me responde uma pergunta simples: Fohat é Amor, no fim das contas ?

  • FiliPêra

    Lancei mais um pacote de PDF’s, com as últimas colunas de perguntas e respostas e sobre Thelema.
    O link é:
    http://nerdssomosnozes.blogspot.com/2008/04/teorias-da-conspirao-p-r-e-thelema.html

    Boa leitura…

  • Não seria até 21 anos? 😉 Bela iniciativa, tio!

    @MDD – Seria até os 21, mas prefiro que meus indicados fiquem na Demolay pelo menos 2 anos, para ter certeza que estão aptos a serem indicados para outras ordens posteriormente, de acordo com os interesses deles. Mas posso pensar em aceitar gente com 19-20 anos. Se voce esta nessa posição, pode tentar me convencer a indicá-lo.

  • kelly

    Divertindo-se com as ferramentas 2.0? 😉
    Too bad que não serve para meninas. Heh

    Qdo rolar aquele lance do terceiro sábado.. é possível me avisar?
    bjos, ótemo fds!

    @MDD – ok. Bem… há as Rainbows e as Filhas de Jó, ordens paramaçônicas para garotas (com ritualística modificadas para os chakras femininos). Creio que como há muitos maçons com filhas mulheres na loja Madras, quando o Capítulo começar a operar eles devem pensar em fundar algum capítulo nesse sentido.

  • Elrik de Melniboné

    Salve Del Debbio.
    Acabei de ler o seu post anterior, e acho que é um bom momento para repetir uma pergunta que fiz a algum tempo mas ficou perdida entre os comments: Como fazemos para saber se temos um enconto na nossa cola e se tivermos, como nos livramos dele?
    Só para avisar: A pergunta é séria, não sou nenhum alucinado de igrejas picaretas ou um misticóide ultra crédulo.
    Grato pela atenção.

  • nelson cunha

    Parabéns e obrigado pelo seu trabalho.Pratico yôga a 8 anos (Dakshinacharatántrika-Niríshwarasámkhya Yôga) e suas conexões são muito precisas.
    Um abraço,TIO!

  • PATRÍCIA

    Pq. a Ordem DeMolay é formada apenas por homens???? Devem ter uma explicação razoável, pois não há como discutir princípios e virtudes como “desenvolvimento do caráter, amor filial, cidadania.. etc”, considerando que a MULHER é excluída deste grupo….

    @MDD – leia meus posts antigos, onde eu explico sobre Templos Solares e Templos Lunares.

  • Petri

    Bem, hoje mesmo fui elevado a grau DeMolay.
    Um capítulo sendo fundado na loja Madras? Legal quero conhecer. A Ordem DmOlay não é sobre ocultismo na verdade (não da forma como alguns podem esperar que seja), mas é interessante ver essa notícia. A gente se fala!

    Aos forasteiros, cautela!
    Aos tios, um agradecimento!
    Aos irmãos, um abraço fraterno!

    Desejo fortuna a todos.

  • Spider Jerusalém

    Marcelo, tipo, nada a ve com o topico, mas eu tenho uma pergunta.
    Eu moro em Pelotas – RS e tem uma maçonaria aqui na minha cidade, como eu faço pra conhece melhor ela e talz. Entro lah ,me apresento e peço pra participar?
    Tem idade mínima pra essas coisas? Eu tenho 19 anos.
    Eh isso, abraço.

    @MDD – 19 anos é a Ordem Demolay. Basta você entrar em contato com eles (maçons ou verificar na internet se existe algum capítulo da Demolay na sua cidade) e conversar com eles. É muito mais simples de entrar que na Maçonaria, que a idade mínima é 21.

  • raph

    por acaso os quatro elementos (fogo,agua,terra,ar)
    sao representações dos estados físicos ou apenas representações de alguma outra coisa?
    queria saber isso pq eh meio estranho esse negocio de 4 elementos formando tudo
    isso vem dos alquimistas né?
    acho a coluna incrivel parabens

    @MDD – são simbólicos. Mas os 4 elementos representam TUDO: Espíritual, emocional, mental e material.

  • ralph

    ola
    estou postando de novo pq axo q nao apareceu na primeira vez…
    queria saber se os quatro elementos (terra,ar,fogo,agua)
    são representações dos estados fisicos ou representações de alguma outra coisa..
    sempre acompanho a coluna
    parabens

  • Mestre DD,
    A gente pode fazer os exercícios e meditar sobre essas coisas mesmo depois do período do Sefirat? Tem alguma contra-indicação? Sei que não vai ter uma egrégora forte, e tal, mas é não recomendável?

    @MDD – sem problema nenhum… na verdade, deveríamos fazer TODOS os exercícios TODOS os dias… na medida das oportunidades que surgirem.

  • Cassidy

    Ótima iniciativa a da Demolay, DD.

    Desejo fortuna a todos os seus sobrinhos.

    Abraços
    Cassidy

  • Leo

    Bem na hora, estava ficando preocupado em não estar em casa para, pelo menos, imprimir os exercícios =)
    Boas meditações a todos o/

  • Salve, Tio!

    Fico feliz que a Madras inaugure um Capítulo DeMolay! Avise quando ele for instalado, por favor, de modo que possamos entrar em contato com o Conselho Consultivo e com os Conselheiros. Embora em diferentes estados [Rio de Janeiro e São Paulo], é sempre bom estar ligado aos Irmãos.

    Um abraço

    PS: Lembrem-se de desejar Feliz Dia das Mães às suas respectivas mães!

  • william silva

    DD demais esses exercicios mas dessa vez vc só colcou uma semana! nao tinha prometido postar 2 semanas em cada post? outra coisa… interessante esse seu ato de “apadrinhar” um jovem demolay pq eu posso dizer… sou demolay (hoje sou sênior) e boa parte do meu crescimento moral veio da ordem… nao consigo pensar como seria minha vida hj sem o meu ingresso na ordem….
    pra quem tiver lendo esse comentario e tiver idade recomendo com empenho analisar a proposta do DD e ingressar na ordem…. jamais irao se arrepender

  • Tio, sou demolay e acho a Ordem maravilhosa e de grande ajuda para aperfeiçoarmos nosso caráter. Mas pelo menos aqui no meu capítulo, nunca tivemos nenhuma palestra ou algo do gênero sobre ocultismo e acho que seria muito interessante se ouvesse. Mesmo assim recomendo muito que aqueles que o Tio Marcello escolher que entrem pois não se arrependerão.

    P.S. : Tenho uma dúvida que não é relacionada ao post. Porque dizem que o Livro da Lei só pode ser lido uma vez?

  • Márcio Melo

    Puuutz…faço 18 anos daqui a 2 meses…=/
    Bem que eu queria entrar pra Ordem DeMolay, mas nem dá…=/

  • Marcos

    Que barafunda é essa?

  • Diego Dias

    13 a 18?

    Puxa… =/

    Qual a ordem para 19 a 22 anos? Só a ordem maçônica mesmo?

    Bem, fica para próxima.

    Afinal, quando o aprendiz está pronto, o mestre aparece!

  • Maurício

    Não sei se alguém já perguntou,
    mas o que tu acha de Milton Bill Cooper e Jordan Maxwell?
    Coerentes, interessantes, duas velhas lavadeiras balbuciando?
    Aliás, lembra o pessoal de fazer o tema de casa…

    Aquila non capit musca 😛

  • Rodrigo M Ferreira

    Mais uma vez, parabéns pelo texto. Um abraço x3.

  • Fábio Castro

    Otima iniciativa a sua, pena que já passei da idade e sou do interior.
    Estou fazendo as meditações, ta sendo otimo pra enchergar certas coisas que passam em branco no meu dia a dia.Realmente o caminho do auto-conhecimento e desenvolvimento é muito dificil e espinhoso.

    Abraços a todos.

  • Renis Ramos

    DD gostaria de saber (não me lembro se você ja respondeu isso, caso sim..repita por favor), sobre ser mencionado que os pecados ou erros (eu acho) de uma pessoa fica preso durante 20 gerações… acho que é mais ou menos isso.

  • Eu queria poder participar…
    Mas além de idade e localização, ainda tem a questão de sexo!!

    ^_^

    To por aqui, viu?

    (A menina do SANA, caso tu num se alembre di mim…)

  • Gabriel Bagre

    E vamo que vamo, com o Omer…
    As vezes é difícil, mas tento ser persistente…

    Quanto ao Capítulo, sucesso para vocês!

    Se eu fosse de sampa, até tentaria a sorte…
    anyway.
    Como falaram acima…
    Quando o discupulo está pronto, aparece o mestre.

    Abraço.

  • tulio”

    Tudo bem DD?
    Voces vao preparar algum material especialmente pros Demolays que forem iniciados, tipo informaçoes ocultas de cada grau, aprofundamento no estudo dos mesmos… Depois que li seus posts aqui no Sedentario passei um bom tempo analisando os 4 graus da ordem, li os rituais e fiquei bobo com tanta coisa que sempre esteve ali, na minha frente, e eu nunca vi!!!
    as 7 velas, os 3 conselheiros, 7 preceptores.
    Se voces forem preparar um material diferenciado teria como vc disponibilisar pra outros capitulos?? Sei que teria que provar quem eu sou e o quanto eu sei… mas fica aqui o pedido!

    obrigado!

  • AcauaSilva

    DD,
    qual a relação da Sefirat haomer com a estrela setenária?
    pois pelos planetas que não é… então qual a relação?

  • rapl

    ola
    os quatros elementos (fogo,terra,ar e agua) seriam representações de
    alguma coisa ou representações dos estados físicos?

  • Eu sozinho

    Marcelo,
    Certa vez eu estava em uma fila comentando com um amigo meu sobre a maçonaria, porque um dos meus antepassados foi maçon, fundador de loja, esteve até com D. Pedro por uma ocasião (sim, é antepassado mesmo). Em meio a conversa fomos interropidos por uma pessoa que virou e me perguntou.. “xxxx xxxxxx?”. Logo identifiquei-o como membro da fraternidade, e respondi… NÃO, pois sou profano. No entanto, ele não se excluiu de nos responder algumas perguntas. Embora ele demonstrasse pouca habilidade para responder as perguntas que fazíamos, aproveitei que estava diante de um membro e fiz uma pergunta de particular interesse “A Maçonaria aceita homossexuais?” Ele me disse enfático … “NÃO!”. Inssisti e perguntei porque eles não aceitavam. A resposta foi a pior que eu poderia ouvir. “PORQUE HOMOSSEXUAIS SÃO UMA ABERRAÇÃO”. Tendo em vista que você me parece ser uma pessoa mais esclarescida, gostaria de saber se esta posição totalmente homofóbica é relmente a posição da Maçonaria.
    A Maçonaria e as Ordens ocultistas tratam a homossexualidade como aberração?

    @MDD – não existe um “posiçao da maçonaria”, porque como somos livres-pensadores, cada maçom é livre para ter suas próprias idéias. Temos só na loja que frequento, para servir de exemplo: judeus, budistas, umbandistas, xamãs, thelemitas, rosacruzes, cátaros, católicos… ou seja, se você perguntar o que a Maçonaria pensa de Jesus, não há uma resposta. Se você perguntar o que a maçonaria acha de buda, não há resposta, se você perguntar o que a maçonaria acha de pizza de calabreza, não há uma resposta (pois há vegetarianos e carnivoros radicais lá dentro…). Então você deve ter tido o azar de pegar um profano-de-avental que não aprendeu nada na maçonaria. Infelizmente existem e não são poucos…

  • Antonio Augusto

    estou lendo um livro q estou achando muito interessante, “La Cabala” de Papus, é uma boa leitura para quem busca sabedoria sobre a kabalah ???
    agradeço se for respondido…

  • Sobre a pergunta de alguém sobre os 4 elementos… na parapsicologia estuda-se as quatro personalidades da psique, que falando superficialmente, representam a mesma coisa que os 4 elementos…

  • Ah, desculpe, Tio, esqueci de oferecer ajuda, se precisarem, ao menos no quesito informações e dicas, do nosso Capítulo, o Imperial de Petrópolis, nº 470. Qualquer coisa, é só falar comigo pelo e-mail.

    E fiquei impressionado de saber que as Filhas de Jó tem um ritual adaptado… não tem um [b]Betel[/b] [o Capítulo delas] por perto e nunca tive contato com qualquer coisa delas, mas, não sei… às vezes parecia mais um Live Action de Changeling do que qualquer outra coisa…

    Aliás, Promethea é bom, hein? E li outro dia a mesma frase que você usou numa resposta da Parte 2 do outro tópico – “Como alguém vende uma alma?”. Sandman, sabe?

  • Eu sozinho

    Marcelo,
    Obrigado por sua resposta. Porém não ficou claro para mim, mas talvez eu não tenha feito a pergunta de maneira certa. Oque quero saber é:
    Existem homossexuais iniciados ? A Ordem aceita homossexuais ?
    Essas perguntas me vieram a mente pelo post onde onde dizia :
    “Aleister Crowley foi um dos primeiros a estudar variações destes rituais para homossexuais masculinos, em 1874” (15/nov/2007)
    Sou homossexual e fiz parte de uma religião cristã por muito tempo onde aprendi a ter culpa de tudo que sou e viver infeliz. Depois que me afastei da religião, tentando reconstruir uma identidade, cheguei a desacreditar de Deus em todas as suas formas durante algum tempo. Na tentativa de recuperar a fé em alguma coisa, fui estudando e buscando informações onde pude, mas principalmente na internet, eu já havia conversado com outros maçons, que se aproximaram de mim por causa do meu sobrenome (eles diziam que eu era “neto de bode”), pois eles haviam encontrado registros sobre um antepassado meu que foi fundador de loja. Porém o caso que citei anteriormente foi a maior abertura que tive com alguém da fraternidade, que pelo visto, não aprendeu nada. Como você mesmo disse, um profano de avental.
    Sua coluna tem me ajudado a por um pouco de luz e sentido em tudo, pelo qual tenho muito a lhe agradecer.

  • Corredor X

    “@MDD – não existe um “posiçao da maçonaria”, porque como somos livres-pensadores, cada maçom é livre para ter suas próprias idéias. Temos só na loja que frequento, para servir de exemplo: judeus, budistas, umbandistas, xamãs, thelemitas, rosacruzes, cátaros, católicos… ou seja, se você perguntar o que a Maçonaria pensa de Jesus, não há uma resposta. Se você perguntar o que a maçonaria acha de buda, não há resposta, se você perguntar o que a maçonaria acha de pizza de calabreza, não há uma resposta”

    a maçonária intão não tem opniões concretas? mas ela num é uma ordem que prega alguna coisa, difunde outras, e não tem respostas para coisas que vão de simples e complexas? porque uma ordem tem suas regras, suas opniões, como qualquer ordem, até porque se chama ordem .. se cada um pensa de um jeito é um clube de conversa, e você falou iosso so pra dizer aliviar o peso da maçonaria como grupo, e dividir a parcela de proconeito contra homosexuais por cada pessoa ? como uma ordem que prega amor, freternidade, conhecimento, chega a tal ponto preconceito ? a homosexualidade, existe há muito tempo não é?

  • TH13

    Opa!

    Só para não deixar em branco esse post… tava olhando a resposta para a pergunta do “Eu sozinho”. São livres pensadores, mas você só deu exemplo de pensamento religiosos, mas não mencionou sobre homossexuais, zoófilos, bígamos ou divorciados, por exemplo. E o pensamento é livre contanto que você não seja ateu, certo?

    @MDD – achei sua pergunta carregada de preconceito. Porque você colocou homossexuais no mesmo nível de zoófilos, bígamos, pedófilos e coisas assim? acho que há uma distinção moral muito grande entre dois adultos do mesmo sexo que consentem no que estão fazendo de fazer sexo com animais ou crianças… a resposta para a opinião sobre zoófilos, pedófilos ou qualquer outro tipo de depravação é meio óbvia não? Já quanto à homossexualidade, já vi diversas opiniões diferentes lá dentro.
    E sim, uma das premissas básicas é crer no Grande Arquiteto do Universo, seja qual nome ele receber em qualquer religião.

  • Spider Jerusalem

    Po Marcelo, eh a segunda vez que eu pergunto algo e tu não responde.
    Dessa vez tu respondeu as perguntas de quase todo mundo e a minha não.
    Dah pra saber porque?

    @MDD – mas eu respondi sua pergunta…

  • Marcio

    @Eu Sozinho

    O DD tá se esquivando das perguntas, mas sobre homossexuais iniciados na Maçonaria, conheço alguns, cuja orientação sexual já era conhecida antes da iniciação, e não acarretou qualquer problema.

    Assim como sei de casos em que não foram aceitos por este motivo, pq a Loja não aceitava. Enfim, profanos de avental…

    @DD Bígamo é uma depravação? Pq? E se houver “consentimento entre três adultos de qualquer sexo”, isso é moralmente errado?

    Nada a opor contra o pensamento sobre ped0filia e zoofilia, já que em ambos casos não há consentimento entre as partes envolvidas e, logo, são atentatórios à liberdade dos seres.

    @MDD – calma lá… poligamia consentida, menages, swingues e afins são muito muito diferentes de “bigamia”, que tomei pelo sentido do cara ter duas famílias sem que uma saiba da existência da outra!!!

    Attz.

  • TH13

    OK, o outro post ficou muito longo, deve ser por isso que não foi postado.

    Não falei em pedofilia, você falou. Não coloquei todos no mesmo patamar, você colocou. Aliás, divorciados e bígamos não tem nada a ver com zoófilos, eu só listei características diferentes que implicam em liberdade de pensamento (eu não mencionei zoófilos praticantes, e não entendi porque você associou imediatamente zoófilos com pedófilos).

    @MDD – porque são atos sexuais cometidos contra elementos (crianças, animais) que não tem consciência para o devido consentimento. E não os coloquei no mesmo patamar, pelo contrário, os separei.

    E a impressão que dá, pelo seu post, é que eles (os divorciados e bígamos)seriam “qualquer outro tipo de depravação”. Nenhuma menção aos divorciados e bígamos na sua resposta.

    @MDD – conheço varios maçons divorciados, mas nenhum bígamo. Na verdade, não conheço ninguém bigamo… (estou colocando bígamo como aqueles sujeitos que tem duas famílias e uma não sabe da outra, previsto em lei). Não tenho nada contra se os 3 ou mais adultos concordarem em manter quaisquer tipo de relação socio-econômica-sexual entre eles.

    A resposta em si, então, para o “Eu sozinho” é a seguinte: depende de qual Loja você vai. É isso?

    @MDD – exato.

  • TH13

    Tá muito estressado, MDD. Vai fazer tai-chi, relaxar, bem zen.

  • TH13

    Você colocou crianças e animais no mesmo patamar agora!!!!!

    Ok, ok, tô brincando nessa. Valeu pela resposta, esclareceu. Imagino que na Rosacruz seja o mesmo posicionamento.

    A titulo de curiosidade, bigamia, pela lei, é você contrair casamento já sendo casado ou casar com alguém que já é casado, sabendo esse fato. É indiferente se as duas esposas ou dois maridos sabem ou não da existência do outro (isso está mais para adultério).

    @MDD – hmmm é vero. Acho que pensei “adultério” e coloquei “bigamia”.

  • TH13

    Mais uma pergunta, daí eu sossego: você falou que VOCÊ não tem nada contra trê sou mais adultos manterem uma relação desse tipo. A Maçonaria não tem nenhuma vedação nesse sentido também, imagino.

    @MDD – juro que não sei… nunca vi ou ouvi qualquer tipo de discussão ou comentário a respeito ali dentro… Acredito que seja uma decisão pessoal de cada pessoa, mas imagino que, pela imensa maioria dos membros serem pais de família, avôs, conservadores, etc, não deve ser algo muito bem visto não…
    Não entendo de leis, mas se a lei no Brasil diz que é ilegal, então com certeza é malvisto.

  • Mestre DD,

    Eu me peguei na curiosidade…
    Você podia mostrar-nos algum(ns) dos seus projetos/plantas/desenhos?
    Alguma foto ou desenho mesmo, sei lá ^^”

  • André

    Tio

    Vamos conversar sobre exorcismo na igreja católica?

    http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/elpais/2008/05/14/ult581u2582.jhtm

    grande abraço
    André

  • Padre Judas

    Mas o que o estatuto (acho que o termo correto seria landmarks ou algo assim) da Maçonaria diz a respeito?

    O “problema” é que “bons costumes” é genérico e aberto a interpretações. Daí abre-se possibilidades para todos os preconceitos.

  • Guilherme

    Olá Marcelo,

    Comecei a ler a coluna há alguns meses e isso me levou a recuperar uma espiritualidade que eu havia de certa forma “perdido”. Tenho algumas duvidas sobre Astrologia, Cabala e Tarot:

    1 – Como a astrologia lida com a precessão dos equinócios? Aquela historia de que quando a astrologia foi desenvolvida as constelaçoes estavam numa posição diferente em relaçao ao planeta e por isso hoje em dia estaríamos com signos “atrasados”. Quem nasce sob o signo de Áries, na verdade nasceria sobre a influencia de Peixes, por exemplo. Eu entendi que os signos são apenas simbolos representando as energias que inflenciam cada “pedaço” do céu, mas mesmo assim, isso nao deveria mudar o teu horóscopo do mesmo jeito? A maioria dos sites e alguns livros que li pareciam ignorar a precessao, mas encontrei esse site que diz que ela devem ser considerados o signo levando em conta e tambem sem levar em conta a precessao. Diz inclusive que hoje em dia o “atraso” é de 24°.

    “Os astrólogos indianos conhecem perfeitamente essa defasagem, a que chamam de ayanamsa, e que levam em consideração na interpretação dos horóscopos.”

    http://www.nova-lis.com/index.php?option=com_content&task=view&id=626&Itemid=203

    Acho que precisa registrar para ver o site, Escola de Astrologia Nova-Lis.

    Entao influencia mesmo? Eu nasci sob Escorpiao (daí o fascínio pelos mistérios…), mas acho que também tenho varias caracteristicas que podem ser de Libra. E os planetas? Também sofreram alguma mudança com a precessão? Imagino que nao…

    @MDD – Não. ayanamsa só é usado na astrologia védica, que é completamente diferente da Astrologia Hermética. Que mistureba o povo desse site fez!!!

    2 – Sobre Cabala/Taro. Você diz usar o Tarot de Waite. Mas o Crowley diz que os decks antigos estavam “errados”, propositalmente invertidos e fazem mais sentido (em relaçao aos caminhos na Arvore da Vida) do modo como ele contruiu o seu deck. Há um consenso sobre qual está “mais correto”?

    @MDD – eu estudo a estrutura tradicional do tarot dentro da Kabbalah, onde cada arcano maior corresponde a um caminho dentro da Árvore. Crowley inverteu o Imperador (arcano 4) com a Estrela (arcano 17) e chamou a Força (arcano 8) de Luxúria. O modo que ele construiu o tarot não encaixa na Kabbalah judaica porque distorce os Sigilos de conjuração dos 72 anjos quando se troca as letras Heh por Tzaddi no Lamen. Mas como Crowley não trabalhava neste sistema, não fez diferença para ele.

    Estou lendo atualmente o livro A Cabala Mística, de Dion Fortune. Conhece/recomenda? Encontrei na biblioteca da UFSC! Enfim, a autora considera o deck do Crowley quando relaciona Tarot e Cabala. O Alan Moore em Promethea também!

    3 – Nesse livro a autora diz sobre o Tarot e outras artes divinatórias: (pag.88) “…a adivinhação praticada por nao-iniciados pode acarretar má-sorte, uma vez que ele põe em movimento forças sutis, ao concentrarem suas mentes nessa arte, sem compensarem, pelo esforço mágico apropriado, o que está desequilibrado.”
    E agora? Eu estava animado pra aprender Tarot, mas lendo isso fiquei com um pé atrás. Obviamente não iria usar para ficar “brincando” de Tarot por aí, mas imagino se devo fazer algum curso ou posso me garantir só lendo livros por mim mesmo?

    @MDD – SIM… existem alguns probleminhas, e não exatamente de má sorte… oráculos são instrumentos LUNARES e trabalham chakras femininos. Para mulheres não há problema algum, mas homens precisam tomar certas precauções antes da leitura de qualquer oráculo… claro que os profanos não fazem idéia disso… e com o tempo… adivinha o que acontece? Repare na “masculinidade” dos tarologos profissionais que aparecem na TV e pergunta se eles sao iniciados em alguma coisa…

  • Pingback: Sefirat ha Omer - parte 7 | Sedentário e Hiperativo - Blog()

  • Paulo Craici

    Salve DD
    Apesar de já ter passado muito tempo do Safirat, leio com reflexão os posts.. vejo que meu desnivel maior, até agora, é com a tolerância mesmo, ela propriamente dita, as vezes coisas pequenas, do tipo “não inteligentes” que as pessoas falam ou fazem já me deixam de extremo mal humor.. (sabe do tipo “tolerância zero” rsrs..) q não dura muuuito e sempre percebo na hora e realmente não gosto disso.

    Algum exercício ou meditação proposto?

    seguindo a coluna..
    Abraços

  • Pingback: Links do Teoria da Conspiração | Teoria da Conspiração()