Browsing Category

Hallo Leute

Vlog sobre a Alemanha.

GAMESCOM – A maior feira de games da Europa

Hallo Leute!

Acompanhe todas as novidades do mundo dos videogames, tá não são tão novas assim, da GAMESCOM 2013 que aconteceu na Alemanha.

As principais produtoras e distribuidoras de games como Nintendo, Sony e Microsoft estiveram presentes mostrando um pouco do que irá ser lançado e o que há de mais novo no mercado dos jogos eletrônicos.

Esse anos faremos cobertura diária do evento, que acontecerá novamente em agosto, com novidades quentinhas e posts ‘quase’ em tempo real num link direto!

apoio-nsfw!

 

Bierbörse – Feira da Cerveja em Colônia

Hallo Leute!

Hoje vou mostrar pra vocês um pouco da Bierbörse, uma feira da cerveja que é realizada pelas principais cervejarias da cidade de Colônia. Além de trazer as cervejas já consagradas de cada marca, elas trazem também novos sabores e também barracas com cervejas do mundo inteiro.

apoio-nsfw!

Mittelalterlich Phantasie Spectaculum: Festival Medieval na Alemanha

Nosso correspondente internacional na Alemanha, Fernando Silva, segue agora para o Mittelalterlich Phantasie Spectaculum, o maior festival da Idade Média na Europa.

“Após merecidas e longas férias de fim de ano o programa está voltando com tudo. Pretendo postar com mais frequência e vídeos mais interessantes, não só com eventos internacionais, mas também com festas e curiosidades regionais que não são normalmente divulgadas na mídia.

Espero que gostem nessa nova temporada de vídeos. Ah, e a camiseta que estou usando no começo do vídeo é da NSFW. Acesse o site para conferir essa e muitas outras estampas.”

apoio-nsfw!

Direto da Alemanha | Veja como foi organizada a manifestação contra a corrupção em Colônia

As manifestações contra a corrupção que tomaram conta do Brasil também motivaram brasileiros que vivem em outros países. Nosso correspondente internacional na Alemanha, Fernando Silva, foi ver de perto como foram as manifestações que ocorreram em Colônia, cidade onde mora atualmente.

No vídeo ele conversou com manifestantes, que nos explicam como são organizados os protestos por lá e suas motivações para sair às ruas, mesmo morando em outro País.

60 impressões de um BRASILEIRO sobre a ALEMANHA

fernandoDOM

Gostamos tanto da ideia de “XX impressões de um brasileiro em algum outro país do mundo” que resolvi entrar em contato com alguns amigos que moram fora do Brasil para pedir novas contribuições.

Notei que os dois posts anteriores, sobre um francês no Brasil e um brasileiro na França, acabou gerando um certa polêmica. Gente se doendo, e até se ofendendo, por besteira. Menos pessoal, seria uma grande prova de inteligência saber levar isso como bom humor. Há aqueles ainda que gostam de contrariar e bate no peito dizendo “esse cara ta louco, aqui não é assim” ou “eu já tive em tal lugar e discordo totalmente. Não vi nada disso aqui”, importante ressaltar mais uma vez que as impressões é a visão particular de UMA pessoa. Impressões inclusive que podem mudar totalmente dependendo da região onde for morar. O francês Oliver se estivesse morando em Salvadora ou em Porta Alegre provavelmente teria feitos observações bem diferentes daquelas que fez por morar em BH.

Vamos às impressões do Fernando, que já contribui há algum tempo como Sedentário na sua coluna Hallo Leute! Fernando já mora a mais de 1 ano em Colônia, na Alemanha. Aguarde mais contribuições sobra a Irlanda, Inglaterra Japão e Itália.

_________________________________o___________________________________

Hallo Leute! Baseado nos posts do francês Olivier Teboul, que escreveu suas impressões sobre o Brasil, e do brasileiro Antonio Souza Neto, que escreveu as suas sobre a França, resolvi fazer também um post com um apanhado de curiosidades acentuadas entre a Alemanha e o país tupiniquim. Primeiro de tudo, quando me mudei para cá não tinha nenhum preconceito sobre o país. Conhecia apenas por documentários sobre a guerra e sobre o que aprendemos na escola, então minha única fonte de
comparação foi mesmo o Brasil e aos olhos de quem vê novidade em tudo. Após um ano vivendo por aqui formulei então 60 impressões sobre a Alemanha:

1. O que notei de cara, viajando entre norte, sul leste e oeste do país, foi a ‘regionalização’. O povo não é nacionalista (exceto quando o assunto é a seleção de futebol alemã), mas cada um acha que sua região é a mais bonita, que seu dialeto é o mais melódico e que seus castelos são os mais turísticos;

2. Toda cidade na Alemanha tem um castelo, mesmo que você consiga atravessar a cidade a pé em menos de uma hora e o castelo pareça uma kitnet da Av. Paulista;

3. Toda região e quase toda cidade tem uma fábrica de cerveja com marca própria e são todas ótimas, pelo menos as mais de 15 que provei até agora. Os alemães bebem cerveja em qualquer temperatura: Gelada, fria ou temperatura ambiente;

4. O que de longe mais impressiona, ainda mais para um brasileiro, é a regularidade dos alemães. Para eles os números do relógio entre os minutos redondos significam alguma coisa, então 13h47 é mesmo 13h47 e não 13h50 como é para os brasileiros;

5. A pontualidade também é um ponto forte. Se alguém marca de te encontrar às 18h21 a pessoa não chega nem um minuto antes nem um minuto depois e se acontece algum imprevisto ela sabe que provavelmente você tem um celular e que com certeza pode ser avisado do atraso;

6. Toda promessa é dívida, por isso se algum alemão te convidar para ir na casa dele, não espere que uma resposta como ‘vou sim, pode deixar’ seja aceita. Ele quer saber quando você poderá ir e qual será a programação. O mesmo vale se você combinar algum programa e ele aceitar, mesmo que a mãe dele morra ele aparecerá;

7. É comum levar um presente, mesmo que simbólico, para cada membro da casa quando se visita alguém;

8. Mas essa regularidade também tem seu lado ruim. Se alguma coisa sai fora do padrão, os alemães ficam meio perdidos e não sabem o que fazer. Experimente pedir Apfelsaft (suco de maçã) sendo que no cardápio só tem Apfelschorle (suco de maça misturado com água gaseificada), eles vão dizer que não tem e se você
explicar que é só não colocar a água com gás eles vão continuar dizendo que não tem;

9. O transporte público extrapola os limites de alcance. Você pode ir de trem para qualquer cidade e qualquer país que esteja em volta da Alemanha por preços mais baratos do que um voo doméstico, mas dependendo do percurso demora o dobro do tempo;

Hallo Leute – Museu do Chocolate na Alemanha

Desta vez, depois de longa data sumido comendo chucrute, nosso correspondente internacional na Alemanha resolveu deixar um pouco as salsichas de lado (que ele tanto ama) para conhecer o Museu do Chocolate, numa gélida, mas sempre agradável, Colônia (cidade alemã onde mora).

* Se você estiver perdido em algum canto do mundo e também gostaria de nos contar como é a vida em outro País, grave um vídeo e entre em contato pelo [email protected]

Hallo Leute | A vida de um brasileiro na Alemanha #002

Fernando, nosso correspondente internacional na Alemanha, em sua primeira gravação externa nos mostra a paixão dos Alemães pela sua seleção que disputa a Eurocopa e um mictório público para homens extremamente prático se você não for uma pessoa acanhada ao mijar com centenas de pessoas passando ao seu lado.

ALERTA: Cuidado para não se apaixonar pela Anika, uma jovem e linda alemãzinha que em dia de jogos faz bicos trabalhando em um quiosque que vende cerveja para os torcedores.

Dicas, perguntas, críticas, elogios, sugestões… O que você gostaria de saber sobre a Alemanha?

* Se você estiver perdido em algum canto do mundo e também gostaria de nos contar como é a vida em outro País, grave um vídeo e entre em contato pelo [email protected]