Como educar o filho metido a machão na Internet

Dizem que atrás de um computador todo mundo faz e acontece. Fala grosso, desafia Deus e o mundo e não tem medo de ninguém.

Era mais ou menos isso o que o jovem desse vídeo fazia, até o seu tio descobrir tudo e dar um corretivo público no garoto. Alguns podem até achar um exagero essas cintadas, mas o que vejo é um senhor tentando educar um jovem sem juízo, que não tem noção dos riscos que seus atos podem causar a ele mesmo.

Via: Blog do Cardoso

  • Alks

    Educar??? Você chama isso de educar? Para mim isso é violencia e humilhação publica! Imagina o que esse garoto vai passar na escola/faculdade. O pai, que deveria proteger, esta agredindo o filho publicamente. Tem varios educadores que são contra a puniçoes fisicas, agora imagina uma puniçao publica!! Nada do que esse garoto fez justifica o que ele passou.

    • Raphael

      Meu querido,

      Tomar umas cintadas não mata ninguem…
      Bancar o valentão na internet e depois tomar um tiro de bobeira sim.
      Acho que a situação está do jeito que está porque os pais e responsáveis deixam tudo correr frouxo.
      Apanhei quando fazia “M”, inclusive na frente dos outros, e nem por isso amo menos os meu pais.
      Claro que nunca apanhei sem motivo e sempre que apanhei estava bem ciente do porque.

      E outra coisa: Tomar cintada de calça jeans não dói nada… É mais pra efeito psicológico.

      • Luis Pereira

        Fui educado com cinto, meu pai e minha mãe também. Todos somos pessoas normais, trabalhadoras, pagadoras do nossos impostos e saudáveis.
        Se você quiser educar se filho a moda caralha de psicologos, pego o Supla de exemplo, foi educado usando o que os psicólogos dizem e virou aquela merda. Se não tivesse feito algum sucesso, seria um grande merda frustrado.

      • Alks

        “É mais pra efeito psicológico.”
        É exatamente o ponto que quero mostrar, o efeito psicologico pode afetar muitooo o garoto. É chocante descobrir que muitos aprovaram a atitude desse tio. E outra coisa, eu não falei de espancamento, Renato, leia tudo antes de discutir.
        “Psicólogos lançam campanha contra os tapas em crianças e afirmam que esse modo de impor limites não ajuda a educar”
        “A famosa palmadinha é socialmente aceita, apesar de muitos psicólogos e educadores trabalharem para mudar essa mentalidade. Prova disso é a campanha intitulada “A palmada deseduca””

        A matéria não fala de punição publica, o que piora ainda mais o caso. Uma vez que ele passou por humilhação, não pela quantidade de dor, e sim pelo ato.
        Muito que aprovam tal atitude na verdade dizem que a agressão os educou, mas não tem provas concretas disso. Quanto a essas pessoas, surgiro ler artigos e escutar os psicologos.

      • Bruno

        O cara falava que se metia com gangue de estupradores, fazia gangbang e dava uma de gangster… mesmo que não faça essas coisas, ele mereceu.
        Você acha que ele seria menos humilhado, ou apanharia menos, depois que fosse preso, ou pego por algum bandido de verdade que acredita em tudo que vê pela internet?

        Errado é bater no filho porque ele quebrou um vaso ou sujou o chão… agora um zé bandidão como esse merece o que teve.

      • Hugo

        Minha mae numca foi de bate, porem sempre que eu fazia Merdas muito grande Ela me batia e nao axo isso ruim. Numca peguei nada que nao fosse meu, Nem fasso covardia por ai, Amo muito meu pai e minha mae.
        so contra essa lei que pai nao pode bater em filho ¬¬

    • Renato Mendes

      Ele não espancou o rapaz, e se voce não sabe a diferença é porque voce faz parte desta geração de idiotas arrogantes que assolou o país, espancando(de verdade) inocentes na rua e matando pais de família em nome do “eu sou o fodão”. Essa geração foi criada por essa sua mentalidade errada de achar que umas cintadas vão fazer de voce um terrorista revoltado.

      • jik

        Leiam. Sério, leiam.

        A questão foi a humilhação pública. O tio poderia ter obrigado o rapaz a pedir desculpas e só. Mas não, ele tb quis pagar de fodão na frente de milhares de pessoas. Que bosta de exemplo é esse? Uma família se protege, não se expõe. Expor o garoto assim pode trazer consequências muito piores do que o fato do garota agir com um babaca na net.

    • Joselito

      Por causa de pessoas que pensam como você, que tudo tem que ser \”formalzinho\”, conversado e tudo mais, que o nosso país não vai para frente. Você é realmente um típico brasileiro! ><

    • Xiii

      Ahhhh tá pega ele pra criar então!

    • Telbs

      “Os educadores” não revelam como educam seus próprios filhos. O que de fato fazem é jogo de cena. Querem parecer urbanos em público para que, mediante pagamento, você receba conselhos, para que você seja “esculpido” para atuar desta ou daquela forma com seu filho. A vida não é nada na teoria. Vida é vivência. É um dia depois do outro.
      Se a tua natureza está orientada para o bem, no sentido da expansão, da evolução espiritual, até os seus excessos te ensinarão. Este senhor atuou com o quadro de referências que tinha. Exagerou? Não creio. Agiu em harmonia com a idiotice do seu sobrinho.

    • Dato

      já apanhei muito assim e digo, não faz mal a ninguem!
      não sei se me melhorou muito… acho que é possivel que tenha melhorado um pouco, afinal eu era o demoninho em forma de criancinha! ahuahuaahu
      então não vejo esse video com abuso do educador!
      claro que isso não pode se repetir todos os dias! mas uma vez ou outra não faz mal a ninguem!
      Esse ai vai jogar o joguinho bem humilde, se agredir ninguem na net, como eu mesmo ja fui agredido por criancinhas que falam mentiras e xingam em jogos on line!

    • Leonardo

      Concordo com você Alks……

      Tem gente que ainda tem aquela mentalidade de que só se educa na base da porrada, e que umas cintadas não prejudicam em nada.

      Agora quem diz isso, vai lá em um orfanato e pergunta para as crianças que já foram espancadas em casa por cometerem um simples erro ou pior, por não terem feito nada, se elas gostaram, ou se aprenderam algo com isso. É fácil dizer que uma cintada não mata ninguém quando se tem um pai que tem a mão leve em casa e sabe a hora de parar. Nunca apenhei na vida e respeito meus pais mais do que tudo, e é assim que crio meus filhos hoje, e recebo o respeito de volta.

      E outra, educação é pela vida inteira, e não quando já esta na fase adulta como esse garoto do vídeo.

      • Gabriel

        Ou bacanão, compara uma criancinha de orfanato que apanhava a toa com um mongolão de 3 metros de altura com mentalidade duma criança de 8 anos que quer bancar o fodãona internet é forçar a amizade né? Agora imagina se esse cara vai volta a fala essas besteras na internet pra depois leva um tiro de alguem a toa? Quando eu ficava de castigo por faze uma bestera grande eu não aprendia.Quando eu apanhava eu nunca mais nem pensava em repetir,mesmo que não doesse.O que importa no caso é a dor moral.

    • Migalhas

      Muito bom voce falar isso sera que voce vive em que mundo?
      Eu garanto que essas cintadas não vão chegar nem perto mais nem perto mesmo do que a vida bate em um tipo de gente que canta de galo igual a um retardado deste vídeo, larga um pouco o mundo acolchoado dos ursinhos carinhosos e vem um pouco para realidade okay!

    • ¬¬

      É lógico que é educação !!
      Por essa lei imbecil de não pode dar umas palmadas ou umas cintadas nos filhos (que lógico, não significa espancamento) é que tem muito muleque fazendo b0st@ por ai !!
      Vocês já pararam pra pensar que há uns 30~40 anos atrás, os professores castigavam os alunos fazendo-os ajoelhar no milho, com reguadas nas palmas das mãos e etc ?!? E o que se via ? Alunos agredindo física e verbalmente seu educador, tentativas de homicídio ?? NÃO, se via um rapaz que aprendia que os seus erros causam dor e vergonha e não os voltava a repetir, via-se educação com as demais pessoas, e consequentemente, um jovem educado, com vontade de aprender e não esse bando de inúteis que existem nas escolas hj, só vão para bagunçar e atrapalhar a tentativa de um educador em ensinar, já que não existe investimentos na área pelo poder público.

      P.s.: Não sou educador, nem pai .. porém tenho minha opinião firme e formada !

    • Walter

      Pode ser errado a parte do em publico, mas que o garoto mereceu ele mereceu, já tomei cintada, achava ruim, mas hoje vejo que mereci…quem é contra isso tem normalmente filhos restarter que mandam nos pais.

    • riki

      se vc ficar seguindo essa sua teoria,seus filhos vao ser uns capeta ^.^

    • Aroldo

      Na boa, não seja hipocrita! Se eu fosse seu pai te daria umas cintadas.
      Essas crianças que não apanham depois se tornam um monte de nerd mongoloide, que empina pipa no ventilador e fala um monte de bobagem. Chega de hipocrisia

    • Faber

      Olha,

      Se você não quer que um jovem daqui a uns dias arrume um revólver e fique tirando onda com a vida dos outros, tem que fazer isso sim.

      Bater nao educa sozinho, se for só bater por bater deseduca…
      Mas se for uma boa sova acompanhada de um sermão bem explicado dos motivos pelos quais levaram a pessoa a receber a punição, ela vai aprender a diferenciar CERTO de ERRADO.

      Ou acha melhor ficar de conversinha e os mulekes pegarem uma lampada fluorescente e arrebentar no rosto de um desconhecido? Ou seria mais legal eles irem e estuprarem uma criança só pq estavam sentindo tesão?

      Fala sério, só defende a total impunidade e a tática “super nany” dos psicologos que nunca tiveram filhos (essa de nunca bater) quem nunca levou, ou ainda está merecendo algumas surras dessa e não quer aceitar…

      Quyem é contra, nao é a favor dos direitos das crianças, mas sim tá com medo de apanhar ainda hoje, ashuahuas

      E sobre op que a Natália disse, eu acho que ainda está certa a sua mãe, se vc tem complexo de superioridade, apesar de tudo, vc tem que apanhar até ele sair com umas palmadas dessas, ashuashuas

    • ALKS….SEU BOSTA

      ALKS….humilhação publica eh criar esses babacas com todo o conforto da vida para fazerem merda na net e ainda toma tiro de gangue la no USA.

      Seu inutil….humilhacao publica eh uma bela educacao…n axei nada de errado…

      o Tio deu um corretivo nesse mlk bobo que precisa de alguem REAL para ensina-lo….

      “he ain´t no gang member…etc…” o tio deixou claro que a familia dele não de de vagabundos…e ensinou da maneira adequada….

      Me irrita ver esses pais maconheiros…falando de dialogo…e carinho…qnd o q falta hj eh um educação seria…como a que vemos ai…

    • Willian

      Apanhei pra caralho do meu pai. Hoje sou pai de família, tenho emprego estável e venero meu velho. Como o cara do vídeo fez, cada vez que meu pai me bateu, hoje eu lembro que ele o fazia para o meu bem. Lembro de amigos que faziam o que queriam de suas vidas e hoje ou são drogados ou são finados. Umas cintadas não faz mal a ninguém.

    • Villela

      Eu fui criado na base da “cintada” tb. Isso é normal. Hoje sou formado, tenho emprego, noiva, casa, carro… E vejo a criançada de hoje virando tudo eminho, achando normal ser viadinho. FALTA DE CINTA!

  • Goiano.

    Ele não bateu, ele educou de forma intensiva.

    O mundo precisa de pais ou responsáveis mais simples, como esse nobre senhor. Uma boa cintada resolve o problema na maior parte das vezes.

    Sem essa frescura de terapia, de aconselhamento, esses frufru.

  • Trollface

    apoio totalmente a atitude desse tio…
    o que mais existe na internet é um bando de babaca se pagando de gostoso e de “bato em todo mundo”…

  • Mr Z

    Se os pais de uns playboys FDP do Brasil fizessem isso também a coisa seria bem diferente…

    Hoje o cara apanha dos pais e a justiça cai em cima, amanhã ele entra na casa de alguém e mata uma família toda (ou em Brasília e rouba bastante quem sabe…)

  • Alex

    nem doeu no cara, tah de calça ¬¬’
    tira a calça e bate com vara de goiabeira, ai sim!

  • guinter

    Bem feito pro moleque metido a machão,
    mas será que não vai dar problemas na justiça
    com o cara, agressão a menores, etc, etc.

  • Art

    Solução para trolls

  • Tiago

    Fazia tempo q eu não via alguem realmente educando

  • Chibé

    infelizmente alguns jovens realmente precisam disso..
    tem uns filhos de papai que mereciam isso.

  • Anom

    So seria exagero se realmente tivesse machucado, mas cintadas na bunda de um cara desse tamanho no maximo deixarao marcas leves por uns dias.

    Thumbs up pro tio pela educacao oldschool.

  • Vitor Ferrari

    Muito bom… Deveria ser sempre assim.

  • rafael

    Muuuuuuuito bom!!
    I’ll woop your motherfucking ass!! We don’t come from that shit!
    lol

  • http://ptiras.tumblr.com Lucas Kauz

    Parabéns pela atitude do cara, todos os pais/tios deveriam fazer algo assim. É triste ver que tem gente que ainda acha que a web é lugar de suprir a necessidade de atenção não tem na vida real. GET A LIFE!

    • http://sendetario flavia

      isso nao e verdade pq nao e vc q apanha ne

  • Hugo

    o facebook dele é Freegunna Williams

  • Higo

    Tipo sinceramente isso nao serviu de nd, olha o tamanho do cara, vc acha que se ele num mudou ainda ele vai mudar agora com umas cintadas??? Ele so vai ficar mais troll ainda, depois que todo mundo tirar uma com a cara dele por causa do video!!! E poxa, foi o tio dele que deu umas surras?! Nunca que um tio meu iria me bater, tipo, pai ou mãe é uma coisa, mas tio ou tia??? Se fudeu nerdão!!!

    • Nacional Kid

      Provavelmente o tio é quem cria o marmanjo. Observe que o cara é praticamente do mesmo tamanho, jovem e etc… e ele respeitou o tio. Provavelmente esse tio é o PAI. Também só acho que publicar isso não foi correto (embora entendi que o que o Tio queria era mais limpar o nome da “família”)…

  • Adriana X

    Sinceramente? Só acho que não deveria ter publicado. Um corretivo assim não faz mal a ninguém. Espancar é outra história; para isso sim serve a lei. Agora, corrigir com uns tapinhas na bunda, não vejo problema.

    • Victor

      vc tem que ficar queta porque vc nunca lovou uma porrada asim

  • Mario

    Nao axei nada d+, esse tipo d coisa q da jeito nesses mulekes sem noçao,
    tem eq bate mesmo,
    Seo o responsavel num toma uma atitude ae vira Brasil,
    todo mundo faz oq quer,
    espanca, roba, mata, bate nos pais, isso tudo por q naum foram corrigidos,
    qq mane cantinho da disciplina,

    lembrando q espanca, e totalmente diferente doq o kara fez,
    num vi o muleke sangrando e nem inconciente!!!

    se isso e espanca,
    numk vá a algum jogo de futebol aq no brasil!!!

  • douglas

    Não existe educação sem violência. Podem falar o que quiser, mas isso pra mim é violência, e é isso o que realmente educa. O que seria melhor, o moleque apanhar do tio, que tem o intuito de lhe ensinar boas maneiras, ou o moleque apanhar de um qualquer por ter feito merda com a pessoa errada?

    Eu apanhava com a parte de metal do cinto, e sempre fuimagro, então machucava mesmo, mas aprendia a não fazer a merda para ter merecido aquilo.

    O único erro foi ter feito isso publicamente, colocando na internet.

  • vivo

    vai toma no cu esses boiola ai q ficam falando q isso nao foi educaçao olha o tamanho do negao c acha q akelas cintada nem deve te duido direito humilhaçao vc ja viu esses video q brasileiro faz eu teria mais vergonha disso do q de ter aparecido nesse video!

  • rubens

    é melhor esse garoto levar cintadas do que ficar sem correção e depois matr gente na escola com uma arma..
    ta certo.
    é foda cara… vai ver o tio trabalha o dia todo pra chegar em casa o moleke ta fazendo merda na net?? porra é foda.. sabe-se lá o q o tio dele passa o dia todo.

    tem q levar uma correção sim.. fez certo.

    agora fica uns babacas falando q isso naó é educar.. existem varais formas sim.. e essa é uma delas.

  • Rafael

    Peraí!!! Foram só umas cintadas….se alguém achar q foi exagero, imagina o q vai dizer d uma surra d verdade!! Vai ser o fim do mundo!! Se todos os pais tivessem atitudes, no mínimo parecidas, como essa, duvido muito q estaríamos na bagunça q estamos hoje em dia!!!

  • gabriel

    calem-se esses moralistas, psicologos, educadores modernos e o escambal

    um pouco de dor física para educar é muito eficaz e eu vou usar quando tiver filhos.

  • Celosxe

    Da pra conseguir legendado?

    Mas pelo que entendi ele era o cara, que encotnrou O Cara neh?!

    Bem opinião deve ser respeitada, tudo bem, mas dai qtos aqui são a favor da violencia doméstica? Ninguém… e do corretivo doméstico? 98% aproxim.?

    Demagogia alheia, pudorismo barato, falso moralismo… Quem fez essas leis, são os mesmo que votaram 62%…

    Garanto que a maioria aqui, e me incluo nessa, não sou nóia hoje pq levei umas boas cintadas, chineladas e castigos na hora certa.

  • Rodrigo

    Com a cueca no umbigo e a calça no joelho, quem mais parece um gangsta é o tiozão!

  • Troll

    Se todos os pais desse esse tipo de educação o mundo não estaria da forma que está hoje, coloridos é um ex disso

  • http://kaka Kaka

    É assim que ter que ser, hoje em dia os pais nao batem mais e os jovens ficam sem jeito..

    parabéns pela atitude..

  • http://brunorocha.net Bruno Rocha

    Negocio e da porrada mesmo … frescurinha de tapete da conciencia… cantinho da disciplina…desde que o mundo e mundo muleque apanha … ta certo tem que bater mesmo ….
    Porra nenhuma com banquinho da reflexao ou cantinho da disciplina … viadagem !!

  • Questaum

    Nada mais do que merecido!!!

    O meu filho vai apanhar se fizer besteira, apesar que eu estou orando pra não chegar a esse ponto!

    Apanhei muito quando eu era moleque e não foi atoa, eu aprontava pra caramba…kkkkkkkk

    Hoje eu agradeço os meus pais pelas surras…..

  • paulo

    Finalmente, pais com bom senso, vacilou tem que dar uma pisa mesmo, depois que os filhos se entortam pro resto da vida ficam chorando perguntando o que aconteceu…ae esta a resposta old school parenting.
    E para aqueles que acha que isso é um absurdo tentem ter filhos e criem eles com esse papo de ser amigo dos filhos.
    Você tem que ser amigo sim, mas antes tem que ser PAI e MÃE, e impor os limites, mesmo que seja na porrada, e ao meu ver aquelas cintadas nem foram uma agressão, mas um aviso para o que pode ser pior.
    Havaiana de pau neles!

  • Mauro

    pois é… quem fala q isso é errado é um grande de um fdp criado a ovomaltino e leite com pera! apanhei do meu pai e da minha mae sempre com motivo e isso foi muito importante na formação do meu carater…

    muito bom o video!

  • firmino

    Meus Parabens, senhor!

    meus filhos serão educados da mesma maneira!!
    só que eu farei eles irem buscar o cinto lá no quarto e depois a surra propriamente dita!

    • André

      Lah em ksa era: BUSCA O CINTO
      eu: nao…
      pai: PORQUE NAO?
      eu: pq c vai me bater com ele
      pai: C EU TIVER QUE BUSCAR, APANHA EM DOBRO

      Isso sim eh psicologia lol… detalhe: meu pai eh formado em psicologia e psiquiatria heheh… Isso nao me ferrou, nao me deixou louco nem revoltado. Claro que eu nao esqueco do “azulao” ateh hoje (o cinto era azul marinho de um lado, branco do outro), mas eu sei bem q apanhava soh qndo MERECIA – eu era o capeta – e acho q sem as devidas “surras” me ajudaram SIM (na epoca parecia surra, hoje sei o qq eh surra, akilo soh eh surra pra pedagoguinha de meia tigela e pra quem tah apanhando heheh). Nesse caso do video, o mlq soh apanhou EM PUBLICO pq ele tava fazendo tudo de errado EM PUBLICO. Se tivesse tirado de gangsta dentro de ksa apanhava dentro de ksa. Tirou de gangsta pra TODO O MUNDO na net, apanhou pra TODO O MUNDO na net. Simples :)
      Esse nunca mais tira de gangsta :p lol
      Eh claro q dps dessa o tio tem q vigiar se o mlq nao pega uma arma poraih kkk, vai q ele pira com a zuacao decorrente e inventa de sair danu tiro heheh 😀
      Mas tem q corrigir sim

  • Filisbino

    vai ver o Tio bateu porque os pais são uns BANANAS!!!

    assim como essa geração 2000 que prevalece o politicamente correto (vulgo hipocrisia e intolerancia disfarçada) e as coisas não mudam na sociedade brasileira, só pioram!!!

  • http://orevoltado.tumblr.com Victor

    O cara não errou. bater na minha opinião só é errado, quando o pai ou a mãe não tem noção e deixa o filho cheio de hematoma e tambem não sabe onde bate e bate na cara e na cabeça ou barriga. De resto, cintada no braço e na perna é valido sim.

  • Pedro

    “Goiano” e afins realmente por fora…”Educar” na base do tapa não leva ninguém ao respeito, mas, sim, ao medo. Coisas completamente diferentes. Bater em uma criança, adolescente, além de covardia, demonstra outra coisa, claramente: falta de capacidade, para lidar com a situação de forma clara e objetiva, visando a alteração do comportamento pelo que há de melhor: os benefícios deste. E não por medo de tomar uns tapas. Ignorância e atraso, o que mais se vê por aí no quesito “educar”…

    • Hmm

      Medo?? É melhor apanhar em casa do q crescer e apanhar na rua. O cara se passava por bandido e gangster na internet, se não apanhasse provavelmente cresceria e se tornaria bandido de verdade; por isso vemos pessoas q foram educadas na base da porrada e se tornaram cidadãos de bem, trabalhadores e honestos, diferente desses garotinhos mimados criados com psicologia q não tê limites, completam 18 anos enchem o carro de amigos bêbados e invadem uma calçada matando gente inocente.
      Agradeço aos meus pais pelos castigos q me deram, isso evitou q eu fizesse muita merda na vida.

    • Diego

      Apanhei muito dos meus pais, e hj, eu os respeito demais, NUNCA tive medo deles, a não ser quando fazia merda e já sabia o resultado, mas isso era passageiro, as vezes não durava nem uma hora, e eu ja estava falando com eles ou os abraçando. Logo, nao vem inventar regra de medo ou coisa do tipo.

      Existe uma frase que meu pai falava muito antes de eu apanhar “SE NÃO APRENDE PELO O AMOR, VAI APRENDER PELA A DOR”. E pode ter a crtz q se n for os seus pais batendo serão os outros (a vida tb segue essa frase, e ela n tem pena n), a diferença é que seus pais amam vc!

  • av

    o cara tirou o cinto e caiu as calças..

  • Gambit

    Umas cintadas não fazem mal pra ninguém… essas leis que proibem de pais darem umas boas chineladas nos filhos vai acabar com uma geração inteira…

  • http://www.classificadosx.com.br/ acompanhantes

    passar vergonha na frente dos amigos e a melhor forma de ensinar as coisas certas das erradas!!!

  • Jubarte

    garanto que o rapazote não cometerá mais o ato que o fez levar as cintadas.
    Como um corretivo desses faz falta na moçada de hoje em dia. Não vi nenhum espancamento, mas um corretivo que provavelmente deve ter sido merecido.
    Essa juventude de hoje cresce sem nenhum limite, sem respeito por ninguém e por nada. Falta de uma chineladas merecidas e que não foram dadas.

  • Pedx

    O que vejo é um senhor tentando educar um jovem sem juízo e não tem noção dos riscos que seus atos podem causar ao prórprio filho.

    Brasil é um país de fraca educação mesmo, gente sem instrução se adere facilmente a violência. Há outras formas de educar. Bater e humilhar pode até resolver o problema em questão, mas gera vários outros graves problemas pro filho. Bater ensina que pra conseguir algo é preciso usar de violência.

    Achar certa a atitude do pai de bater no filho, ridicularizá-lo e o expor no youtube? Ah, por favor!

  • Gustavo

    Por isso q filho mata pai e mãe hj em dia, não pode nem dar umas cintadas que o conselho tutelar já cai matando, muito fácil falar p/ outros como educar seus filhos, o difícil é fazer. Boa atitude tiozionho, lá na frente ele vai te agradecer como eu agradeço meu pai todo dia pelas cintadas milagrosas q levei, hehehehhe.

  • qwerty

    Bater sempre é errado, isso nunca vai educar ninguém, o máximo que vai acontecer nesse caso é o muleque sofre bullying na escola ou coisa do tipo por esse vídeo ter se tornado público..

    Nunca apanhei dos meus pais na minha vida e nem por isso sou um imbecil. Isso aí é falta de educação na infância dele, talvez até por tomar surras dessas quando mais novo.

    As vezes um belo sermão dói mais e tem mais valor do que bater.

  • Jael

    Acho que é mais pra efeito psicológico, até porq o video foi publicado no youtube…ele vai apagar o perfil dele e vai virar chacota..e concerteza vai pensar duas vezes antes de trollar qualquer coisa.

  • Monk

    kkkkkkkkk deesce a cinta kkkkkkkk

  • Fabio

    Às mulheres que acharam o video errado…okay… tudo bem eu concordo que é seu instinto maternal falando mais alto…mais façamos o seguinte vc continua passando e lavando a roupa do pentelho que do corretivo cuido eu, aproveita que tá em pé e me busca uma cerveja!!!!

    Aos Homens (maricas) que acharam o video errado…prayboyzinhus de merda criado a leite com pera, ovo maltino, tira essa roupa preta que vc naum merece usas vc naum eh caveira vc eh muleke… eh tudo culpa do merthiolate desde que ele parou de doer a mulekada fikou tudo froxo

  • Thiago Paulin Dantas

    Se acontecesse mais disso não teria tanta gente metida a besta trollando por aí.

  • To nem ai

    Tenho dois filhos e posso falar.

    Dar uns tapas de vez em quando faz parte da criação, e me desculpem os psicologos que falam o contrario.

    Acredito q a minha geração (30 anos) foi criado com tapas, que era mais pra educar do que pra doer. Nada que depois de 1 hora já nao tivesse passado a dor.

    Aos psicologos/educadores que dizem que “tapa não educa” por que será que a maioria das pessoas do passado que foram criados assim são pessoas normais e amam seus pais.

    Mas normalmente quem defende o fim dos castigo fisico confunde tapas de pai com espacamento. Pai que espanca pra mim tem que ser preso, na solitaria e só pegar banho de sol com negão! Agora, uns tapas, após ter conversado, colocado de castigo, tentado de tudo, uns tapas resolvem sim.

    Quem nao tem filho acha que só por ser criança são seres inocentes e quem não querem o mal a ninguem. Aviso aos calouros! crianças podem sim serem diabinhos, e na verdade a maioria será, pois eles ainda nao entendem os limites da vida social. E nessas horas, castigo, bronca e tapas sim, vao resolver.

    Acredito que se alguem fizer uma pesquisa séria com 100 crianças que apanharam um pouco e 100 crianças que nunca apanharam os que amam mais os pais e os que vivem melhor em socidade é quem apanhou. Isso porque umahora na vida ele vai apanhar de verdade.

  • ViniS_JP

    O corretivo até concordo… mas divulgar isso na internet não foi correto… o muleque vai ser zuado o resto da vida… ai não é mais corretivo, é humilhação.

  • RENATÃO

    Apanhou pouco! Se o cara é valentão tem a apanhar na cara pra aprender!
    E quem acha errado vai ver o que cria bandidos?
    É a falta de um Pai ou Mãe, que ou ausentes ou complacentes com os excessos dos filhos!
    É daí que nascem os Playboys briguentos na balada.
    Tinha e tem apanhar muito!

  • Paullus

    Cara, eu até sei inglês… mas esse doido aí é emboladão!!!
    oO

    LEGENDAS JÁ!
    rs…

  • Alexandre

    O tiozão fez certo, devia ter jogado pela janela tb. Viva o no Nardoni.

  • Leonardo

    O tio deu o exemplo mostrando O QUE É SER MACHO.

  • m.chel

    Por que raios vocês pensam que todos que não concordam com castigo físico como forma de educar são psicólogos, educadores e afins? E quem disse que necessariamente quem não apanha vai se tornar um mau adulto? Vi nos comentários várias frases do tipo “por isso que o mundo tá essa merda, por que ninguém mais leva cintada, aí cresce e vira bandido”. Vocês realmente acham que os ladrões, assassinos, estupradores e quetais que temos em nosso pais não apanharam quando criança? E, como disse alguém acima, não confundam respeito com medo. Uma criança pode até passar a obedecer seus pais se levar umas cintadas, mas não por respeito ou compreensão do que é certo ou errado, mas por medo da dor física. Vocês, pais que gostam de bater, preferem ter um filho que faça o certo por ter poder de discernimento ou por ser medroso? Vocês, pais, preferem ser respeitados por seus filhos ou temidos? Eu fico com a primeira opção.

  • gDm

    Acho é pouco…

  • MAD

    Se os pais não educam, o mundo educa!

    só que o mundo não tem dó. ao invés de palmadas é tiro na cara.

  • Alan

    Lição para os filhos:
    Se certa pessoa fizer algo que VOCÊ considera errado e ela tiver uma força física menor que a sua, pode meter a porrada.

    Bater é para quem não tem inteligência o bastante para dar um castigo de verdade.

  • Alucardinna

    Mias do que certo, umas cintadas não mata ninguém, teria sido exagero se tivesse espancado o cara, mais do que certo. Quer ser fodão?Aprende a ser homem de respeito primeiro.

  • Leonardo

    Ta cheio de gente aqui que ta metido a machão igual ao garoto do vídeo…. dizendo: “é, tem que apanhar mesmo”, “por isso tem filho que mata o pai e a mãe”! “Quando tiver meu filho vou educa-lo assim”, e ainda xingando os que defendem a não agressão de “maricas”. Fala sério! A maioria aqui deveria era levar uma surra de educação, pois vejo que não receberam isso quando criança.

    Uma criança erra: Apanha.

    Um adulto erra: acontece o que? Nada.

    Alias, muita hombridade dos que batem em crianças ou em seres menos favorecidos fisicamente do que você…. isso é ser machão mesmo né!

    Quem não sabe dialogar com o próprio filho, e impor limites ao mesmo só através da conversa, é ser desprovido de inteligência, tem que usar a força bruta!

    Alguém ai já viu um pai tetraplégico espancando o filho?

  • Matilde

    Por isso que essa geração tá uma merda. Falta de cinto mesmo.

  • Johnny

    Caraca, tive um dejavu agora!

    Apanhei muito mais do que isso quando era moleque e sinceramente, eu merecia. Isso não fez de mim uma pessoa menor ou insegura.

    PS: cintada doia, mas não tinha nada pior que
    o chinelo de couro! rsrsrs

  • Danilo

    Eu nao acho q essa porra de pai falo certo ! Deu porrada publica. em vés de dar porrada particular

  • Renato

    A dor passa, a lição fica… Fui!!!

  • Alvaro

    ”Uma criança erra: Apanha.

    Um adulto erra: acontece o que? Nada.”

    Quando criança, apanha sim e, com um mínimo de raciocínio infantil, o filhote percebe que pisou na bola. Um adulto erra e você acha REALMENTE que não irá acontecer nada? Me poupe. Esse é um discurso totalmente furado.

    Palmadas ou cintadas tem os seus limites; socos ou chibatadas, esses são os limites. A precisão da mentalidade infantil é bastante ampla e sempre se apóia em algum elemento, imagino eu, que impeça a criança de fazer alguma travessura ou pior. A palmada mostra pra criança as consequencias dos seus atos, tal como deveria acontecer na vida adulta e, de fato acontece. Fiz uma ressalva no sentido do sistema carcerário brasileiro, que não serve pra nada.

    Moralismos convenientes e sofisticados, além de hipócritas. Nada contra educar os filhos apenas com a palavra, tudo bem se funciona e é admirável, mas a educação usando a palmada com o seu tempo certo também funciona. E muito bem.

    ”Alias, muita hombridade dos que batem em crianças ou em seres menos favorecidos fisicamente do que você…. isso é ser machão mesmo né!”

    Acho que você quis dizer ESPANCAMENTO. Isso eu não aprovo também e, se é pai e mãe de verdade, tenho certeza que nenhum deles gostaria de estar corrigindo o filho; além de uma falha para o próprio ego, é mais uma preocupação do pai em relação ao filho.

    ”Quem não sabe dialogar com o próprio filho, e impor limites ao mesmo só através da conversa, é ser desprovido de inteligência, tem que usar a força bruta!”

    Acho que a ciência está aí para mostrar o quão uma criança é influenciável e como a sua mentalidade opera. E quando a conversa não funciona? Você vai fazer o quê? Deixar a criança repetir os mesmos erros? O diálogo, convenhamos, é mais apropriado para os adolescentes, que já podem ter uma noção, de fato, individual e crítica do mundo; não que as crianças não tenham, mas, naturalmente, é menos aguçada.

    ”Alguém ai já viu um pai tetraplégico espancando o filho?”

    Que tocante. Mais outro argumento furado que eu nem vou me dar o trabalho a responder.

    Palmada funciona e é REALMENTE comprovado. =)

    • CJ

      Resposta mais sensata e coerente daqui. Meus parabéns. Se você está lendo e nunca apanhou, tenha certeza: você tém muitos problemas. Não virou um marginal ou uma vagabunda, porque o destino não quis e o fez caminhar pelas estrada da sanidade. Talvez, subconscientemente não querendo ser iguais aos pais.
      Pois existem dois fatos na vida:
      1 – Toda criança faz merda e esse papo de conversar com indivíduos que não possuem intelecto ainda formado é surreal. Algumas vezes umas pancadinhas são necessárias sim.
      2 – Se psicologia desse certo, Freud tinha curado alguém.

  • http://www.sucessoqueromais.ganhardinheiroagora.com/ Pedro

    kkkk Se fuuuu o cara. Mas realmente isso não educa não.

  • Alks

    Só para lembrar: Existe uma linha muito tenue entre espancamento e apenas um tapa.
    Aos que falaram mal de educadores, lembre-se que eles lidam com varios casos e não apenas com sua propria experiencia. Eles estudaram para isso, e portanto merece serem escutados.
    Aos que falaram: “quando criança meus pais me batiam e hoje me tornei uma pessoa boa” leiam essa frase do Içami Tiba:
    “Essa relaçao entre bater e se tornar uma boa pessoa não tem muito sentido, porque não só apanho mas recebeu carinho, cuidado, escola…recebeu tantas coisas! Porque não é a palmada que tornou essa pessoa desse jeito”

  • Luis Felipe

    Não so contra as porradas merecidas ate pq não dói nada a humilhação foi mais pela preocupação pois o pai sabia que ele só iria parar de fazer merda na internet fazendo isso ou algo pior…

    porem as porradas fazem MUITOS FILHOS TEREM MEDO DE SEUS PAIS DO QUE RESPEITO DOS SEUS PAIS.
    Meu pai nunca foi de bater acho q ja fui ameaçado a cintada 1 vez, isso pq ficou só na ameaça … e nunca tive medo do meu pai, se eu fazia algo errado ficava triste por ter feito e n pq iria apanhar.
    e tchanram Funciona também !

    PALMADA FUNCIONA obvio + na maioria das veses é usada pelo simples fato de ser MAIS COMODO do que tentar conversar

  • Luiz

    Porra, quem nunca levou uma cintada?
    Já levei duas surras de cinto de meu pai, não guardo rancor algum.
    Estava errado mesmo.
    Amo muito ele e nem por conta dessas porradas virei um marginalzinho.

    Odeio esses papos de direitos humanos.

  • m.chel

    “A precisão da mentalidade infantil é bastante ampla e sempre se apóia em algum elemento, imagino eu, que impeça a criança de fazer alguma travessura ou pior. A palmada mostra pra criança as consequencias dos seus atos, tal como deveria acontecer na vida adulta e, de fato acontece”.

    Alvaro, me desculpe, mas essa tua afirmação é completamente estapafúrdia. Em poucas linhas, você consegue se contradizer completamente. Você fala da amplitude da mente da criança e depois defende a palmada para impor limites. Ora, se a mente da criança é tão ampla (e eu concordo que é), você acha que ela não tem capacidade de compreender algo mais do que castigo físico?

    Mas o pior é essa frase: “A palmada mostra pra criança as consequencias dos seus atos, tal como deveria acontecer na vida adulta e, de fato acontece”. Rapaz, eu sei que o mundo é violento e tal, mas acho que o seu é muito pior. Aqui no meu trabalho, se meu chefe me dá uma ordem e eu não cumpro, eu não sou castigado com porrada, não. Há punições, certamente, mas nenhuma delas física. Nós, adultos, quandos temos problemas com outros adultos, não saímos distribuindo porrada. Tentamos (pelo menos a maioria civilizada) resolver nossas diferenças na base da, veja só, conversa!

    Lembram daquela piadinha de um episódio do Chaves, quando a Chiquinha pergunta: “Chaves, você sabe qual é o único animal que bate nos seus filhos?” Pois é.

  • Rasq_

    Se surra fosse um corretivo tão bom, se fizesse as maravilhas que vocês pregam pelo caráter, não ia ter bandido no mundo, pq os adultos de hoje são as crianças que levaram cintada/reguada no passado, uma vez que a política de não bater é MUITO recente, e antigamente não tinha quem nunca tivesse apanhado.

    É incrível, reclamam da falta de caráter de políticos e etc, e ao mesmo tempo dizem que o certo era quando há 30 anos até os professores batiam. Lembrem-se que essa geração que apanhava é que faz o mundo de hoje, se você acha que agressão ensina deve estar contente com tudo que a sociedade aprendeu, e como as coisas são feitas e as pessoas são respeitadas atualmente.

    Batendo você só ensina a bater; que pra mostrar seu ponto de vista precisa levantar a mão. E o pai que bate é covarde sim, pq em uma conversa a criança pode argumentar, tentar se defender, e entender pq não deve fazer de novo. Mas na surra a criança é agredida (sim, tapa é agressão sim! Quem acha que o limite da agressão é a chicotada, o sair sangue e etc, e que se não machucar muito não é agressão está com os valores deturpados, pois uma agressão pode ser desde verbal a física, e o “tapinha” conta como agressão física) sem a menor possibilidade de defesa, pq se ela achar que não mereceu a surra e tentar explicar pro pai vai ser da forma como conhece: batendo. E ai, ao levantar a mão (jeito que ela conhece de se fazer entender), ela apanha mais ainda.

    Se um irmão bate no outro, e vc bate no que bateu pra ensinar que é errado bater, o que vc ensino? Nada. Hipocrisia.

    Tenho 5, sim, CINCO irmãos mais novos, vários primos, e falo por experiência. Não essa pseudo-experiência de quem tem UM filho que foi mimado por todos quando muito pequeno e agora que não tem limites os pais acham que é a palmada que vai dar jeito, pq não soube ensinar nada pro filho na conversa quando devia ter feito, mas tenho a experiência de quem observa por fora, e de quem participa também, e posso dizer: das 10 crianças com quem convivo diariamente (primos e irmãos mais novos, todos pelo menos 15 anos mais novos do que eu) as piores, as mais agressivas, as que menos obedecem, são as que apanham. Os que nunca apanharam são os mais comportados, aqueles que vc só precisa falar uma vez: “olha, não faça tal coisa pq pode prejudicar fulano”. E a criança que não apanha, que tem capacidade pra entender o que é certo e errado escuta e não faz.

    Se vc chega na criança acostumada a tomar cintada e tenta dizer “não faça pq é perigoso, vc pode se machucar e machucar seus amigos”, ela provavelmente vai te ignorar, e só vai sossegar quando tomar cintada, mas assim que passa a dor da cinta ela vai e faz de novo, pq não aprendeu nada.

    Aos que dizem que agradecem aos pais pelas cintadas, e que mereceram: mereceram mesmo, ou foram criados pra achar que o certo é resolver no braço, e quem tá errado tem que apanhar mesmo, senão não aprende. Vocês acham mesmo que se não tivessem apanhado teriam se tornado pessoas piores, bandidos, etc? Vc não faz coisa errada atualmente pq entende que é errado, ou pq tem medo das consequencias? Se não fizer pq entende que é errado é pq em algum momento te ensinaram sem surra, vc provavelmente nem se lembra quando, mas isso tornou-se parte do seu caráter. Se não faz por medo das consequências, fica difícil saber se vc teria um bom caráter se não tivesse uma ameaça presente (eu não dirijo alcolizada pq não quero atropelar ninguém, nem sofrer um acidente, e não por não querer levar multa!).

    Isso é o que faz a diferença de caráter da pessoa, a vontade e a consciência. Se vc não faz pq sabe que prejudica, vc não fará nunca. Se não faz por medo, vai passar a fazer quando o medo passar. E é ai que surgem os inescrupulosos, os políticos corruptos que fazem o que fazem pq não se importam com o que é certo e errado, nem com as outras pessoas, apenas com as consequencias, que eles sabem que não sofrerão.

    Pra mim agressão é a manifestação física da ignorância (“o cavalo da coisa pq não sabe falar”), além disso se surra resolvesse só seria necessária uma na vida.
    E duvido que quem prega a palmada como forma de educação só apanhou uma vez na vida.

    • Gabriel

      Vamos lá então.Quando você tiver seus filhos converse com eles.Vamos ver se eles vão parar de fazer as mesmas besteiras.Eu apanhava de vez em quando quando fazia besteiras muito grandes e não repito’as não por medo,mas porque ganhei noção que era idiotice faze-las

  • Alvaro

    ”Só para lembrar: Existe uma linha muito tenue entre espancamento e apenas um tapa.”

    Uau. É verdade? O que a polícia corrupta faz em gente inocente é o quê? O que esses playboys mal-educados pelos pais e pela vida fazem? Eles rompem essa ”tênue” linha toda vez então? Existe palmada e existe espancamento, duas coisas TOTALMENTE distintas. Nem vou me dar ao trabalho de falar algo sobre isso.

    “Essa relaçao entre bater e se tornar uma boa pessoa não tem muito sentido, porque não só apanho mas recebeu carinho, cuidado, escola…recebeu tantas coisas! Porque não é a palmada que tornou essa pessoa desse jeito”

    Engraçado como aqueles playboys que vivem espancando pessoas indefesas e fazendo vandalismo receberam tudo isso, mas, como até em casos que eu conheço daqui, sempre foi aquele playboy que teve tudo do bom e do melhor, nunca recebeu uma palmada, e matou duas pessoas numa boate.

    A questão aqui não é dizer se é algo justo ou não, mas pense: a pessoa que dá uma palmada educatória no filho é realmente o covarde? O covarde é aquele que não tem a hombridade e, de fato, zelo para com o filho não impondo limites e achando que está bem e etc. Vocês educam pela conversa e funciona? Ótimo, acho justo a voz dos psicólogos e educadores, mas não me venham dizer que a palmada não funciona. Até agora, NENHUMA das pessoas que atacaram a palmada disseram algo realmente coerente exceto por discursos tolos e frases prontas.

    • Alks

      “Existe palmada e existe espancamento, duas coisas TOTALMENTE distintas”
      Ok! bater com fio de ferro, deixar a criança ajoelhada no milho durante horas é espancamento ou apenas uma palmada? Isso certamente irá dividir opinioes.
      Eu lembro que quando estudei direito eu li Weber e tinha uma frase que me marcou muito, ela era +- assim: A politica carceraria é mais punitiva do que corretiva. O homem é punido conforme a gravidade do seu ato, numa forma aprimorada de olho por olho e dente por dente; enquanto que se fosse corretiva, a puniçao deveria ser julgado de acordo com as intençoes e motivos de cometer qualquer ato criminoso.
      Mas não vamos desviar o assunto, coloquei essa frase para mostrar que não é só dentro de casa que está o erro e mostrar, tambem, que os pais estão sendo punitivos e não educadores.
      E ,por favor ,me mostre alguma pesquisa que fala a relaçao entre ser bandido/playboy/violento e não receber palmada. Quando alguem encontrar essa relaçao sem os achismo e experiencias pessoais a gente pode começar a conversar.

      • C4RL0S

        Cara você deve te entendido o sentido da pala surra que estão falando pq não no sentido de espancar a criança mais sim de dar algumas palmadas ou cintadas(não mais que 2 ou 3) para mostrar que se você fizer algum ato ruim sempre “recebera” algo pior en troca.
        e a prova de que algumas palmadas educa sim sou eu e meu primo pq eu fui criado com algumas palmadas quando fazia coisas erradas mais sempre sabendo o porque que eu apanhava e o meu primo não ele sempre foi, e esta sendo criado somente na base da conversa e hoje ele se acha o dono da casa responde pros pais, quer mandar em todos que estão la e ja quis ateh bater na mae.
        Então, sim as palmadas educam sim desde que sejam dadas com a pessoa sabendo o pq de estar apanhando.

  • Natália

    Ridículo. Apanho até hoje, de cinta, e sei o efeito psicológico que isso tem sobre a pessoa. Atualmente sofro de extrema baixa auto estima, além de alguns traumas, e tenho MEDO da minha mãe (que sempre me bateu), não chego nem perto dela por isso. É algo totalmente errado e causa muitos efeitos ruins. Hoje, não converso com quase ninguém, sou meio anti-social, sem contar que desenvolvi complexo de superioridade. Gente assim merece ser preso!

    • Bruno

      Bem Natalia sugiro vc procurar um psicologo, pq eu tbm apanhei de cinta, de vara de marmelo, fio, AHUSHUHSAHUSAHa e nem por isso sou traumatizado como voce.

      PS: SOBRE O VIDEO:

      É ASSIM QUE NÃO NASCE CRIANCINHA GAY

  • http://ozzylandia.blogspot.com Marcelo

    O melhor comentário que vi aqui, e vou só acrescentar uma coisinha, foi:

    “passar vergonha na frente dos amigos é a melhor forma de ensinar A DIFERENCIAR as coisas certas das erradas!!!”

    Também apanhei, e muito, da minha mãe. Meu pai me bateu uma vez. Como TODO MUNDO aqui já falou, isto não fez com que meu amor por meus pais diminuísse, não me tornou psicopata e/ou depressivo, e muito menos me tornou violento.

    Eu sabia por que estava apanhando. Essa geração de coloridos, sem limites, nem limitações, sem respeito algum por nada e por ninguém, sem nenhum compromisso social é fruto desta educação “polida”. Geração que xinga muito no Twitter quando tá revoltadinha. Revolucionários do leite-com-pêra.

    Ótima frase: “O covarde é aquele que não tem a hombridade e, de fato, zelo para com o filho não impondo limites e achando que está bem e etc.”

    Abraços de um professor que vê adolescentes e crianças sem noção nenhuma do respeito em sala de aula, e na vida.

  • http://www.jrgarou.com/ Junior Santos

    Fudido!
    Esse cara tem todo o meu respeito.
    Se você faz merda VOCE TEM QUE PAGAR!

  • Pingback: RaxeiLinks – Links para o Fim de Semana « Eu raxei na net()

  • Pingback: Links da semana #8()

  • Anderson CALERA

    K A R A L E O, este post rendeu…

    Mas falando sério, não tive tempo para ‘ler’ o que todo mundo escreveu, mesmo assim, deixo a minha consideração sobre o assunto em questão:

    Para quem ‘acha’ que o cara exagerou em dar umas cintadas no moleque, pensem direito, pensem em seu filho no lugar dele, o que você faria? Falaria um monte de coisas para ele ( aos ouvidos do seu filho não passaria de bla bla bla )? Cortaria a mesada dele? Grande coisa espertalhão, grande coisa.
    Faz assim, quando o ‘SEU’ filho estuprar uma garota, ou for preso traficando, ou cometer qualquer outro delito que seja, aí você lembra que ‘quando você pode fazer alguma coisa, NÃO O FEZ por se ‘achar’ moderninho e julgar uma surra (que nem chega a ser o caso ) como um ato ‘desumano’. Vai ser muito humano quando você descobrir que aquele ao qual você nunca quis corrigir, apareça preso por ter matado ou cometido qualquer outro crime, vai ser muito humano mesmo.
    Não se esqueçam de dois ditados:
    1 Meus direitos começam aonde terminam os seus;
    2 Antes seu filho chorar por um simples ‘NÃO’ que você disse a tempo do que você chorar no futuro por não ter dito o ‘NÃO’ no momento que devia;
    Sou pai de 4 filhos, todos tem muito respeito e amor. NÃO espanco meus filhos porque prefiro ‘conversar e explicar a eles o que é certo e errado’, mas se preciso for, umas palmadas, uma cintada, se terei de fazer para o educar, mesmo sofrendo terei de fazer.
    Abraços!

  • Priscilla

    Eu tenho pena daquela criança e tenho vergonha de alguns comentários. Se vocês tem alguma tara relacionada a agressão física, devem procurar um psicólogo, tomar algum remedinho! NÃO É ASSIM QUE SE EDUCA UMA CRIANÇA! As atitudes dele são reflexo da maneira como foi criado! As pessoas tem esse defeito terrível de pensar apenas do momento! Deve-se educar bem, dar bons exemplos para que situações como esta (no vídeo) não ocorram! Vergonha daqueles que apoiaram a atitude deste gorila brutamontes! Se querem apanhar vão atrás de alguém que preste esse tipo de serviço para vocês e não fiquem aí endeuzando um retardado QUE PENSA QUE ESTÁ EDUCANDO ALGUÉM!!!!!

  • leo

    Engracado que o pai se veste igual um maloquero.. Exatamente o que ele nao deve querer que seu filho seja..

  • lucinha

    Sou a terceira entre os meus sete irmãos, tivemos uma educação rigida por parte da minha mãe, apanhavamos por qualquer motivo, minha mãe era muito estressada, meu pai sempre trabalhando, saia cedo voltava a noite.
    Mais imagina a situação da minha mãe, morando em um barraco de madeira com 8 crianças para cuidar e educar… Se desse brecha ela poderia ter perdido todos ou alguns do seus filhos para o trafíco ou drogas…Mais graças as surras e castigos que sofremos quando eramos crianças e adolecentes, hoje somos todos casados com suas familias, casa e trabalho, entramos e saimos de qualquer lugar sem ser apontados.
    Graças a Deus minha mãe não desistiu de nóis.
    Eu e meus irmãos somos prova que apanhar educa sim, não fomos espancados não, fomos educados com limites.
    Te amo pai . Te amo Mãe!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Rafael

    fala serio , entao o mlk pode tocar o terror na net , quantas pessoas ele nao humilhou?? e agora ele e o santinho ?? surra nao educa ning mais deixar correr frouxo so estraga, eu quando era criança apanhei e pelas bagunças que fiz e nem por isso sou revoltado, ao contrario conheço pessoas que cresceram na mesma epoca que eu so que nesse “estilo” de nao encostrar o dedo , e hj essas pessoas estao como?? uma delas ta na cadeia . entao fika a dika bater na educa mais deixar correr frouxo so estraga, e tenho dito.

  • Bell

    Tenho 39 anos e não apanhei muito, mas uma vez minha mãe me deu uns bons puxões de orelha na frete de todos meus colegas na escola e nem por isso fiquei com traumas ou virei uma pessoa perturbada, porém meus colegas e vizinhos da mesma geração todos tem familia, trabalho, filhos e vivem bem, por outro lado a geração seguinte vários já morreram, outros viraram bandidos, drogados, prostitutas e sabem porque? Não tiveram o devido limite, pois a sociedade hipócrita que parecer inteligente e acaba sendo mais burra e violenta com nossos jovens.
    Tenho 2 filhos adolescentes e quando precisa dou palmadas sim e nem por isso vão ser adultos traumatizados. Já li alguns livros de psicologia e a superproteção e a falta de limites também causa traumas.

  • http://papocomoogro.blogspot.com Polenga

    Bom para começar o cara ta certinho em dar uns tabefes no falastrao, pois é assim que fui criado, fazia algo errado, minha mae falava 1,2,3 na próxima era umas boas palmadas, e aprendi hoje o q é certo ou errado. Mas vendo comentários como m.chel,Alks,Leandro,jlk , Priscilla e afins, falando que “bater nao educa”, só falo uma coisa, tente cuidar dos seus filhos ou filhas na base da conversinha furada…..ELES NAO VAO TE DAR A MINIMA…….so vai ser um monte de bla bla bla…..e ainda por cima, quando tiverem oportunidade, vao pedir $$$$ e vc vao dar sem pensar 2x……um adendo aki, quando queria comprar algo, minha mae fazia eu ajudar ela, como limpar a casa, carpir a frente da casa ou coisa do tipo,e pasmem, to vivo, e bem normal……continuando, e quando os seus filhos crescerem, vao se tornar arrogante, prepotentes,mesquinhos, asquerosos e muita outras coisas piores, mas se vcs tiverem a coragem de dizerem um “NAO” ou umas boas palmadas, eles vao se tornar gentes normais e respeitosas, e nao marginais. E sim, ha o limite entre palmadas educativas e espancamento , e teve um ai q falou :”- Se uma criança errada apanha e se um adulto erra, acontece nada.”… Meu caro que falou isso, para de ser burro, o adulto que erra vai para a cadeia….e tb teve um ai que pediu alguma prova de q d que nao dar palmada tem relação com playboys/bandidos e afins, meu querido q falou isso, é só ver as paginas policias do R7,da Globo e afins, use a Internet para coisa util e nao so ficar no orkut,facebook,msn,youtube e sites pornos….vai usar ela para o seu bem, e nao para te destruir ok..

    Bom quem gosto gosto, quem nao gosto me engula (Frase do grande Mestre Daborga)..

  • Igor

    Só Poderia Ser Preto
    :/

  • Marcelo

    É como eu sempre digo:

    É melhor os pais ou responsáveis baterem com carinho do que a polícia de qualquer jeito!

  • Cris

    Acho que bater ñ educa, mas inibe, pq a cadeia está cheia de garotos dessa geração ai que ñ pode mais apanhar .
    Apanhava quando criança, pq era pimenta, e agradeço a minha mãe cada chinelada, pq além de respeito tinha medo, o mesmo medo que me segurou várias vezes antes de fazer algo errado.
    Só ñ apoio o fato de fazer ele passar vergonha em publico.

  • antonio nunes

    su memo!!! arrebenta o neguinhuu!!! kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Anonimous

    Foi mais do q merecido
    A dor depois passa, mas a educaçao fica
    Melhor ser educado em casa com a cinta do q ser educado na prisao ou nas ruas

    • Marcell

      Falou tudo.
      Cintada não mata, e vergonha ensina a não fazer merda de novo.
      Tenho medo do que vai virar essa geração “não me toque, não me rele” daqui pra frente…

  • joão

    é esperma dele, foda-se quem não gosto.

  • Mesengovik

    Impossível alguém definir se está certo ou errado esta surra, teríamos que fazer parte desta situação para entender todo o contexto.

    Para defender os “VERDADEIROS PSICÓLOGOS”: a TEORIA DE NÃO BATER é muito mal difundida, pois não consiste em parar de bater, somente é para travar os pais malucos e retardados que batem no filho por tudo, às vezes sem motivo, ou seja, travar a prática de violência de PAIS DESESTRUTURADOS!

    Quando toda a educação é realizada de forma eficiente, podendo ter ou não palmadas, nenhum tipo de “violência” será algum tipo de trauma para a criança.

  • Fellipe

    lol…

    o cara nem bateu forte… e ele tava de calça jeans…

  • junin_ro

    acho justo o que o tio fez pelo seguinte motivo, essa garoto ja deve ter feito coisas piores com outras pessoas e por estar com seus amiguinhos se achou e se gabou em ter feio algo de ruim, é certo que ele passe um constrangimento diante de seus amigos e perceba uma punição por seus atos e ações perante a sociedade e aprenda que não é bom faze nada de ruim aos outros pois uma hora sera punido, familias negras nos E.U.A. são padrão de comportamento devia a educação que ganhão quando são crianças, rígida acompanhada religiosamente e bem rigorosa sem deixar arestas a maus comportamentos se ele estava fazendo algo de ruim foi punido, sabendo muito bem o porque de ter sido punido sem dizer que a psicologia não recomenda espancamento que é deixar hematomas no corpo o que ouve em questão não foi isso…fora que o constrangimento que ele passou fara com que ele nunca mais repita o que fez para ser punido assim.

  • Almofadinhas

    Cara, de um jeito ou de outro, inclusão digital acaba com a vida de uma pessoa XD

  • okyo

    o que ele estava faznedo pra cara fazer isso?

    pra mim ‘bater’ eh arregacar, espancar mesmo. mas isso ai nem doeu.

  • Jonatas

    Quem não apanha em casa apanha na rua!!!

    Essas atitudes que vemos nos jovens de hoje é o retrato de uma má criação, a maioria aqui apanhava quando criança e hoje vê que merecia.

    Apoio a surra que o cara levou, mas não apoio a atitude de colocar o vídeo na internet, deveria apenas ter pedido ao moleque para se desculpar e depois descia o cacete nele com a câmera desligada.

    Quem não bate e educa cria um bando de pitboys e emos gayzinhos que não servem pra nada, servirão apenas como os futuros ladrões ou drogados da sociedade.

  • Jackie chan

    vai toma no cú essa lei do caralho “lei da palmada” vai se fuder….
    ESSE TIO EDUCOU PERFEITAMENTE… educou como nas antigas… muitos se apegam a psicologos, terapeutas, educadores… vira tudo gay do caralho.. emo.. e o caralho a 4… da cintada q vai ver uma coisa só.. hoje em dia menino de 13 14 15 anos.. esta dando tapa na cara de pai.. xingando tio e tia, desrespeitando avós..e qualquer coisa ja quer sair de casa… tudo falta de cinta… hoje estavamos debatendo bem isso no serviço… quando vi esse video… dei Graças a Deus q ainda tem alguns remanescentes na face desta terra…

  • Fernando

    FODA-SE ALKS, queria ver se fosse sua filha ou filho que ele tivesse ameaçando, dai o seu moralismo imbecil não seria util, hipócrita de merda, vai fazer uma vasectomia para não colocar no mundo mais um imbecil como VOCÊ!!!

    Apanhei muito quando criança e nem por isso virei um adulto frustrado, ou envergonhado, muito pelo contrário, aprendi que quando se faz coisa errada há consequências e é melhor apanhar do pai ou da mãe do que levar um TIRO na rua, abraço a todos que concordam.

  • henrique

    desde que começaram a criticar a forma dos pais educarem seus filhos, que virou essa zona que temos hoje… não pode dar palmada que já vem os metidos educadores, pedagogos, psicologos, que normalmente não tem filhos, falar merda…

    os valores se foram

    é por isso que vivemos o caos!

  • Me gusta

    ele naum eh filho dele

    eh sobrinho

    ninguem sabe ingles??

  • messias

    quem ama seu filho educa, tenho 42anos e apanhei do meu pai varias vezes graças a esse tipo de educaçao, sou um homem de bem, meu pai ja morreu e dou graças a ele por eu ser trabalhador e honesto

  • befranio

    hum… eu levo é mais duq isso

  • http://blog-do-lucho.blogspot.com Lucho

    Pedaboba detected!

  • http://blog-do-lucho.blogspot.com Lucho

    Pedaboba detected!

  • http://blog-do-lucho.blogspot.com Lucho

    Pedaboba detected!

  • Psicopata

    com o porte de arma é legal nos eua se eu fosse o sobrinho o titio taria no buraco agora

  • Joanapatri

    Isso so e uma “humilhacao” pro carinha… Pros amigos rirem dele… Na verdade nao muda em nada a “cabeca” suja e podre que ele tem… Se fosse para “educar” tinha que expulsa-lo de casa… Obrigar o “machao” a trabalhar e se sustentar… Afinal e muito facil se dizer o “fodidao” comendo a comidinha que a mamae e o papai ralam pra por em casa, vestir a roupinha da “moda” que ele “pede” pra mamae pra comprar… Se e pra castigar, tem que ser aonde o “cara” sente, no bolso e nas costas… Pois sair de casa, se suicidar, quando acontece esse tipo de coisa, todo “aborrecente” ameaca fazer… Mas fazer mesmo… hahahaha nao tem peito…

Especiais

Japão em 2 minutos

Parceiros

Ocioso Sweetlicious Papricast naointendo ahnegao naosalvo Jogos online

Newsletter

Não perca nenhum post do Sedentário & Hiperativo!

Mensagens semanais e pontuais.