Animal

Whaaat????

Mc Guime ≈ Plaque de 100 Literal

Vou confesar logo de cara, nunca tinha ouvido falar desse tal de Guime até a galera do Duka7 apresentar a ideia do literal, mas o que importa é que o resultado ficou hilário e se tem uma coisa nesse mundo que merece ser zoada é essa nova onda de Funk Ostentação. Curtam!

Diogo Portugal ≈ Stand up do Papa

Depois de perdoar todos os nossos pecados o papa já se foi, podemos voltar a praticar nossas maldades e ninguém melhor que o Diogo Portugal pra zoar a vossa santidade com força. Curtam!

As melhores pegadinhas do Rémi Gaillard

O fabuloso troll Rémi Gaillard alcançou a marca de 3 Milhões de inscritos em seu canal do YouTube e pra comemorar lançou uma hilária compilação com algumas de suas melhores pegadinhas.

Aproveite a vibe e veja também os melhores animais do Rémi:

A marca de ração Royal Canin é acusada de patrocinar rinha entre cães e ursos na Ucrânia

Um vídeo de um evento de “Bear Baiting”, um tipo de rinha envolvendo cães e ursos, patrocinada pela marca francesa de ração Royal Canin tem chocado e revoltado milhares de pessoas no mundo todo. A denúncia foi feita pela organização internacional de bem-estar animal FOUR PAWS (Quatro Patas), depois de ter filmado o evento, devidamente enfeitado com faixas, bandeiras e até mesmo troféus com a marca Royal Canin.

No vídeo um urso é acorrentado e cães são induzidos a atacá-lo, com intervalos de 10 min. Os ataques são feitos por 2 ou 3 cães de cada vez, dessa forma fica mais fácil acompanhar quais cães fizeram os ataques mais contundentes para dar-lhes a devida pontuação (lembre-se que estamos falando de um torneio). Antes das disputas os ursos são preparados para se tornarem mais fracas e menos perigosas para os cães: Alguns têm as garras arrancadas, ficam confinados em jaulas apertadas e recebem pouco comida e água para ficarem mais fracos.

Royal_Canin_Pokale

Nos primeiros dias da denúncia e ainda com uma repercussão negativa pequena para a empresa, a Royal Canin tentou se esquivar com uma declaração vaga onde dizia estar chocada e profundamente contrariada a respeito do incidente, porém a FOUR PAWS cobra muito mais que um simples pedido de desculpas e sugere que empresa se responsabilize pelos ursos usados não só naquele torneio, como em outros promovidos antes.

A Royal Canin tem se esforçado em defender a tese de que o “Bear Baiting” na Ucrânia foi um caso isolado e sem autorização e conhecimento da empresa, mas Dr. Amir Khalil, um dos líderes da FOUR PAWS comprova o contrário, mostrando que no mínimo houve descaso e nenhum interesse por parte da Royal Canin em investigar a denúncias que uma das sucursais estaria patrocinando um evento ilegal e que causa sofrimento e dano a outros animais:

royal-canin-patrocina-peleas-de-perros

– O site da Royal Canin da Alemanha declarou que “a filial da Ucrânia patrocinou um evento inadvertidamente”. Dr. Khalil rebate dizendo “Nós temos provas de que a Royal Canin não patrocinou só o evento de 2013. Durante a nossa pesquisa, recebemos material provando que um torneio similar em Fevereiro de 2012 também foi patrocinado pela Royal Canin”.

– A filial da empresa na Suíça disse aos jornalistas que eles não sabiam nada sobre “eventos como este”. A FOUR PAWS também pode desmentir isso. Amir Khalil contou que em Maio de 2013 ele contatou todos os escritórios europeus da Royal Canin onde a FOUR PAWS tem um escritório – incluindo a Suíça – e também a matriz na França. “Nós os confrontamos com o material de denúncia e solicitamos uma reunião pessoal. Este encontro tem sido recusado até hoje”, acrescentou.

Depois de toda a repercussão negativa que recebeu o caso, a Royal Canin finalmente aceitou receber a FOUR PAWS e marcou um encontro entre ambas, que deve ocorrer amanhã.

Fonte: ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais