Emoção

Tragédia antes de partida

Anéis de Latinhas por Cadeiras de Rodas: troque a Lenda por Realidade

É uma história que se perde na origem das próprias latas de refrigerante modernas: junte 1.000 anéis e ajude um hospital a trocá-los por uma cadeira de rodas. Como não fazer esse pequeno gesto? A lenda circula não só no Brasil, mesmo nos EUA muitas pessoas acabam juntando quilos e mais quilos de anéis, para apenas então se perguntar… aonde eles seriam trocados?

A verdade é que os lacres em si mesmos não têm valor especial. A ABAL (Associação das Indústrias de Alumínio do Brasil) já se cansou de responder que a história é uma lenda.

Agora o Guaraná Antártica teve uma ideia bem bacana: vão trocar cadeiras de rodas por 1.000… cliques em “gostei” no vídeo que esclarece que a história é uma lenda!

Com isso você ajuda a acabar com mais uma superstição urbana correndo por aí — e uma que ao final atrapalha, já que os anéis são melhor reciclados quando estão juntos com as latas. Isso mesmo, facilita o processo, e a lata de refrigerante moderna com o lacre que continua preso é em si mesma um feito fantástico de engenharia. Mas esta é outra história!

Por enquanto você pode ajudar a doar cadeiras de rodas e evitar que mais pessoas juntem montanhas de lacres para apenas então descobrir que não têm aonde trocá-los. Gostou? Clique aqui no vídeo, aperte no botão “Gostei” e transforme seu anel de latinha virtual em algo bem real, sem lenda alguma!

O bullying na web faz mais um vítima: Rebecca Black é internada

Sim, é muito engraçado quando vemos vídeos e montagens ridicularizando pessoas na net, é muito engraçado por que não é conosco, e quando uma jovem tem a sua vida inteira virada de pernas para o ar por causa dessa perseguição dos engraçados? Foi o que aconteceu com a Rebecca Black, que com apenas 13 anos de idade teve que enfrentar isso e diferente do Zangief Kid, ela não teve o apoio da mídia. Aconteceu o lógico, na madrugada de hoje, foi noticiado em todas as tvs norteamericanas, que a menina estava sendo internada no Children’s Hospital Central California. A família não deu esclarecimentos sobre o motivo, o médico que a está acompanhando, o Dr. Rebeib Nitsuj, ao ser questionado pela imprensa, falou que não tinha autorização de informar o motivo mas que o estado da garota é grave, já especula-se algo como overdose de calmantes.

Ainda bem que ainda existem blogs responsáveis, como o S&H por exemplo, que NUNCA chegou a postar nada que fosse um ataque à pobre menina ou qualquer outra pessoa que teve sua imagem colocada na web. Sou Foda!

CLIQUE AQUI para ver a imagem da Rebecca Black sendo levado para o hospital.

Navegue pelo Sistema Solar com seu navegador!

Solar System Scope é um planetário online que abre em seu navegador, sem precisar instalar nada e simplesmente espetacular: tridimensional, de navegação intuitiva incluindo a scroll wheel de seu mouse. Na barra inferior está o controle de tempo, e você pode selecionar datas ou avançar e retroceder o tempo, vendo os planetas girando loucamente.

Na barra esquerda estão as opções mais avançadas, permitindo transformar a visão para um modelo geocêntrico ou uma visão panorâmica, exibindo melhor o zodíaco e o movimento retrógrado. Você também pode ajustar a escala dos planetas e suas órbitas — na visão inicial, os planetas são exibidos muito maiores do que realmente são, e as órbitas muito mais próximos do que descrevem. Na escala real é fabuloso, e como dizia Carl Sagan, um exercício de humildade ver como são pontos minúsculos em um vasto espaço de órbitas distantes e imensas. Também se pode ativar a visão de constelações, ou as estrelas como pontos brilhantes no céu, entre muito mais.

Há literalmente uma infinidade de descobertas e conhecimentos envolvidos nesta simulação de nosso sistema solar, e é fantástico poder brincar e simular algo que repesenta um esforço de milhares de anos por compreender as luzes no céu.

E mesmo este é apenas um modelo, uma simplificação da realidade: você sabia que a órbita de Plutão, por exemplo, e por decorrência a de todo o sistema solar é a longo prazo caótica? Mas esta já é outra história, para outra coluna. Por ora, que este planetário digital executado em Flash represente algo da ciência que liga a vastidão dos céus às proezas de nossas mentes, e vice-versa. [via Amazing.es]