As Aventuras Existenciais de Tim Maia

Curta de animação super bacana resumindo a história deste grande ícone da música brasileira. Se preferir também tem a versão Dublada.

Sacerdote da Santa Igreja do Culto ao Nintendinho, Ryu se declara um rapaz casto e introvertido, no fundo desculpas para seus constantes fracassos com as mulheres. Adora surfar, mas não sabe nadar e sonha em conhecer uma praia. Ex-modelo, ex-feirante, ex-atriz, ex-torcedor do Mixto, Evel na verdade é um extraordinário colecionador da série telecurso 2º grau, sabe de cor e salteado todas as lições de química e marcenaria contemporânea. Amante da boa cozinha, não dispensa um churrasco de gato no boteco da Zuleide. Adora aventura e sempre que pode arrisca-se no truco indoor, desde que o ambiente seja refrigerado. "Onde há flor não há envido!"

  • Amanda

    Nesse videoele aparece mais como um babaca doque com um grande artista

    • CJ

      Mas ele era um babaca. Assim como Cazuza e uma legião de outros “ídolos” de uma juventude transviada e drogada.

  • CJ

    É.. E a gente reclamando da banda colorida, quando nossos “ídolos” foram pessoas como Tim Maia e Cazuza, tal como ele, inconsequente, um moleque bissexual, drogado e maluco. É. Viva o restart!

    • Breno

      Esse é mais um desses hipócritas que curtem um artista pela vida pessoal que pela sua obra… Vai ouvir coloridos modinha que se posam de cândidos ao invés da boa música!

  • Anderson

    O livro do Nelson Mota foi um dos melhores que li nos ultimos tempos, Tim Maia viveu louca e intensamente, foi o senhor do seu destinos e viveu como poucos, grande Tim, e tem aqueles que ainda renegam a musica brasileira, quando a grande maioria nem sabe o que seus idolos estão dizendo.

Especiais

Japão em 2 minutos

Parceiros

Ocioso Sweetlicious Papricast naointendo ahnegao naosalvo Jogos online

Newsletter

Não perca nenhum post do Sedentário & Hiperativo!

Mensagens semanais e pontuais.